Artigos

Mercedes Flecha de Prata Protótipo a caminho de Pebble Beach!

A Mercedes realizou recentemente alguns projectos de design, um deles é este protótipo que apelidaram de Flecha de Prata, como eram apelidados alguns automóveis de corrida da marca no passado. Este automóvel deve surgir no Concourse d’Elegance de Pebble Beach já no próximo mês.

Descrevem-no com um design luxuoso Progressio e vai inspirar-se em automóveis de corrida dos anos 30. Pouco mais se sabe sobre este protótipo, mas o design sugere que o modelo será um monolugar de cockpit aberto. Podemos esperar um longo capô, uma enorme barbatana colocada na vertical e uma traseira bastante aerodinâmica.

Este protótipo foi concebido para promover a submarca EQ e conta com um motor eléctrico. O desempenho é semelhante ao do W125 Rekordwagen, que estabeleceu uma velocidade máxima de 432,6 km / h em 1938.

Para conseguir esta performance, o protótipo será muito mais potente do que o SLS AMG E-Cell. Esse modelo em particular tinha quatro motores elétricos que produziam uma potência máxima combinada de 740cv e 1000Nm de binário. Isso permitiu que o SLS conseguisse ultrapassar a barreira dos 100km/h em apenas 3,9 segundos que atingisse a velocidade máxima limitada de 250km/h. A autonomia deste modelo era de 250km.

Enquanto o protótipo será único, o seu motor pode perfeitamente ser implementado noutros modelos da marca, há quem diga que pode surgir num modelo Mercedes-AMG EQ. Não há muitas mais informações, mas dez novos modelos serão lançados sob a alçada da marca EQ até 2022. O EQC será o primeiro automóvel a ser lançado e promete ser um “marco absoluto em termos de potência, performance, segurança e utilidade”.

Artigo anterior

Este foi o Alfa Romeo que teve "a mão" de Enzo antes deste fundar a Ferrari!

Artigo seguinte

Toyota Supra aparece na versão de produção e está a caminho de Goodwood!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.