ArtigosEnsaios

Renault Clio R.S Trophy: Testámos o utilitário mais rápido de Nurburgring!

Estivemos ao volante daquele que é o utilitário mais rápido de Nurburgring Nordshleife. O Renault Clio R.S recebeu o pedigree máximo da Renault Sport que decidiu apelidá-lo de “Trophy”. Perante um dos utilitários mais rápidos do mundo, esqueçam um ensaio que fale no espaço da bagageira, no consumo de combustível ou no conforto. Este ensaio baseia-se na performance by: Renault Sport!

Não existe melhor sitio para ensaiar um desportivo do que numa pista… Como os senhores do autódromo do Estoril estão sempre “muito ocupados”, recorremos ao Kartódromo do Campera que amavelmente nos cedeu o espaço durante uma manhã de sábado para tirarmos umas fotografias e testarmos “à vontade” o Renault Clio R.S Trophy.

Para nos dificultar a vida existia um tipo chamado São Pedro que decidiu que o teste teria de ser efectuado debaixo de chuva torrencial. Amigo São Pedro… A chuva não nos impediu de ensaiar o utilitário mais rápido do mundo!

O Renault Clio recebeu recentemente um facelift apesar das vendas se manterem ao rubro e do modelo continuar a altura dos rivais do segmento. Ainda assim a Renault achou que seria a altura ideal para “refrescar” o aspecto do seu “best-seller”.

No Renault Clio R.S Trophy esta lufada de ar-fresco no design significa ópticas full LED na dianteira e luzes de iluminação diurna no pára-choques com o design do logótipo da Renault Sport. Novos farolins traseiros, novas jantes de 18 polegadas envolvidas em pneus 205/40 R18 entre outras pequenas alterações.

Face ao Renault Clio RS normal que já tínhamos ensaiado, este modelo mais espigado do Renault Clio conta com mais 20cv do que o anterior RS e conta também com uma caixa de velocidades mais rápida. Este automóvel conseguiu em Novembro o magnifico tempo de 8 minutos e 23 segundos. Os rivais eram o Opel Corsa OPC, o MINI JCW e o Audi S1. O “utilitário” francês não só bateu o tempo dos adversários como bateu o tempo com uma vantagem significativa que se resumiu a 3 segundos a menos que o MINI JCW, 8 segundos a menos que o Opel Corsa OPC e 9 segundos a menos do que o Audi S1!

Relembramos que tanto o MINI JCW como o Audi S1 contam com cavalagens superiores às do Renault Clio R.S Trophy. O que quer dizer que está mais do que comprovado que o Renault Clio é o líder dos utilitários desportivos!

Infelizmente devido à chuva não conseguimos aproveitar da melhor forma as curvas mais técnicas do traçado do Campera. Ainda assim, depois dos pneus atingirem uma temperatura mais “confortável” o Renault Clio R.S Trophy ofereceu sempre um comportamento exemplar. Mostrava-se bastante previsível, com uma boa inserção em curva (apesar da chuva), mesmo nas curvas mais apertadas, a travagem é boa e suporta bastante aquecimento, o que nos oferece mais confiança quando andamos depressa e a “abusar” do poder de travagem. O motor apesar de ser um 1.6 sobrealimentando estava sempre bastante disponivel quando a caixa era utilizada em prol da saída das curvas mais apertadas. Ainda na caixa, esta revelou-se sempre rápida e eficaz em todos os regimes tanto ao nível das reduções como nas trocas por mudanças mais altas.

O chassi é equilibrado e revela a experiência da Renault nos automóveis desportivos, mesmo com o acelerador a fundo na chuva a capacidade de tracção do utilitário Francês é verdadeiramente impressionante. Nas inserções em curva basta apontar o volante e pendurarmos-nos na travagem que a traseira desliza controladamente de forma a conseguir abordar a curva com a máxima eficiência.

O motor 1.6 Litros Turbo debita 220cv de potência às 6050rpm e 260Nm de binário às 2000rpm. Esta receita oferece ao Renault Clio RS Trophy uma aceleração dos 0 aos 100km/h em apenas 6,6 segundos (com lauch-control) e uma velocidade máxima de 235km/h.

