Artigos

Ford com mais crossovers na Europa pode descontinuar os modelos C-MAX, S-MAX e Galaxy!

No início deste ano, a Ford anunciou planos para descontinuar uma série de automóveis à venda nos Estados Unidos, falamos do Ford Fusion, Ford Fiesta e Ford Taurus, no continente Americano a marca Americana irá focar-se nos crossovers e pick-ups de grande porte. Na Europa também haverá alterações que sejam mais lucrativas para a marca americana e mais atraentes para os compradores, a gama de crossovers cresce, enquanto a gama de monovolumes irá ficar “em vias de extinção”!

Ao revelar o relatório de lucros na Europa no inicio do segundo semestre, houve várias discussões acerca das alterações à gama da marca americana. O objectivo é reverter as perdas, do semestre passado que não foi famoso. A Ford pretende reduzir custos, melhorar os produtos e realizar investimentos nos segmentos em crescimento que sejam mais atractivos para os clientes e gerem mais lucro à marca. Sabemos que a Ford está agora focada no seu crescimento no segmento dos SUV.

A imprensa internacional relata que o CEO da Ford, Jim Hackett, disse que a perda nos Estados Unidos rondou os 62,3 milhões de euros antes de impostos, o que deixou a empresa “extremamente insatisfeita”, já que também na Europa a marca não será lucrativa também neste ano. Quem não parece surpreendido é Bob Shanks, director financeiro da Ford que disse: “A nossa má prestação, também se deve ao investimento e produção de automóveis sem grande futuro e que não seguem as tendências como o Ford C-Max (Ensaio Aqui) por exemplo.

Dada a fraca procura por monovolumes actualmente, há alguns modelos da Ford que podem não ter continuidade quando chegarem ao fim do seu ciclo, falamos obviamente dos Ford C-MAX, S-Max (Ensaio Aqui) e Galaxy.

O destino da Ford Mondeo também pode não ser famoso, já que nos Estados Unidos também é um modelo com fraca procura. A Ford está a trabalhar numa versão actualizada, mas os dados revelam que na Europa, por exemplo, a Ford vendeu apenas 56.173 Ford Mondeo no ano passado, são quase 15.000 unidades a menos do que no ano anterior e muito menos do que as 163.262 unidades vendidas em 2008.

Artigo anterior

Suzuki Vitara recebe restyling e novas motorizações!

Artigo seguinte

SEAT Arona recebe digital cockpit!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *