EnsaiosNoticias

Ford Focus Active SW 1.0 Ecoboost: Aventureira e familiar!

A Ford Focus Active SW chegou à CarZoom, numa época em que todos os automóveis são uma boa base para versões “crossover”, tão apreciadas pelos clientes, que fazem com que este segmento continue a crescer.

Se o Ford Focus tem uma boa base nas versões “convencionais” carrinha e berlina, porque não seria um bom crossover? Talvez tenha sido isto que a Ford pensou quando lançou esta versão “Active”, que oferece ao modelo uma altura ao solo maior e protecções de carroçaria que o tornam tão “atraente”, para quem procura um bom automóvel com um aspecto mais aventureiro.

A Ford Focus SW Active preserva as linhas de design da Ford Focus SW convencional. O que muda? Protecções plásticas na carroçaria, altura ao solo maior e alguns pormenores que a tornam mais “rebelde” que a sua irmã com uma convencional carroçaria de segmento “C”. Há elementos contrastantes, como a grelha preta brilhante, retrovisores, tejadilho e ópticas de fundo escurecido que oferecem a Ford Focus Active um aspecto mais desportivo. Nas laterais temos um moldura dos vidros preta, barras de tejadilho longitudinais pretas, protecção na embaladeira e badges “Active”. Na traseira, o spoiler tem a parte inferior preta e destacam-se as protecções plásticas e metálicas do pára-choques, que albergam uma dupla saída de escape.

Ainda no exterior, damos destaque às luzes de pisca dinâmicas, ópticas Full-LED, Antena Shark, jantes de 18 polegadas com dois tons envolvidas em pneus 215/50, vidros traseiros escurecidos, chave mãos-livres, farolins LED, protecção na abertura de portas, portão traseiro automático, entre outros.

O acesso ao interior é fácil, conseguimos entrar e sair bem dos lugares dianteiros e traseiros, quer tenhamos uma estatura média ou uma estatura mais alta. O espaço a bordo também convence pela positiva, tanto nos lugares dianteiros como nos lugares traseiros, onde encontramos espaço para as pernas, ombros e cabeça. A bagageira tem 541 Litros de capacidade, que se estendem aos 1620 Litros através do rebatimento dos assentos traseiros.

Chegamos ao interior e a qualidade já presente nos Ford Focus convencionais mantém-se. A maior diferença em termos de design, reside nos estofos específicos desta versão e também nos apontamentos metálicos no tablier e portas. Os materiais são emborrachados ou em couro, com pesponto no tablier e portas, mas é nos lugares traseiros que o material emborrachado dá lugar a plásticos mais rijos. Os assentos específicos desta versão são em tecido e couro, oferecem bom apoio de pernas e bom apoio lombar, que se reflecte num maior conforto a bordo.

O design não é o mais futurista ou elaborado, mas é agradável quanto baste e está bem enquadrado com o estilo exterior, que não é excessivamente futurista ou mesmo aborrecido. Este “meio termo” permitirá à Ford agradar a “Gregos e Troianos” conquistando maior quota de mercado na Europa, que será nos próximos anos, uma das maiores preocupações da marca americana.

A versão Active está recheada de equipamento, ou não falávamos de uma das versões mais equipadas do novo Ford Focus. Como tal, podemos contar com ar-condicionado automático de dupla-zona com saídas para os lugares traseiros, botão start da ignição, travão eléctrico de estacionamento, volante multi-funções, head-up display, modos de condução, câmara de ajuda ao estacionamento, controlo por voz, actualizações automáticas, modos de condução, sistema de som Bang&Olufsen, sensores de chuva e luminosidade, entradas USB e Aux, assento do condutor com regulação eléctrica, iluminação ambiente, patilhas da caixa de velocidades no volante, sistema de navegação e multimédia Ford Sync em ecrã touch de 8″ polegadas, carregamento de smartphone por indução, soleiras das portas Active, computador de bordo em ecrã TFT, retrovisores com recolha eléctrica, assentos aquecidos, entre outros.

O sistema de navegação e multimédia Ford Sync 3 é dos melhores do segmento. Para além da rapidez, facilidade de utilização e boa imagem, sincroniza na perfeição com o Android Auto e Apple CarPlay. Apresenta uma navegação eficiente com actualizações automáticas e um sistema de som agradável quando temos o opcional B&O Play. Conseguimos ainda aceder à internet e descarregar aplicações.

Com a aplicação Ford Pass podemos definir um destino de navegação, trancar ou destrancar portas, colocar o motor a trabalhar, temos internet a bordo através dos dados do telefone, informação do tráfego em tempo real e monitorização do Ford Focus, tudo isto à distância e com uns cliques no smartphone.

