ArtigosEnsaios

Mercedes C 180 Cabrio AMG: Exuberância de cabelos ao vento!

Raramente associamos um Mercedes “normal” a um automóvel visceral, radical, arrepiante ou bastante emocional. Tudo muda quando falamos nos Mercedes AMG, não falamos dos A180 disfarçados, mas sim dos verdadeiros AMG que lançam granadas dos escapes, que emitem barulhos capazes de acordar a vizinhança e nos arrepiam cada pelo do corpo. O Mercedes C180 Cabrio com Pack AMG é uma boa amostra do pedigree da marca Alemã, embora mais comedido consegue fazer-nos esboçar sorrisos ao volante, com a mais valia de andarmos de cabelos ao vento!

O design da Mercedes é actualmente indiscutível, é provavelmente a marca alemã com o design mais elaborado e bonito, ninguém lhe fica indiferente, principalmente quando falamos da linha AMG, mais emocional, desportiva e que oferece o melhor que a marca tem para dar!

Quando olhamos para o Mercedes C Coupé ou Cabrio, sabemos que estamos perante carroçarias adquiridas por minorias, uma vez que a versão sedan de 4 portas é sempre a mais “comum”. Qualquer que seja a carroçaria o Mercedes Classe C é um automóvel dotado de exuberância, requinte, elegância e exclusividade, como é já normal nas linhas da marca alemã actualmente.

Esta versão Cabrio é ouro sobre azul, até porque junta a belíssima carroçaria coupé a uma capota de lona, capaz de nos oferecer os melhores passeios de cabelos ao vento. Não deixando ninguém indiferente, independentemente da idade, estilo ou género.

Neste Mercedes C180 Cabrio com Pack AMG contávamos com iluminação exterior de boas-vindas, retrovisores rebativeis electricamente, jantes de 18 polegadas AMG, luzes LED, pára-choques dianteiro desportivo AMG, pára-choques traseiro desportivo AMG com duas saídas de escape embutidas no difusor traseiro. A capota era preta em tecido, contudo, podemos sempre optar por várias cores como vermelho castanho ou azul sem pagarmos mais por isso.

No interior contamos com materiais de excelência, como mencionado em textos anteriores sobre a marca, a Mercedes não tem segredos, o alumínio é mesmo alumínio e a madeira é mesmo madeira. Como equipamento da versão ensaiada contávamos com: Estofos em couro pretos com pesponto branco, Volante desportivo multi-funções em pele perfurada, Ar-condicionado automático de dupla zona, Saídas da climatização para os lugares traseiros, Acabamentos em metal e madeira de Freixo Preta, Pedais desportivos em alumínio, Sistema de multimédia em ecrã de 7 polegadas, Espelhos anti-encandeamento, Soleiras das portas em alumínio, Sensores de Chuva e luminosidade, assim como sensor de proximidade, entre outros.

O design é indiscutível, pode ser extremamente personalizável com vários materiais e acabamentos, mais clássico ou mais desportivo. Nesta versão com Pack “AMG”, estávamos dotados de um requinte mais desportivo e menos formal, que era quase de ir “à lágrima”. Todo o ambiente levava-nos a sentirmo-nos como se estivéssemos em casa, até porque viajávamos à vontade nos lugares dianteiros. Já nos lugares traseiros as viagens não serão fácis para dois adultos de estatura mais alta, como é normal neste tipo de automóveis. Os assentos são confortáveis e tem um apoio lombar de excelência. O sistema de som apesar de não ser o opcional da Burmester, é bastante agradável.

O espaço para a arrumação e o espaço na bagageira também satisfazem, é fácil arrumar pequenas coisas nas bolsas das portas, no interior “espaçoso” do apoio de braço, ou mesmo na bagageira que tem 285 Litros de capacidade que vão até aos 360 litros.

O sistema de Multimédia da Mercedes é completo, podia ser mais intuitivo, mas reúne uma excelente qualidade de imagem e informações cruciais acerca do automóvel e estado do mesmo.

No lugar do condutor, tudo faz mais sentido, até porque o volante tem uma pega extremamente agradável, o assento oferece o apoio e conforto ideal e a posição de condução é formidável.

Rodamos a chave e somos surpreendidos com um ruído de motor que é como musica para os nossos ouvidos, engrenamos a primeira e sentimos uma caixa bastante agradável de utilizar, os pedais estão ao mesmo nível, o que nos permite uma maior confiança numa condução mais desportiva. À medida que devoramos alcatrão apercebemo-nos de uma direcção bastante precisa e firme que nos coloca um sorriso de orelha a orelha, um chassi mais do que competente que nos permite explorar as capacidades do C180 sem sermos surpreendidos. É fácil imprimir ritmos mais despachados, devido à facilidade na condução, ao chassi que parece perdoar quase tudo e à suspensão multi-link na dianteira e traseira que é firme mas não desconfortável, para ajudar ao conforto, contamos com o eixo traseiro independente. Este é o automóvel que consegue o compromisso do conforto, prazer de condução e performance.

Através dos modos de condução, podemos ajustar o Mercedes C180 ao nosso estado de espírito e estilo de condução que queremos adoptar naquele momento. Temos ao nosso dispor o modo Eco, Normal, Sport, Sport + e Individual. Estes modos alteram a resposta do acelerador, direcção e climatização no caso do modo Eco, permitindo-nos tornar o Mercedes C180 Cabrio mais desportivo, confortável ou económico.

Debaixo do capô, encontramos um motor 1.6 Litros de 4 cilindros Turbo a gasolina com 156cv de potência e 250Nm de binário, associado a uma caixa de 6 velocidades bastante agradável e bem escalonada que envia a potência para as rodas traseiras. Esta receita permite ao Mercedes C180 Cabrio ultrapassar a barreira dos 100km/h em 8,9 segundos e atingir uma velocidade máxima de 220km/h.

Para além da performance comprovada e de todo o conforto a Mercedes pode gabar-se de ter um motor “redondo”, o que aumenta ainda mais o prazer de condução. O ponteiro das rotações passa por todos os números de uma forma progressiva, que se faz acompanhar de um belo ruído de escape sem exageros, mais fácil de perceber quando circulamos de capota aberta ou de vidros abertos, pois a insonorização é excelente. De capota aberta não sentimos tanto o ruído como acontece noutros cabrios, pelo que é possivel viajar de capota aberta com conforto.

No que toca a consumos, tudo depende do pé direito, se este estiver mais em posição “vertical” conseguimos circular na ordem dos 7,5 Litros a cada 100km. Se o pé estiver em posição mais horizontal, não existem milagres!

No que toca à segurança, a EuroNCap classificou o Mercedes Classe C Cabrio com as 5 estrelas nos seus testes. O Cabrio Alemão conseguiu 89% na segurança dos adultos, 79% na segurança das crianças, 66% na segurança dos peões e 53% nas ajudas à condução.

É possivel adquirir o Mercedes Classe C 180 Cabrio por 46.450,00€, a versão ensaiada ronda os 51.000,00€ já com o pack AMG. Paga de IUC: 166,65€ (2017) 168,98€ (2018).

Fotos de: José da Palma

Artigo anterior

Honda HR-V 1.6 I-DTEC: Um crossover cheio de truques!

Artigo seguinte

Polestar deverá lançar 4 modelos em 3 anos!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *