Artigos

Protótipo autónomo enfrenta piloto na pista e perde!

Quer gostemos quer não, os automóveis autónomos estão a chegar e isso inclui automóveis de corrida autónomos. Apesar dos consecutivos testes, os automóveis de competição autónomos, ainda não conseguem bater os pilotos!

Apesar de ainda ser dificil imaginar corridas de automóveis autónomos, a Roborace continua a testar e a desenvolver seu DevBot antes de um campeonato de corridas de automóveis autónomos se juntar ao calendário da Fórmula E.

O desafio mais recente da DevBot é competir com o piloto profissional Ryan Tuerck numa volta rápida ao circuito citadino de Roma.

Após uma série de voltas de aquecimento para se familiarizar com o DevBot, Ryan Tuerck foi capaz de definir o melhor tempo de 1: 51.8 em todo o circuito. Quando Ryan Tuerck saiu do automóvel e foi activo o piloto “automático”, este registou um melhor tempo de 2:18,4, ou seja, mais 26 segundos que o piloto Ryan Tuerck.

Esta não é a primeira vez que um automóvel autónomo falha a tentativa de mostrar que é mais rápido que um humano. No ano passado, a superbike da Motobot Yamaha devia ser mais rápida que o Valentino Rossi. Apesar de estar em testes desde 2015, esta moto foi 30 segundos mais lenta que o lendário piloto italiano de motos.

As corridas de automóveis autónomos, fazem com que o público perca entusiasmo face às corridas de automóveis em que os pilotos levam as suas capacidades e condução ao extremo, essa é a essência das corridas e é a disputa entre pilotos que as torna mais interessantes.

Artigo anterior

Bernie Ecclestone compra Mclaren de Ayrton Senna por 4 milhões!

Artigo seguinte

Alfa Romeo anuncia novo SUV, Giulia Coupe e novas motorizações híbridas!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *