NoticiasComunicados de Imprensa

José Pedro Fontes e Inês Ponte estreiam C3 Rally2 do Citroën Vodafone Team no Rali Vieira do Minho

O Citroën Vodafone Team prepara-se para regressar ao ativo, participando no Rali de Vieira do Minho, primeira prova do Campeonato do Norte de Ralis e jornada inaugural da disciplina em Portugal, após um longo interregno provocado pela pandemia.

Com um foco assente no Campeonato de Portugal de Ralis (CPR) 2021, José Pedro Fontes e Inês Ponte irão participar neste evento do Motor Clube Guimarães como teste, com vista não só ao arranque da sua temporada oficial, no final do mês, no Rali Terras d’Aboboreira, mas também como preparação para o Vodafone Rali de Portugal, com o qual esta prova partilha parte significativa do percurso.

Destaque para a estreia do novo C3 Rally2 do Citroën Vodafone Team, unidade substancialmente evoluída da anterior unidade C3 R5 e que tem sido alvo de persistentes testes.

A aposta da estrutura Citroën Vodafone Team é a reconquista dos títulos de Pilotos e Navegadores, numa temporada este ano composta por oito provas e que terá o seu ponto alto no Vodafone Rally de Portugal, a jornada portuguesa do WRC que partilha o patrocinador da equipa.

Correndo-se no próximo Domingo (dia 18 de abril), o Rali Vieira do Minho compõe-se de uma única Etapa, com duas Especiais de Classificação cumpridas por três vezes, num total de 63,75 km cronometrados.

Antecipando um tão aguardado quanto desejado regresso ao Campeonato de Portugal de Ralis (CPR), parado há mais de cinco meses devido à situação de pandemia – e que deverá decorrer sob a égide das condicionantes sanitárias de forma a garantir as condições de segurança de todos os intervenientes – o Citroën Vodafone Team prepara-se para entrar em cena numa prova que servirá de teste em condições reais ao novo C3 Rally2, antes de José Pedro Fontes e Inês Ponte abraçarem os seus objetivos maiores para o corrente ano de 2021, os títulos de Campeões de Pilotos e Navegadores.

Será no Rali Vieira do Minho que a dupla do C3 Rally2 irá avaliar o potencial da sua nova máquina, agora homologada sob a nova regulamentação “Rally2” (até ao ano passado designada de “R5”), uma prova apenas pontuável para o Campeonato do Norte de Ralis, mas também um evento que marca a retoma dos ralis no nosso país e logo num palco tão referencial, as classificativas de terra da região minhota.

“É com uma enorme satisfação que regressamos aos ralis, agora no novo C3 Rally2, o nosso novo carro para o CPR 2021, uma máquina que temos explorado nos múltiplos testes que temos vindo a realizar, com vista a encontrar as melhores afinações que nos permitam, a partir do final do mês, começar a lutar pelas vitórias nas 8 provas que compõem o campeonato deste ano”, refere José Pedro Fontes.

“O facto de o fazermos numa prova cujos troços conhecemos muito bem, como também por contarmos com um lote de nomes que irão ser os nossos adversários nos ralis do CPR irão permitir tirar as primeiras conclusões face à direção que estamos a tomar em termos dos diferentes ‘set-ups’ que a Citroën Racing nos disponibilizou”.

Apesar do enorme defeso de mais de cinco meses que mediou entre a última prova do CPR 2020 e este rali de teste, a equipa não tem estado parada, “testando o C3 Rally2 quer em troços de terra quer em secções de asfalto, de modo a começarmos já a garantir um resultado que nos permita entrar em grande no Rally Terras d’Aboboreira, a primeira jornada em terra do CPR, que terá lugar no final do mês de abril, e começando a amealhar os pontos necessários para que no final do ano eu e a Inês possamos repetir a conquista conjunta alcançada em 2016. Queremos premiar a renovada aposta dos nossos patrocinadores: Vodafone, Citroën, Milaneza, ExpressGlass, Total e Pirelli”.

“Gostaria de deixar uma palavra de apreço a todos os nossos fãs, que nos apoiam incondicionalmente e que, neste momento, ainda só o podem fazer na segurança das suas casas, devido às inúmeras condicionantes de deslocação e de participação em eventos desportivos. Temos a certeza de que podemos contar com eles e de, em breve, poder voltar a vê-los ao vivo, não só incentivando-nos à nossa passagem nos troços, como também visitando-nos nos Parques de Assistência, assim consiga o país ultrapassar esta fase de pandemia que ainda é bastante limitativa, obrigando a um necessário distanciamento”.

