NoticiasComunicados de Imprensa

SEAT celebra a diversidade, o respeito e a inclusão na Semana Internacional da Mulher

A empresa demonstra assim o seu firme compromisso em promover a igualdade de oportunidades, uma vez que o valor está presente na sua atividade diária.

Mais de 3.000 mulheres trabalham na SEAT, 21% da força de trabalho.

Os eventos terão lugar de 8 a 12 de março e serão compostos por uma série de conferências e atividades que abordarão temas como a igualdade ou o talento das mulheres tecnológicas.

A SEAT S.A. no seu firme compromisso com a diversidade e a igualdade de oportunidades, celebrará a Semana Internacional da Mulher com um programa de atividades que visa promover a diversidade, a tolerância, o respeito e a inclusão como valores presentes na sua atividade diária. A SEAT emprega mais de 3.000 mulheres, 21% da força de trabalho, que é um dos rácios mais elevados no sector automóvel. Além disso, 25% das mulheres da empresa ocupam cargos superiores.

Com o objetivo de valorizar a Semana Internacional da Mulher, que decorrerá de 8 a 12 de março, a empresa automóvel organizou uma série de conferências e atividades que serão realizadas a partir da sede da SEAT S.A. (Martorell), e nos espaços da SEAT:CODE e CASA SEAT, no coração de Barcelona.

“Atualmente, mais de 3.000 mulheres trabalham em diferentes áreas da empresa, 21% da força de trabalho, e continuamos a apostar todos os dias para aumentar este número. As mulheres que fazem parte da SEAT S.A. desempenham um papel muito importante na criação do futuro da empresa.  A diversidade é um valor que nos acrescenta e nos posiciona como uma empresa inovadora, criativa e única”, afirmou Xavier Ros, Vice-Presidente Executivo de Recursos Humanos e Organização da SEAT.

As iniciativas da próxima semana incluem a mesa redonda moderada pela especialista em diversidade e co-fundadora +Diversity, Mercè Brey, e o especialista em género e CEO da Promundo Spain Consulting, Ritxar Bacete. Este debate, que terá lugar na sexta-feira, 12 de março, às 9h30, na CASA SEAT, contará com a participação de seis profissionais da empresa e girará em torno do papel das mulheres nos diferentes níveis profissionais de uma empresa. Serão discutidos temas como o desenvolvimento do trabalho, o teto de vidro e o número crescente de mulheres em posições tecnológicas. Mercè Brey também vai ensinar uma masterclass para todos os colaboradores da empresa no dia 8 de março, sob o título “Vamo-nos dar permissão para tornar isto diferente”.  

Ao longo da semana na SEAT:CODE, o centro de desenvolvimento de software da empresa, diferentes membros da empresa partilharão a sua experiência e reflexões sobre a diversidade de género na primeira pessoa. No dia 9 de março, será realizada uma apresentação com Gözde Canbolat e Paqui Lizana como protagonistas, sob o título “Como se conectar com o talento feminino da tecnologia” e no dia 11 do março, Cristina Verdi falará sobre as novas oportunidades para as mulheres no mundo da tecnologia numa sessão intitulada “Fechar a diferença de género na Tecnologia”. Por seu lado, ainda no dia 11, Diana Gámez, na sua apresentação “Mulheres e Inteligência Artificial”, vai também comentar a forma como as mulheres se estão a posicionar no desenvolvimento de novas tecnologias. 

Apostar na diversidade

A empresa, forte defensora da igualdade de oportunidades e da diversidade, não faz distinções com base no género, identidade ou orientação sexual nos seus processos de recrutamento, nível salarial ou oportunidades de crescimento profissional. Hoje, a força de trabalho da SEAT S.A. é constituída por quatro gerações de colaboradores, trabalhando em oito áreas diferentes, falando 26 línguas e colaborando com 67 nacionalidades. De acordo com um estudo da consultora Dalia, estima-se que 7% dos colaboradores fazem parte da comunidade LGTBI+. 

A SEAT S.A. tem também desde 2012 um Plano de Igualdade que inclui medidas para prevenir a discriminação e promover a equidade de oportunidades para todos os seus colaboradores, como princípio estratégico da Política Corporativa e Recursos Humanos da empresa. Como exemplo, em 2020, nasceu a Pride@SEAT, uma iniciativa LGBT+ (lésbica, gay, bissexual, trans e outras comunidades e dissidências) criada por funcionários da SEAT S.A. e apoiada pela gestão de recursos humanos que tem como principal objetivo criar um espaço aberto a todas as pessoas que trabalham na empresa. Seguindo esta linha, a empresa integrou recentemente o Conselho de Administração da REDI (Rede Empresarial pela Diversidade e Inclusão LGBTI), a primeira rede de negócios e especialistas em diversidade e inclusão em Espanha.

Em 2018, a SEAT S.A. lançou uma campanha específica para incentivar a inscrição de mulheres na Escola de Aprendizes e continua a desenvolver o programa “Women@SEAT”, que promove as mulheres com potencial de gestão. Além disso, o caráter integrador e inclusivo da empresa foi reconhecido pelo jornal britânico Financial Times no seu relatório Diversity Leaders de 2020, que posiciona a SEAT S.A. como a principal empresa europeia em inclusão e diversidade, colocando a empresa automóvel em 65º lugar de 850 empresas europeias.

Artigo anterior

Volkswagen promete mais atualizações para os novos modelos ID!

Artigo seguinte

Alfa Romeo presta homenagem às mulheres piloto da sua história

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.