NoticiasComunicados de Imprensa

Gil Antunes/Diogo Correia prosseguem aprendizagem

O Rali do Alto Tâmega que se realizou este fim de semana nas estradas de trás os montes, constituiu mais uma etapa da aprendizagem de Gil Antunes/Diogo Correia ao Dacia Sandero R4. Recorde-se, que a dupla contou neste rali com a presença de um engenheiro polaco, que foi dando preciosas informações para evoluir a sua condução, bem como as afinações do Dacia Sandero R4. O resultado final acabou por ficar condicionado por um furo, que os fez perder mais de cinco minutos.

O 28º lugar da classificação geral alcançado não espelhou o andamento da dupla sintrense mas “foi o possível depois de um arreliador furo que nos fez perder mais de cinco minutos, uma vez que, as pistolas pneumáticas não funcionavam o que nos atrasou irremediavelmente”, começou por explicar Gil Antunes.

O Rali do Alto Tâmega foi encarado como mais uma oportunidade para evoluir a sua condução e o Dacia Sandero R4, contando para tal com a colaboração de um engenheiro e no final o “balanço é deveras positivo. Sinto que com a presença deste engenheiro saltámos diversas etapas da necessária aprendizagem, pois foi possível perceber que tenho por exemplo de adaptar a minha condução para extrair o máximo potencial do Dacia Sandero R4 e por outro lado também ao nível da afinação do mesmo temos imenso para melhorar de modo a sermos mais competitivos e todos os membros da Domingos Sport Competição foram como habitualmente incansáveis e determinados, tendo também recolhido preciosas informações”.

Com o cancelamento do Rali dos Açores, que seria o próximo rali do Campeonato de Portugal de Ralis, segue-se o Rali do Vidreiro, mas entretanto, Gil Antunes não relaxa e “vamos aproveitar para fazer mais umas sessões de testes com o engenheiro polaco para experimentarmos outras opções de diferencial por exemplo, visto que uma das conclusões é que as que usamos são demasiado ‘trancadas’.

Uma palavra final para os mais 300€ em produtos alimentares doados pela dupla do Dacia à Fundação do Gil, afinal no âmbito da parceria celebrada, a equipa oferece 3€ por cada quilómetro cronometrado disputado, numa oferta que ascende a mais de três mil euros para aquela Fundação.

Artigo anterior

FIAT TIPO Sport 1.3 Multijet: Modéstia à parte!

Artigo seguinte

Team Hyundai Portugal assume liderança do CPR com vitória no Rali Alto Tâmega

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.