Noticias

Próxima geração do Toyota GT86 será o irmão mais novo do Supra!

A Toyota Australiana revelou que está a chegar uma nova geração do Toyota GT86.

Apesar de uma publicação japonesa ter dado a informação de que o Toyota GT86 ia acabar, a Toyota Australiana desmente e diz que tanto o Toyota GT86 como o Subaru BRZ continuarão a alegrar os fãs dos automóveis.

Recentemente o director de comunicação da Toyota Australiana, Brodie Bott, informou à imprensa internacional que o GT86 não só continuará a estar no mercado, como também receberá uma segunda geração. “Quando a afirmação do meio de comunicação japonês se veio a tornar conhecida, tive reuniões internas que me permitem afirmar que está uma segunda geração do Toyota GT86 a caminho.”

“Não sei de onde vêm essas informações, mas neste momento certamente não pretendemos descontinuar, é um carro muito importante para nós e será o irmão mais novo do Supra”.

Além disso, Brodie Bott acrescentou que há quem já tinha visto a segunda geração do Toyota GT86 dentro da marca.

Ainda pouco ou nada se sabe acerca da nova geração do Toyota GT86 e também não se sabe se a próxima geração será concebida em conjunto com a Subaru como aconteceu com o modelo actual. De acordo com algumas especulações, o novo Toyota GT86 pode receber um novo motor 2.4 Litros atmosférico de 4 cilindros.

As especulações sugeriam que a Toyota deixaria de vender o GT86 para garantir que este não afectasse as vendas do Toyota Supra na versão de entrada de gama. No entanto, sabe-se que a versão de entrada de gama do Toyota Supra será consideravelmente mais cara que o GT86.

Não se esqueçam de ler aqui o ensaio ao Toyota GT86 e não percam o ensaio ao Toyota GT86 Black Touch que sai já este fim-de-semana!

Artigo anterior

Mazda revela MX-5 30th Anniversary Edition!

Artigo seguinte

Morgan anuncia recorde de vendas pelo 3º ano consecutivo!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.