Artigos

Ford Shelby GT 500 Super Snake 1967: Mais de 550cv numa obra de arte Americana!

O Ford Mustang Shelby GT500 será revelado em breve. Contudo, os faz do antigo Mustang terão uma surpresa, pois a Shelby Americana vai dar continuação ao modelo Ford Shelby GT500 Super Snake de 1967.

Com base no sucesso do modelo de continuação Shelby GT500R de 1968 anunciado no início deste ano, o Shelby GT500 Super Snake 1967 tem como base o Mustang de 1967 original e conta com um poderoso motor 7.0 Litros V8 de alumínio e ferro fundido que produz mais de 550cv de potência. Este motor trabalhará em conjunto com uma caixa manual de 4 velocidades e cada modelo terá uma chapa assinada por Carroll Shelby e Don McCain.

Infelizmente a produção será limitada a 10 unidades e cada automóvel será concebido por encomenda, a Shelby alerta que este será um dos modelos mais caros da marca, uma vez que cada unidade irá ultrapassar os 200.000€. Apesar de ser caro, a Shelby relembra que um Shelby GT500 Super Snake original foi vendido por mais de 1 milhão de euros.

A Shelby não revelou muito mais acerca deste automóvel, mas o presidente da Shelby Americana, Gary Patterson, observou que o modelo original começou como um protótipo de engenharia para testes de pneus de alta velocidade da Goodyear. Após a conclusão do teste, a Shelby Americana ofereceu-o a Mel Burns Ford, onde foi vendido.

O modelo original contava com uma série de upgrades face ao Mustang convencional, contava com um motor de competição 7.0 Litros V8, travagem de disco na dianteira e uma traseira de Detroit Locker. O automóvel também contava com uma grelha diferente, barras estabilizadoras na traseira e pneus especiais Goodyear Thunderbolt.

Artigo anterior

Opel Corsa GSi recebe motor 1.4 com 150cv e chassi OPC!

Artigo seguinte

Dr. Wolfgang Ullrich revela os seus Porsches favoritos!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.