NoticiasComunicados de Imprensa

Renault, líder das vendas de veículos eléctricos na Europa e em Portugal

Renault ZOE, o automóvel elétrico mais vendido na Europa.

Renault Kangoo Z.E., o comercial ligeiro elétrico mais vendido na Europa.

Entre janeiro e novembro de 2020, a Renault já vendeu mais de 95 000 veículos elétricos.

A Renault lidera, também em Portugal, todos os mercados de automóveis elétricos

Marca pioneira na mobilidade elétrica, a Renault lidera o mercado Europeu de veículos elétricos (EV), com 95 985 unidades vendidas de janeiro a novembro de 2020. Face ao ano de 2019, este volume representa um aumento das vendas de 80%. Este desempenho demonstra que a gama 100% elétrica da Renault responde, perfeitamente, às expetativas e necessidades dos clientes, sejam eles particulares ou profissionais.

No que diz respeito aos automóveis de passageiros, o Renault ZOE é a referência do segmento. Com uma autonomia de 395 km (WLTP) e um novo design, a terceira geração do ZOE é o automóvel elétrico mais vendido na Europa, com mais de 84 000 unidades vendidas em 2020. Este volume representa praticamente o dobro das unidades vendidas em 2019 (no mesmo período) e faz do ZOE o líder absoluto do mercado em França, na Alemanha, em Itália, em Espanha e em Portugal. Desde o seu lançamento (contabilizando todas as gerações) foram já vendidos, na Europa, mais de 268 000 Renault ZOE.

No mercado dos Veículos Comerciais Ligeiros elétricos, o Renault Kangoo Z.E. é o incontestado best-seller. Entre janeiro e novembro de 2020, foram já vendidos 8 498 Kangoo Z.E., o que representa mais de um em cada três comerciais ligeiros elétricos vendidos na Europa. No total, e desde o lançamento, em 2010, foram comercializados, na Europa, 57 595 Kangoo Z.E..

O Twingo Electric, recém-chegado à gama Renault, pretende ser uma referência nos EV do segmento A e, deste modelo, foram já matriculadas, na Europa, 1 760 unidades. A agilidade e autonomia de 190 km (até 270 em cidade), fazem do Twingo Electric o melhor aliado para os trajetos quotidianos.

A gama elétrica da Renault inclui, igualmente, o Twizy, dos quais foram já vendidas mais de 31.000 unidades, bem como o Master Z.E., um furgão com uma carga útil real que pode atingir as 3,5 toneladas.

Graças ao ´know-how´ nos veículos elétricos, a Renault apresentou, recentemente, o próximo capítulo da sua gama elétrica: o Mégane eVision. O modelo de série derivado do Mégane eVision será a resposta da Renault para um automóvel elétrico do segmento C. 

Liderança também em Portugal 

Com 1.200 unidades vendidas, entre janeiro e novembro de 2020, a Renault lidera, também, em Portugal, o mercado de veículos 100% elétricos, que mostrou um dinamismo contrastante com o desempenho global do mercado automóvel, muito afetado pelas consequências da pandemia.

O Renault ZOE, o best-seller da marca na Europa, é, também, o automóvel elétrico mais vendido, em Portugal, em 2020. As 1.066 unidades vendidas, nos primeiros 11 meses, correspondem a um crescimento de 15,5% face ao mesmo período de 2019, e permitem ao ZOE reivindicar 16% de quota de mercado no mercado Português de Veículos de Passageiros Elétricos.

O Renault Kangoo Z.E., líder histórico e incontestado do mercado Português de Comerciais Ligeiros elétricos, mantém, em 2020, esse estatuto hegemónico. Entre janeiro e novembro, praticamente dois em cada três comerciais ligeiros 100% elétricos vendidos foi um Kangoo Z.E. As 115 unidades comercializadas estão ao nível de 2019.

Destaque, ainda, para as 14 unidades matriculadas do Twingo Electric. Com comercialização anunciada para o início de 2021, o Twingo Eletric promete ser a referência do segmento.

Artigo anterior

Porsche lança teaser da versão de competição do Porsche 911 GT3!

Artigo seguinte

Volvo P1800 – Retro Hero of the Year

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.