EnsaiosNoticias

Alfa Romeo Giulia Black Tech 2.2 JTDM: Guiar com um sorriso no rosto!

Para um verdadeiro petrolhead, o que mais interessa num automóvel é a felicidade que ele nos proporciona quando o guiamos. Por mais que se guie o Alfa Romeo Giulia, independentemente da sua motorização, é impossível não o guiar sem estar a sorrir, ou não estaríamos ao volante de um dos automóveis mais distintos e emocionais da actualidade.

O Alfa Romeo Giulia já tem 3 anos, mas não é por isso que deixa de dar nas vistas, uma vez que se torna o centro das atenções por onde quer que passe. Podemos dizer que esta versão “Black Tech” rima com “dar nas vistas”, uma vez que reúne uma série de elementos que nos ajudam a não passar despercebidos.

Estes pormenores pretos específicos desta versão Black Tech, contrastam com as cores mais claras ou vivas, dando maior ênfase aos detalhes e designações do Alfa Romeo Giulia.

No exterior, esta versão Black Tech oferece ao Alfa Romeo Giulia jantes escuras de 19 polegadas, moldura preta brilhante na grelha, capas dos retrovisores a preto e designações do modelo na tampa da bagageira também com acabamento preto.

O design continua a não se deixar intimidar pelos anos. O Alfa Romeo Giulia vence pelo seu aspecto mais rebelde e desportivo face à concorrência. Temos um automóvel baixo e largo, de capô longo e traseira curta… Haverá melhor silhueta para uma Berlina com traços de desportivo?

Transporta no seu design o ADN de uma marca com longa história no automobilismo, por isso, podemos dizer que cada passagem do Alfa Romeo Giulia é um pedaço de história.

Numa altura em que o mundo automóvel está cada vez mais “eléctrico”, monótono e tecnológico, o Alfa Romeo Giulia consegue ser distinto, não só em termos de design, mas em termos de uma experiência sem igual.

O acesso ao interior do Alfa Romeo Giula não é difícil aos lugares dianteiros, mas não é o melhor no que toca aos lugares traseiros, cujo espaço de entrada não e o mais amplo. Uma vez sentados, o espaço a bordo para ombros e cabeça satisfaz, mas o espaço para as pernas dos lugares traseiros, pode tornar-se “curto” para passageiros de maior estatura. O apoio lombar e de pernas está garantido em todos os lugares. A bagageira tem 480 Litros.

No lugar do condutor, encontramos um design focado na tarefa da condução, que proporciona uma sintonia homem-máquina quase rara nos dias de hoje, onde tudo é agradável, desde o toque dos materais, até à pega dos principais comandos como o punho da caixa, o volante, as patilhas ou mesmo a sensação de toque aos pedais. É neste lugar que não queremos saber de mais nada do que passa à nossa volta, é nesta altura que nos apetece simplesmente guiar com um sorriso no rosto.

Apesar de distinto e emocional, o Alfa Romeo Giulia não desilude quem quer um automóvel requintado e com qualidade, uma vez que temos materiais agradáveis ao toque em esponja, couro tecido e madeira, adornados com pespontos que acentuam o requinte a bordo. O painel de instrumentos preserva a forma arredondada que cobre os ponteiros analógicos. O tablier é dinâmico, através da adopção de linhas fluídas que descem do posto de condução até ao lugar do passageiro.

No que toca ao equipamento há cruise-control e limitador de velocidade, ar-condicionado automático de dupla-zona com saídas para os lugares traseiros, câmara de ajuda ao estacionamento traseiro, sensores de chuva e luminosidade, modos de condução, chaves mãos-livres, retrovisores com recolhe eléctrica, assento do condutor com regulação eléctrica, patilhas no volante para troca de caixa, Alfa DNA com modos de condução, sistema de navegação e multimédia em ecrã de 8,8 polegadas e painel de instrumentos com computador de bordo TFT de 7 polegadas, travão automático de estacionamento, entre outros.

O sistema de navegação e multimédia da Alfa Romeo é algo “monocromático”, mas é intuitivo q.b, tem boa apresentação, boa imagem e é completo. O botão rotativo ajuda-nos a não desviar o olhar da estrada e o Android Auto e Apple CarPlay ajudam-nos a ter algumas aplicações importantes no sistema de navegação e multimédia.

O painel de instrumentos tem um computador de bordo completo e com boa imagem, que nos apresenta as informações das viagens, navegação, multimédia, sistemas de segurança, consumos e ainda uma aplicação que nos diz como está a nossa condução do ponto de vista da poupança de combustível.

Independentemente das tecnologias, do espaço ou do conforto, o Alfa Romeo Giulia oferece um prazer de condução que o torna diferente dos outros automóveis, que estão cada vez mais “sem identidade”, estando os modelos cada vez mais semelhantes, independentemente das marcas.

