EnsaiosNoticias

FIAT TIPO Sport 1.3 Multijet: Modéstia à parte!

O FIAT Tipo é um automóvel sábio, concebido para quem o ser é mais importante do que parecer, mas também para quem não prescinde do design e do conforto. Será o FIAT Tipo uma compra inteligente? Sem dúvida que sim! Uma tarefa dificil é encontrar mais barato, mais bonito e melhor. O FIAT Tipo deixa a modéstia totalmente de parte, com um preço que nos deixa com um sorriso de orelha a orelha. Esta versão mais vistosa chama-se “Sport”, como o nome indica, vem tornar mais dinâmico este automóvel que nasceu para ser modesto.

O FIAT Tipo ganha argumentos exteriores vistosos quando “veste” esta versão Sport e houve até quem perguntasse: “Isso é um Abarth?” Esboçámos um sorriso e explicámos que era um 1.3 Multijet de 95cv, porém, quase que passa por um Abarth, ou não seria um FIAT Tipo com um aspecto de automóvel desportivo e espigado.

Na dianteira temos uma grelha preta brilhante flanqueada por ópticas escurecidas muito desportivas. Mais abaixo, encontramos uma moldura preta brilhante que envolve os faróis de nevoeiro e um lábio dianteiro saliente, digno de um verdadeiro desportivo, com um acabamento preto brilhante. O tejadilho é preto e contrasta com as jantes e as capas dos retrovisores, porém, o design mais rebelde não se fica por aqui, uma vez que há puxadores das portas pretos e um friso preto nas saias laterais mais vistosas. O cenário digno do filme “Carros” continua na traseira com um spoiler nada comedido e um difusor acabado a preto brilhante.

Extremamente bem equipada, esta versão oferece ao exterior, para além do já mencionado, jantes de 17 polegadas envolvidas em pneus 225/45, vidros traseiros escurecidos, faróis de nevoeiro e ópticas dianteiras com faróis de Xénon.

O acesso ao interior ocorre sem problemas, devido a uma abertura de portas condescendente e um formato de carroçaria que não penaliza o acesso ao interior. Já sentados nos lugares traseiros, notamos que o espaço é a palavra de ordem, uma vez que o há para dar e vender. Os passageiros com estaturas mais elevadas (exemplo da foto com 1.82m) viajam com espaço para pernas, cabeça e ombros, sem sensações de “claustrofobia”.

Na bagageira também há espaço, falamos de 440 Litros de capacidade, que se expandem ao rebater os assentos. Contudo, com o rebatimento dos assentos não temos uma zona de carga plana, como é habitual nas berlinas. A bordo, o espaço de arrumação também está longe de ser mau, uma vez que as bolsas das portas dianteiras dão para duas garrafas de água de 1 Litro e as bolsas das portas traseiras apresentam-se também generosas. O porta-luvas dá para os manuais do FIAT Tipo e mais alguns objectos, sendo também ele espaçoso q.b, para complementar o espaço de arrumação temos ainda um apoio de braço central com dimensões consideráveis.

O bater de porta do FIAT Tipo não é surpreendente, contudo, inserindo este automóvel no seu preço, encontramos um interior agradável, não só no que toca ao espaço para passageiro e arrumação, mas também no que toca aos materiais. O tablier tem material “slush”, assim como os apoios de braço das portas dianteiras. A FIAT como boa marca italiana, não se desleixou ao nível do design, que garante o requinte no interior com um friso que tem início no tablier e termina na consola, mas também com o couro nos assentos e pesponto contrastante no fole da caixa de velocidades, volante e assentos. A cereja no topo do bolo desta versão Sport é o forro do tejadilho preto.

