NoticiasComunicados de Imprensa

Emoji + Blusão + Tecnologia = #ShareTheRoad

A Ford concebeu o protótipo de um blusão dotado de emojis com vista a melhorar a comunicação entre ciclistas e condutores

Com os governos cada vez mais empenhados em promover o ar limpo nas cidades, nunca foi tão fácil andar de bicicleta no dia-a-dia, existindo também inúmeras opções de partilha de bicicletas (bike-sharing). Em toda a Europa, milhões de pessoas estão a optar utilizar a bicicleta para ir trabalhar, praticar desporto ou apenas por prazer.

Mas a comunicação entre condutores e ciclistas pode ser difícil, com estes últimos a terem que tirar as mãos do guiador para indicar mudanças na direção ou expressar agradecimentos. Segundo os dados apurados pela Comissão de Segurança Rodoviária da União Europeia, anualmente morrem cerca de 2.000 ciclistas nas estradas da Europa.

Agora, no âmbito da sua campanha “Share The Road”, a Ford encomendou um protótipo para um Blulsão Emoji. Esta criação única, que não está disponível para aquisição, foi projetada para demonstrar como é possível reduzir a tensão nas estradas, permitindo que os ciclistas mostrem, com mais facilidade e clareza, aos condutores quais são as suas intenções e qual o seu estado de espírito perante as condições na estrada.

O Blusão Emoji

Desde a sua criação há mais de 20 anos, os emojis têm sido classificados como a primeira língua nascida do mundo digital e, de acordo com o primeiro “Emoji Trend Report” a maioria das pessoas sente-se mais confortável em expressar as suas emoções através de emojis do que através de um telefonema.

O blusão possui um painel com LED, onde podem ser apresentados:
Um de três emojis 🙂 😐 🙁
Setas ⬅️ ➡️
Sinal de perigo ⚠️

O ciclista ativa qualquer um dos emoji, as setas indicadoras e o sinal de perigo através de um controlo remoto, sem fios (wireless), montado no guiador da bicicleta.

Discurso directo

“Actualmente, vivemos – e conduzimos – num mundo em que a comunicação é crucial. Mas entre condutores e ciclistas, muitas vezes isso resume-se ao som de uma buzina ou a um gesto mais rude. Geralmente, os ciclistas têm que tirar uma mão do guiador para comunicar. O Blusão Emoji utiliza um meio de comunicação de compreensão universal para mostrar uma forma de aliviar as tensões na estrada, permitindo que todos saibamos ‘Partilhar a Estraa’.”

Emmanuel Lubrani – Programa “Share The Road”, Ford Europa

“Os Emojis tornaram-se parte fundamental da nossa linguagem. Seja para transmitir expressões faciais, humor ou sarcasmo, são parte integrante da nossa capacidade de expressão e de uma forma muito rápida. Criado em parceria com a iniciativa “Share the Road” da Ford, este blusão permite aos ciclistas expressar os seus sentimentos e cria um importante elo emocional entre eles e os demais utilizadores da estrda.”

Dr. Neil Cohn, PhD – Professor assistente do Departamento de Comunicação e Conhecimento da Universidade de Tilburg University, Holanda

Share the Road

A campanha “Share The Road” da Ford busca promover a harmonia entre os utilizadores da estrada e reforça a convicção da companhia de que permitir que mais pessoas pedalem em segurança, especialmente em deslocações curtas, é algo que é benéfico para todos.

A companhia desenvolveu uma experiência de realidade virtual, entretanto premiada, para que automobilistas e ciclistas possam entender melhor os desafios de cada um durante as suas deslocações. O “WheelSwap” permite que condutores e ciclistas percebam como conduzir e pedalar sem consciência pode ser, no mínimo, uma experiência arrepiante e potencialmente fatal para os seus parceiros, utilizadores da estrada. Estudos iniciais demonstram que, após passarem pela experiência, quase todos os participantes afirmaram que iriam mudar os seus comportamentos.

Artigo anterior

Abarth 595 eleito “Best Car”

Artigo seguinte

A Nissan fornece 300 furgões e-NV200 100% elétricos à DPD

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.