Noticias

Ferrari 488 GT3 Evo está preparado para 2020!

A Ferrari apresentou o seu novo GT de competição, o Ferrari 488 GT3 EVO para a temporada de 2020.

Esta é a terceira geração do automóvel de competição, após a sua primeira versão em 2016 e uma segunda versão no ano passado. O novo Ferrari 488 GT3 EVO estará disponível como uma atualização para as equipas que já têm as gerações anteriores e como uma boa aposta para equipas que estejam interessadas em “vestir o cavalo rampante”.

O modelo de 2020 ostenta uma distância entre eixos maior, com o mesmo comprimento que o Ferrari 488 GTE. Esta alteração vai proporcionar menor desgaste ao nível dos pneus e conversões entre KIT GT3 e GTE. Outros destaques incluem alterações ao nível da electrónica que melhoram a entrega de potência e a fiabilidade do motor V8 Twin-Turbo.

As alterações ao nível da aerodinâmica são também significativas, uma vez que o novo Ferrari 488 GTE Evo apresenta um pára-choques dianteiro actualizado, que apresenta maiores áreas dispon+iveis para instalação de novos apoios que aumentam a força vertical. A asa traseira foi também redesenhada.

Os engenheiros também reduziram o peso, o que significa que, quando o lastro é utilizado para cumprir normas da FIA, este é colocado em posições que baixam o centro de gravidade do Ferrari 488 GT3 EVO.

Como se não bastasse, a Ferrari desenvolveu um pacote para as corridas de resistência. Este inclui outro pára-choques dianteiro e faróis adicionais, alterações ao nível do carter, ao nível da refrigeração, travagem e até apertos das rodas. A lista de opções tem um sensor para o nível do líquido de refrigeração e luzes de advertência de reserva de combustível, assim como faróis principais mais potentes em LED.

Artigo anterior

ARC Sport ataca as estradas do Algarve com 4 SKODA FABIA R5!

Artigo seguinte

Desportivo da Mazda com motor rotativo teria aceitação?

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.