Não querendo ser tendencioso, não acredito que um petrolhead seja capaz de conduzir um Alfa Romeo Giulia sem trazer um sorriso no rosto, uma vez que é um automóvel capaz de transmitir prazer de condução independentemente da velocidade. A direcção é provavelmente a mais directa e comunicativa do mercado, tornando-se a que nos proporciona o melhor feedback da estrada. O chassi não fica atrás, uma vez que tem uma rigidez de excelência, capaz de proporcionar confiança ao condutor. Estes dois elementos, fazem-nos saber que quando apontamos o volante para uma curva, o Alfa Romeo Giulia vai fazê-la de uma forma inacreditavelmente precisa, como se de um Fórmula se tratasse se tratasse. A travagem é incansável, as suspensões independentes Alfa Link são bem afinadas e capazes de proporcionar conforto aos ocupantes, não prejudicando a dinâmica de excelência.

Debaixo do capô da versão ensaiada está o novo motor 2.2 JTDM de 4 cilindros diesel com 190cv de potência às 3500rpm e 450Nm de binário às 1750rpm. Um motor capaz de proporcionar andamentos vivos ao Alfa Romeo Giulia que se traduzem numa aceleração dos 0 aos 100km/h em cerca de 6,9 segundos e uma velocidade máxima de 230km/h. No nosso ensaio realizámos um consumo misto de 7,2 Litros a cada 100km.

Já a caixa automática ZF de 8 velocidades é rápida no modo automático e sequencial. Contudo, não nos deixa perder a percepção da troca de caixa, proporcionando trocas mais evidentes no modo Dynamic e mais suaves nos modos “Normal e All Weather”. As patilhas atrás do volante são fixas como nos automóveis de corrida e o facto de terem dimensões generosas aumenta a envolvência na condução, quando nos empenhamos num andamento mais vivo.

Para adequar o Alfa Romeo Giulia ao nosso estado de espírito temos 3 modos de condução. O modo All-Weather, em contamos com os sistemas de ajuda à condução em modo de “alerta” de forma a conseguirmos circular com maior segurança num piso mais escorregadio. Também o acelerador fica mais lento, para evitar reacções bruscas. No modo “Dynamic” extraímos o melhor do que o Giulia tem para oferecer, coloca a direcção mais comunicativa e com um melhor feedback, o acelerador por sua vez torna-se mais sensível e a caixa torna-se mais rápida. No modo “normal” o automóvel reúne as condições ideais para uma utilização quotidiana, a potência está ao serviço do pé direito de uma forma menos brusca que no modo sport e a direcção apesar de comunicativa não se sente tão firme.

Chegando ao campo da segurança o Alfa Romeo Giulia Black Tech tem aviso de colisão frontal, travagem activa de emergência, cruise control adaptativo com função de paragem, monitorização de pressão dos pneus, reconhecimento de sinais de trânsito, retrovisor interior com escurecimento automático, aviso de transposição involuntária de faixa, entre outros.

Nos testes Euro NCAP o Alfa Romeo Giulia obteve as 5 estrelas, com 98% na protecção dos adultos, 81% na protecção das crianças, 69% na protecção dos peões e 60% nas ajudas à condução.

O Alfa Romeo Giulia Black Tech com o motor 2.2 JTDM de 190cv, está disponível a partir dos 51.817,00€. A versão ensaiada tem o custo de 52.416,00€.

  • Vidros traseiros escurecidos
  • Pneus RUNFLAT
  • Comando sequencial da caixa de velocidades AT8
  • Sistema de travagem sobredimensionado
  • Pinças dos travões Brembo em vermelho
  • Jantes em liga leve de 19″ Dark Veloce Design
  • Pintura Metalizada -Cinzento Silverstone
  • Pack Climate Upgrade (AQS Air Quality System, porta luvas refrigerado, para-brisas atérmico, saídas de ar traseiras, porta USB para bancos traseiros, porta USB adicional)
  • Pack Convenience (puxadores exteriores das portas iluminados, Keyless Entry, compartimento de arrumação no banco do condutor, espelho de cortesia do condutor iluminado)
  • Pack Connected Nav (Sistema multimédia Connect 3D Nav 8,8″, Uconnect Link – Sistema Mirroring Apple CarPlay & Android Auto)
  • Pack Driver Assistance Plus (câmara de estacionamento traseira, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, retrovisor interno electrocromático, retrovisores exteriores electrocromáticos,
  • Auto High Beam – regulação automática de máximos, assistente de ângulo morto)
Artigo anterior

Alpina B7: Performance em primeira classe!

Artigo seguinte

Ferrari mantém produção abaixo da procura!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.