Relativamente ao Rali Vieira do Minho do próximo domingo (dia 18 de abril), a prova do Motor Club Guimarães agrupa-se num único dia, composta de uma Etapa única com 117,86 km, com início às 8h30 e términus às 18h03, a partir da frente da Câmara Municipal de Vieira do Minho. São apenas duas as Especiais de Classificação, percorridas por três vezes cada, para um total de 63,75 km cronometrados: Senhora da Fé /Serradela (10,86 km) agendada para as 09h18, 11h46 e 15h22, e Serradela / Anjos (10,39 km), com partida às 09h46, 12h14 e 15h50.

Para além do envolvimento direto da Citroën e da Vodafone, como patrocinador principal, mantêm-se como parceiros deste projeto de ralis as marcas Milaneza, ExpressGlass, Pirelli e Total. Em termos de preparação, o C3 R5 conta com o know-how especializado dos técnicos da Sports & You.

O NOVO C3 RALLY2 DO CITROËN VODAFONE TEAM

Homologado na nova categoria “Rally2” (em substituição da anterior “R5”), o novo C3 Rally2 do Citroën Vodafone Team integra todas as evoluções entretanto disponibilizadas pela Citroën Racing, no âmbito do seu programa de ralis direcionado para estruturas privadas, soluções que têm sido alvo de desenvolvidos testes para enfrentar todos os desafios das diferentes 8 provas que compõem um CPR 2021 assente num perfeito equilíbrio entre pisos de terra e asfalto.

Principais Características Técnicas

Chassis: Coque reforçada por um arco de segurança multiponto, soldado

Motor: Citroën Racing de 1.6 litros Turbo de injeção direta – Restritor FIA de 32 mm.

Potência máxima: 282 cv às 5 000 rpm.

Binário máximo: 420 Nm às 4 000 rpm.

Caixa de velocidades: Sadev, sequencial de 5 velocidades + marcha-atrás, comando manual.

Diferenciais: à frente e atrás, mecânicos autoblocantes.

Travões dianteiros / traseiros: Discos ventilados, 355 mm (asfalto) e 300 mm (terra), pinças Alcon de 4 pistões.

Travão de mão: Comando hidráulico.

Suspensões: Tipo McPherson.

Amortecedores: Reiger, reguláveis de 2 vias (compressão a baixa e alta velocidade, batente).

Comprimento x Largura: 3 996 mm x 1 820 mm.

Distância entre eixos: 2 567 mm.

Vias: 1 618 mm (dianteira e traseiro).

Reservatório de combustível: 81 litros.

Pesos: 1.230 kg mínimo (regulamentar) / 1.390 kg com equipa a bordo (regulamentar). 

AS 8 PROVAS DO CPR 2021

Reduzido em dimensão face a anteriores épocas, o Campeonato de Portugal de Ralis 2021 divide-se entre quatro ralis de terra e quatro jornadas em asfalto, prolongando-se entre o final de abril e a primeira quinzena de outubro. Integrando duas provas de cariz internacional – o Vodafone Rally de Portugal, prova do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC), prova que tem o mesmo patrocinador da equipa oficial Citroën Vodafone Team, e o Rallye Serras de Fafe, pontuável para o Campeonato da Europa de Ralis – o presente CPR terá a seguinte estrutura:

CAMPEONATO DE PORTUGAL DE RALIS 2021*

                         Data     Prova                                                         Organizador

30 abril a 2 maio     Rali Terras d’Aboboreira (terra)               Clube Automóvel de Amarante

20 a 23 maio      Vodafone Rally de Portugal (terra)           Automóvel Club de Portugal

11 a 13 junho       Rali de Castelo Branco (asfalto)                Escuderia de C. Branco

9 a 11 julho       Rali de Mortágua (terra)                           Clube Automóvel do Centro

5 a 7 agosto      Rali Vinho da Madeira (asfalto)                Club Sports da Madeira

3 a 5 setembro      Rali Alto Tâmega (asfalto)                        Clube Aventura do Minho

23 a 25 setembro     Rali Serras de Fafe e Felgueiras (terra)     Demoporto – CDMP

8 a 10 outubro     Rali Vidreiro Centro de Portugal (asfalto) C. Automóvel da Marinha Grande

Nota: * o presente calendário está dependente de eventuais alterações decorrentes da evolução da pandemia de COVID-19 

 

Artigo anterior

André Villas-Boas e a Race for Good estão de volta aos ralis

Artigo seguinte

PRK Sport Rally Team realiza "Shakedown" da temporada no Rali de Vieira do Minho

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.