No painel de instrumentos temos um computador de bordo bastante completo e com boas dimensões, que apresenta uma série de informações relativas aos modos de condução, dados de consumos e viagem, bússola, sistemas de ajuda à condução, entre outros.

No lugar do condutor da Ford Focus Active SW é fácil encontrar uma boa posição de condução. Estamos confortáveis e a visualizar correctamente a estrada e o painel de informação. A conexão “homem-máquina” é assegurada pela boa pega do volante e pelos comandos acessíveis ao condutor.

Quando falamos de um Ford, o comportamento dinâmico dispensa apresentações, uma vez que se trata de uma marca elogiada pela imprensa internacional no que toca ao comportamento dinâmico de quase toda a sua gama. Por isso, a Ford Focus Active não é excepção, uma vez que nos brinda com uma direcção comunicativa, um chassi rígido, uma suspensão com uma configuração equilibrada e um comportamento previsível e muito preciso. Numa condução mais empenhada, podemos utilizar “à vontade” a travagem para inserir melhor a frente numa curva, uma vez que teremos a certeza que a Ford Focus fará com que a traseira rode de forma controlada e que a sua frente aborde a curva “sob carris”.

Para ajudar a ajustar o comportamento da Ford Focus Active SW ao que pretendemos, há 5 modos de condução que interferem com o controlo de tracção, direcção e resposta do acelerador, falamos do modo Normal, Eco, Desportivo, Escorregadio e Trilho. No caso do modo Eco, perdemos alguma resposta de acelerador e performance na climatização. No modo desportivo obtemos uma resposta mais rápida ao acelerador e uma direcção mais pesada e “comunicativa”. O modo escorregadio diminui a resposta do acelerador e coloca as ajudas electrónicas em estado “alerta”. Por último, o modo “trilho” ajusta o controlo de tracção para melhorar a mesma.

Debaixo do capô está o motor 1.0 Litros Ecoboost de 3 cilindros, com 125cv e 170Nm de binário (200Nm c/overboost), associado a uma caixa automática de 8 velocidades. Este motor é “despachado” q.b, mas associado à caixa automática de 8 velocidades torna-se algo “gastador”. No nosso ensaio as médias rondaram os 7 litros altos a cada 100km. (Percursos Mistos)

No que toca à performance, podemos contar com uma aceleração dos 0 aos 100km/h em 11,4 segundos e com uma velocidade máxima de 187km/h.

A caixa de 8 velocidades é fácil de utilizar, devido ao manuseamento no botão rotativo. Esta caixa de velocidades é suave nas passagens e oferece conforto. Contudo, no modo sequencial, torna-se algo lenta e pouco responsiva às acções do condutor.

Já no campo da segurança, a Ford Focus Active SW volta a ser uma referência ao apresentar diversos sistemas de ajuda à condução que funcionam de forma simples e eficiente, entre os quais: regulador adaptativo com função stop&go, sistema de manutenção de faixa, máximos automáticos, aviso de ângulo morto, monitorização da pressão dos pneus, travagem activa de emergência, sistema de estacionamento autónomo (pedais e direcção), entre outros.

Nos testes Euro NCAP a aposta da Ford para o segmento “C” obteve as 5 estrelas com 85% na protecção dos adultos, 87% na protecção das crianças, 72% na protecção de peões e 75% nas ajudas à condução.

A Ford Focus Active SW está disponível a partir dos 23.742,00€ com o motor 1.0 Ecoboost de 125cv e caixa manual. A versão ensaiada 1.0 Ecoboost de 125cv com caixa automática de 8 velocidades e recheada de extras custa 26.855,00€ (s/despesas). Na lista de opcionais constam: carregador de smartphone sem fios 152€, Pintura opcional Metropolis White 559€, sistema de som B&O Play 309€, tapete de bagageira 59€, portão automático traseiro 508€, tejadilho e capas dos retrovisores a preto 254€, head-up display 407€, aviso de ângulo morto 407€, Pack interior Active 203€, Pack Conforto 381€, Pack Driver 508€, Pack Driver Plus 407€, Pack Parcial Couro Active 762€ e pack estilo plus Active 1423€. A Ford Focus 1.0 Ecoboost SW Active de caixa automática emite 163g/km de CO2, o que faz com que pague de IUC: 137,26€.

Configure este modelo aqui!

Fotos: João Santos

Artigo anterior

Novo Nissan Juke chega às linhas de produção!

Artigo seguinte

Novo Volkswagen Passat chega a Portugal!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.