Para além de viajarmos com algum espaço e requinte, também viajamos com conforto, devido a uns assentos que oferecem apoio lateral e de pernas q.b. A insonorização do habitáculo não é má quando circulamos em autoestrada, porém, o motor faz notar o seu ruído quando circulamos a 120km/h, mas já lá vamos…

Equipamento não falta ao FIAT Tipo nesta versão Sport, falamos de sensores de chuva e luminosidade, sistema de navegação e multimédia em ecrã de 7 polegadas, ar-condicionado automático, regulação lombar eléctrica para o assento do condutor, cruise-control, travagem activa de emergência, 4 vidros elétricos, modo de condução City, controlo por voz e ainda sensores de estacionamento traseiros com câmara.

O sistema de multimédia é apenas de multimédia nesta versão que não conta com navegação de série. Apesar disso, é um sistema que está preparado para Android Auto e Apple CarPlay, aplicações que nos permitem navegação através do Waze ou Google Maps. A função de multimédia é cumprida na perfeição, embora este ecrã já não tenha uma definição muito brilhante, face a alguns modelos de segmentos mais baixos.

O painel de instrumentos tem um aspecto mais antiquado e é bastante monocromático. No entanto, fornece várias informações sobre o estado do automóvel, consumos, relatórios de viagem e temperatura de forma completa e bastante legível.

A posição de condução é agradável e adapta-se facilmente a qualquer postura, gostemos de conduzir mais altos ou mais baixos. O volante tem uma boa pega, o punho de caixa de velocidades é ergonómico.

A visibilidade não é brilhante, apesar dos pilares A serem delgados, há elementos associados aos retrovisores que prejudicam ligeiramente a visibilidade para os flancos dianteiros. A visibilidade para a traseira também não é a melhor, uma vez que o portão e pára-choques traseiro corpulentos “roubam espaço” ao óculo para proporcionar um melhor campo de visão.

O comportamento em estrada satisfaz bastante, uma vez que o FIAT Tipo é um automóvel estável e com um chassi rígido. A configuração de suspensão é firme, embora não prejudique excessivamente o conforto. A direcção podia ser mais precisa, mas nada que nos tire o sono, como já dissemos, o FIAT Tipo tem um comportamento estável e previsível.

Ainda no comportamento não podíamos deixar de falar do já conhecido modo City, que aumenta a assistência na direcção assistida, tornando-a mais leve para facilitar as manobras e circulação em cidade.

Debaixo do capô do modelo ensaiado estava um motor 1.3 Litros Multijet a diesel com 4 cilindros, 95cv de potência e 200Nm de binário. Se a potência não parece surpreendente, podemos dizer que quase não damos pela falta dela, uma vez que a caixa manual de 5 velocidades está bem escalonada, evitando que tenhamos de lhe recorrer excessivamente, independentemente da inclinação do trajecto. Só fica a faltar uma sexta velocidade para as autoestradas, uma vez que a quinta velocidade circula numa rotação mais elevada a 120km/h, o que consequentemente produz mais ruído de motor.

No que toca a prestações o FIAT Tipo demora 12 segundos a atingir os 100km/h e atinge os 180km/h reais. Se temos presente a ideia de que este automóvel não é um desportivo, podemos também ter a certeza que realizaremos bons consumos. No nosso ensaio o FIAT Tipo 1.3 Multijet realizou médias que rondaram os 4,5 Litros a cada 100km.

Na segurança, o FIAT Tipo tem sistema de monitorização da pressão dos pneus, sistema de ajuda ao arranque em subida, sensores de chuva e luminosidade. O FIAT Tipo atingiu apenas 3 estrelas nos testes Euro NCAP sem pacotes associados à segurança e 4 estrelas com todos os opcionais de segurança.

A versão ensaiada está disponível a partir dos 18.000,00€ com a motorização 1.4 a gasolina, já com a motorização diesel custa, sem descontos, cerca de 25.000,00€. IUC: 147,21€.

Artigo anterior

SEAT inaugura novo centro de formação em eletromobilidade

Artigo seguinte

Gil Antunes/Diogo Correia prosseguem aprendizagem

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.