Noticias

Citroen C1 e Peugeot 108 abandonam as linhas de produção!

O Grupo PSA decidiu interromper a produção do Citroen C1 e do Peugeot 108.

De acordo com a agência Reuters a PSA pretende retirar-se deste segmento “pouco lucrativo”, antes de concluir a fusão com a FCA.

O mercado começa a rever investimentos nos automóveis com motorizações térmicas, uma vez que as normas ao nível dos gases poluentes são cada vez mais exigentes e encarecem os custos de produção, devido a sistemas de filtragem de gases de escape. O encarecimento da produção pode colocar termo à comercialização de veículos com menores margens.

“A PSA está a abandonar a fábrica da republica Checa, mas também o segmento A nos moldes em que hoje o conhecemos, uma vez que este segmento torna-se cada vez menos rentável para os fabricantes.” afirmou um membro da Reuters.

A PSA ainda não comentou a interrupção da produção destes modelos, mas afirmou estar à procura de produtos que preenchiam melhor as expectativas dos clientes neste segmento, ao mesmo tempo que tentam cumprir as exigentes normas de emissões.

“Uma reflexão que resultará em ideias novas e disruptivas”, afirmou um representante da marca francesa.

A fusão com a FCA vai aumentar as opções da PSA e podem surgir alternativas, principalmente quando pensamos que o Novo FIAT 500 se apresenta totalmente elétrico.

“Os projetos atuais podem ser substituídos por novos viabilizados pela fusão com a FCA”. “A fusão está a mudar todas as cartas, especialmente quando pensamos que o segmento A, desde os primeiros 500 até ao Panda, é inseparável da história da Fiat.”

A fusão entre os dois grupos estará concluída no primeiro quadrimestre de 2021 e chamar-se-á Stellantis.

Artigo anterior

Nissan Z surge num encontro de entusiastas em Tóquio!

Artigo seguinte

Novo Honda Jazz e:HEV é um dos sete finalistas do AUTOBEST 2021

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.