ArtigosZoom Safety

Circular encostado ao automóvel da frente gera mais trânsito!

Todos os dias encontramos engarrafamentos e congestionamentos de trânsito, que parecem não ter qualquer razão aparente. Provavelmente, está alguém a tentar passar de faixa em faixa para chegar exactamente à mesma hora, prejudicando todos os outros condutores, causando mais trânsito. Ou então, estará alguém extremamente encostado à traseira do automóvel da frente, o que para além de ser inseguro, só causa ainda mais trânsito e não o faz chegar mais depressa!

Circular encostado ao automóvel da frente não é seguro, não nos faz chegar mais depressa e provoca ainda mais trânsito. As travagens tornam-se mais repentinas, assim como existem condutores que circulam à frente desses condutores impacientes que adoptam também uma postura mais “agressiva” na condução, o que faz com que exista mais trânsito, por haverem acelerações e travagens repentinas. Para além de ser inseguro, também causa mais desgaste ao automóvel.

“Para o trânsito fluir, os automóveis deveriam estar espaçados de forma uniforme e de preferência a uma velocidade relativamente constante, sem travagens bruscas, nem grandes acelerações.” Quem diz é o professor Berthold Horn um especialista no fenómeno do trânsito.

“O Nosso trabalho revela que, se os condutores mantiverem uma distância igual entre os automóveis, tanto na dianteira como na traseira, as perturbações do trânsito desaparecem à medida que vamos percorrendo alguns quilómetros numa linha certa de circulação. Caso contrário, o engarrafamento será ainda maior.”

Este GIF, explica de forma simples o fenómeno do trânsito:

Basicamente, quando circulamos encostados ao automóvel da frente, perdemos a possibilidade de travar de forma progressiva, o que acaba por retirar a inércia do nosso veiculo de forma repentina, fazendo com que todos os condutores que circulam atrás de nós tenham de reduzir a velocidade. Esta reacção em cadeia, provoca um engarrafamento igual ou mesmo pior do que um acidente na estrada.

O professor Berthold Horn acredita que os condutores, não deixarão de circular encostados uns aos outros, mas acredita, que no futuro os automóveis venham a contar um sistema semelhante ao cruise-control adaptativo, que mantém a distância para o automóvel da frente. Acredita também, que com a implementação desse sistema, iríamos chegar aos nossos destinos em metade do tempo.

Artigo anterior

Este Lancia Stratos de 1974 vai ser vendido!

Artigo seguinte

Este é o Lamborghini Urus e a respectiva nota de escape! (Vídeo)

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.