A direcção é comunicativa e as suspensões são bastante firmes, podemos esquecer o conforto na estrada e ficar com um sorriso de orelha a orelha quando decidimos imprimir ritmos mais elevados. Na altura de curvar depressa percebemos o porque desta configuração que é perfeitamente “habitual” nos desportivos.

Junto ao travão de mão contamos com um botão que torna tudo mais entusiasmante, este botão activa o modo “R.S Drive” que torna a resposta ao acelerador melhor, a caixa mais rápida, conseguimos arrancar mais depressa com recurso ao launch control que é activado a partir das patilhas da caixa. Até o som do Escape Akrapovic com 2 saídas ganha outra alma.

O Renault Clio RS Trophy transpira o ambiente das corridas. No interior contamos com backets que oferecem um excelente apoio, um volante em pele perfurada com uma excelente pega e com costura ao centro para sabermos para onde as rodas estão viradas. As patilhas da caixa são fixas e contam com um tamanho generoso, o que ainda aproxima mais este Renault Clio de um automóvel de competição.

O sistema R-Link que está presente no Renault Clio “normal” como opção, vem de série no Renault Clio RS Trophy e conta com uma aplicação que se chama “R.S Monitor”.

Esta aplicação fornece dados:

– Binário, potência, temperatura da água e do ar de admissão, pressão do turbo, abertura da borboleta, pressão da travagem, ângulo do volante, regime do motor, temperatura do óleo da caixa, temperatura das embraiagens da caixa EDC e binário à roda…

– Leitura das performances: 0/50 km/h, 0/100 km/h, 0-400m e 0-1000m com partida parada, bem como o tempo de travagem para 100 km/h – 0 km/h.

– Diagrama G´s: leitura das acelerações longitudinais e laterais, bem como visualização dos valores máximos registados. Os sensores do ecrã podem ser gravados numa pen.

– Taxa de patinagem, em percentagem, das rodas motrizes.

– Visualização das curvas de binário e de potência em tempo real.

– Visualização esquemática interna da caixa EDC: relação utilizada, relação pré-seleccionada, temperatura da embraiagem.
– Cronómetro manual ou activado automaticamente pelo GPS (é possível descarregar o traçado do circuito numa pen)

– Ecrã de manutenção: para anotar a quilometragem dos pneus, amortecedores, pastilhas e discos desde a última mudança.

– Conselhos de pilotagem.

– Regulações do automóvel.

– “Shift light”: ajustamento do timing do sinal de mudança de relações de caixa.

– Datalogger: Um sistema que regista em tempo real, todos os parâmetros registados durante um dia num circuito que é associado às posições GPS correspondentes, tornando assim possível a sua análise num computador. A posição do automóvel pode ser projectada num mapa (obtido por satélite) com os parâmetros de condução correspondentes afixados de forma dinâmica. Todos estes elementos podem ser gravados: 1 hora de condução ocupa um ficheiro com apenas 3MB. Os resultados podem ser consultados através de um software que estará disponível, posteriormente, para os clientes.

Finalmente, é possível preparar um “track day” editando os circuitos e carregando a informação numa pen. A Renault Sport propõe alguns circuitos pré-seleccionados e a comunidade de utilizadores pode partilhar as suas edições.

Tudo isto faz com que o Renault Clio R.S seja o automóvel ideal para quem pretende “ir à pista” de vez em quando, ou para quem gosta de sentir a condução de um automóvel dotado de performance e com os “últimos gritos” da tecnologia. Como já fizemos questão de referir é para esquecer o conforto mesmo no modo normal, assim como um baixo consumo de combustível que é apenas uma miragem. O Renault Clio R.S não é automóvel para baixar dos 9 Litros a cada 100km e mesmo para conseguir esta média é necessário ter bastante atenção ao pé direito.

O Renault Clio R.S Trophy está disponivel a partir de um valor que ronda os 35.000€ e paga de IUC: 166,65€. É importante relembrar que apesar de ser um automóvel desportivo tem a mesma garantia da restante gama Renault, ou seja, 5 anos ou 100.000km de garantia.

Tiago Neve
Fotos: José da Palma
Agradecimento: Campera Karting e Frederico Viegas
Conheça o Kartódromo do Campera aqui!

Artigo anterior

Peugeot 2008 1.6 Blue HDi Allure: Chique e aventureiro!

Artigo seguinte

De acordo com a Porsche estas são as 5 melhores notas de escape!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *