NoticiasComunicados de Imprensa

SEAT e CUPRA tornam a sua ofensiva elétrica uma realidade

A empresa apresenta o CUPRA Formentor de série, que será fabricado na fábrica de Martorell, será lançado no último trimestre deste ano e terá uma versão híbrida e de combustão.

As vendas da SEAT continuam a tendência de crescimento dos meses anteriores, num contexto de abrandamento geral do mercado.

A SEAT está a tornar realidade o seu plano para a eletrificação comunicada no ano passado. Depois de apresentar a nova geração SEAT e CUPRA Leon, que têm versões híbridas, a empresa apresentou em videoconferência o CUPRA Formentor, que iria ser exibido no Salão Automóvel de Genebra. O Formentor é o primeiro veículo concebido exclusivamente para a CUPRA e terá também uma versão híbrida plug-in.

Com a eletrificação dos modelos da sua gama, a SEAT pretende oferecer aos clientes uma opção de condução mais sustentável: todos os modelos apresentam uma autonomia elétrica de 60 km e emissões de CO2 inferiores a 50 g/km. Assim, a automobilística reforça o seu compromisso com o ambiente e com os acordos de Paris, com o objetivo de se tornar uma empresa neutra em CO2 até 2050, tanto para os seus automóveis como para a sua atividade produtiva.

Na apresentação online, o presidente do SEAT Carsten Isensee afirmou que “a mensagem é clara: 2019 foi o melhor ano da nossa história. Fomos a marca com maior crescimento de volume na Europa, alcançando um aumento de dois dígitos pelo terceiro ano consecutivo, num contexto de mercados em declínio. Iniciamos 2020 com uma tendência ascendente e, embora seja um ano mais desafiante, estamos a preparar o caminho para o futuro”.

Além disso, o vice-presidente comercial da SEAT e CEO da CUPRA, Wayne Griffiths, salientou que “estes dois últimos anos da CUPRA têm sido espetaculares. Desde que lançamos a CUPRA como marca independente em Terramar, alcançámos vendas de 40.000 unidades. A Marca é uma alavanca fundamental para mover o centro de gravidade da SEAT para modelos mais emocionais e com uma maior margem de contribuição: esperamos alcançar um volume de negócios de cerca de mil milhões de euros, o que corresponde a 10% do total da SEAT, uma vez lançados todos os modelos da CUPRA”.

Os responsáveis salientaram que, embora 2020 seja um ano para a economia e para a indústria automóvel com um ambiente menos favorável do que nos anos anteriores, a SEAT conseguiu manter a tendência positiva de vendas com que fechou 2019, no início do ano.

Seis modelos até 2021

O novo SEAT Leon, nas suas versões 5 portas e Sportstourer, já está em produção na sede da SEAT em Martorell. A estes juntar-se-á o CUPRA Leon, em meados do ano e o CUPRA Formentor, que iniciará a produção no segundo semestre do ano. A fabrico destes novos modelos nas instalações centrais da SEAT em Martorell ajudará a aumentar o volume de produção da fábrica, que atualmente está-se a aproximar da sua capacidade máxima. A estes híbridos fabricados em Martorell juntam-se o Tarraco PHEV e os elétricos de bateria Mii electric e el-Born.

O SEAT Leon (hatchback e sportstourer) terá diferentes motores: combustão, GNC, PHEV e mHEV (micro híbrido). No caso da versão GNC, é apresentado pela primeira vez com uma unidade de GNC de 1,5 litros que gera uma potência de 96 kW/130CV. O veículo integra três tanques de GNC com uma capacidade total líquida de 17,3 kg, dando ao novo SEAT Leon TGI um alcance de 440 km sem reabastecimento. O Leon será comercializado a um preço inicial de 20.000 euros na Alemanha.

Quanto aos modelos elétricos, o Leon inclui um motor híbrido de última geração que combina um motor a gasolina TSI com um motor elétrico plug-in, com um modelo que gera 150 kW/204CV de potência. Tem uma bateria de iões de lítio de 13 kWh que permite uma autonomia de 60 km no modo exclusivamente elétrico. Também inclui a tecnologia híbrida leve (eTSI), disponível com a unidade 1.0 TSI 81 kW/110CV e a unidade a gasolina 1.5 de 110 kW/150CV, que combina a tecnologia híbrida leve de 48V com um motor de combustão.

CUPRA, mais forte do que nunca

Após consolidar a estrutura organizacional da nova empresa e após a recente inauguração da sua nova sede corporativa, a CUPRA apresenta orgulhosamente o seu primeiro modelo próprio, o CUPRA Formentor. A marca criada por e para os entusiastas do automobilismo apresenta também a sua ofensiva de produto, incluindo o citado Formentor, o CUPRA Ateca e o novo CUPRA Leon.

O CUPRA Formentor, o primeiro automóvel 100% CUPRA, será lançado no segundo semestre do ano e estará disponível com dois tipos de motor: Este crossover de alta performance que combina o ADN distintivo da marca, juntamente com a sua engenharia e design criados a pensar no futuro, para oferecer um modelo icónico que combina sofisticação, inovação e uma experiência de condução dinâmica e intuitiva. O Formentor dirige-se a um segmento de mercado em crescimento, o mercado CUV, que se espera que continue a crescer nos próximos anos.

Artigo anterior

Maserati MC20 "mostra o dedo" à concorrência!

Artigo seguinte

Volkswagen e Figo levam adeptos portugueses ao Euro 2020

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.