NoticiasComunicados de Imprensa

A próxima geração do Nissan Qashqai estreia dois novos motores

Dois novos motores marcam presença no novíssimo Qashqai, incluindo um mild-hybrid de 12V e a estreia europeia da tecnologia Nissan e-POWER.

Refinamento, eficiência e as emoções da condução de um automóvel elétrico, combinam-se com o crossover pioneiro graças ao inovador Nissan e-POWER.

A próxima geração do Nissan Qashqai oferece uma combinação irrepreensível de desempenho dinâmico, suspensão refinada e grupos motopropulsores eficientes.

Apoiando o objetivo da Nissan de alcançar 50% de vendas eletrificadas na Europa até ao  ano fiscal de 2023, o novo Nissan Qashqai não só estará disponível com um motor 1.3 DiG-T a gasolina equipado com tecnologia mild-hybrid, como também marcará a estreia europeia do inovador e premiado grupo motopropulsor Nissan e-POWER, que tira partido das tecnologias desenvolvidas no automóvel elétrico também pioneiro, o Nissan LEAF.

O sistema e-POWER do novo Qashqai foi especialmente desenvolvido para o modelo de modo a satisfazer as rigorosas exigências dos condutores europeus**. O Qashqai com sistema de propulsão e-POWER não só oferece um elevado nível de eficiência de combustível e emissões de CO2 reduzidas, mas também uma aceleração forte e reativa.

Com variantes 2WD e 4WD, transmissão manual de 6 velocidades ou a nova Xtronic CVT e a alternativa da condução entusiasmante de um motor elétrico, graças ao e-POWER, as opções de grupos motopropulsores do novíssimo Qashqai respondem aos requisitos de todos os clientes, com o prazer de condução no centro de todas as configurações.

«Os clientes exigem, e com todo o direito, automóveis mais eficientes, mas pretendem também uma experiência de condução agradável. Os automóveis elétricos oferecem a maior satisfação em termos de sensações de condução e os clientes adoram o binário instantâneo e a aceleração contínua que proporcionam. Ao adotar a transmissão de motor 100% elétrico com e-POWER no novo Qashqai, os clientes podem disfrutar dos benefícios da condução de um automóvel elétrico sem se preocuparem com a autonomia ou o acesso a uma estrutura de carregamento», afirmou Marco Fioravanti, Vice-presidente, Planeamento de Produto na Nissan Automotive Europe.

1.3 DiG-T a gasolina com sistema mild-hybrid
O sistema mild-hybrid ALiS (Advanced Lithium-ion battery System – Sistema Avançado de bateria de iões de Lítio) de 12V disponível no novo Qashqai é uma tecnologia híbrida mais acessível que proporciona assistência ao binário, uma paragem ao ralenti alargada, reinício rápido e desaceleração assistida [apenas CVT], com melhorias na economia de combustível e nas emissões de CO2 (-4g/km).

O impacto positivo da gestão de energia do mild-hybrid em termos de CO2 é competitiva e o motor de 1.3 litros proporciona mais potência e binário do que os principais concorrentes, tornando as versões com motor a gasolina uma oferta irresistível. O sistema mild-hybrid ALiS adiciona apenas 22kg ao peso total do automóvel.

Durante a desaceleração, a energia é recuperada através da regeneração e armazenada na bateria de iões de lítio. Esta energia carregada é, posteriormente, utilizada durante a paragem ao ralenti, desaceleração assistida (apenas versões com CVT) e apoio ao binário.

Quando o Qashqai circular a velocidade de cruzeiro até parar, a velocidades inferiores a 18km/h e com o “travão acionado”, o motor irá desligar-se e a energia armazenada é utilizada para alimentar o equipamento elétrico do automóvel. Como resultado, isto permite prolongar a paragem do motor e diminuir o consumo de combustível.

Ao acelerar (entre 20km/h e 110km/h), a energia da bateria de iões de lítio permite a assistência do motor com 6Nm de binário adicionais durante, no máximo, 20 segundos. Tal ajuda permite reduzir o esforço do motor e melhora a economia de combustível.

O ALiS é associado ao refinado e conceituado motor 1.3 DiG-T a gasolina, introduzido no Qashqai em 2018. Este motor foi melhorado para o novo Qashqai com 50 componentes recentemente concebidos e em total conformidade com a norma Euro 6-d.

O turbocompressor inclui agora uma válvula de escape de controlo elétrico para uma resposta mais rápida; os bocais novos melhoram a eficiência do injetor em posição central; a fricção reduzida em vários componentes melhora o desempenho em emissões de CO2 e o filtro de partículas de gasolina inclui um novo substrato e catalisador.

O motor a gasolina de 1.3 litros ALiS de 12V será disponibilizado com duas potências – 140CV e 160CV – com transmissão manual de 6 velocidades ou a nova caixa de velocidades Xtronic CVT (apenas na versão de 160CV). A potência máxima do motor é atingida às 5.500rpm, com o binário disponível máximo de 270Nm a umas convenientes 1.750rpm,  nas variantes de elevada potência – 160CV – com caixa CVT e caixa manual.

Nas versões manuais, a caixa de velocidades foi melhorada para um engrenamento mais rápido e direto, contribuindo para uma sensação de condução mais dinâmica. A transmissão Xtronic CVT de nova geração proporciona melhor economia de combustível e aceleração graças às melhorias, incluindo um sistema de bomba de óleo dupla com uma nova bomba de óleo elétrica. A CVT do novo Qashqai oferece o melhor dos dois mundos, proporcionando uma condução perfeita na cidade e durante a aceleração ligeira, combinada com um comportamento “D-step” semelhante à caixa DCT de ligação direta, aquando de fortes acelerações.

A tração às rodas dianteiras está disponível nas versões de 140CV e 160CV, enquanto as versões 4WD apenas estão disponíveis com caixa CVT e motor de 160CV. O novo sistema de controlo 4WD e modo de seleção de condução é intuitivo e inteligente, adaptando-se às condições externas com cinco modelos de condução: Standard, ECO, Sport, Snow e Off-Road. Em caso de qualquer deslizamento das rodas, o tempo de reação do sistema 4WD foi reduzido num fator de cinco, para cerca de 0,2 segundos.

Nissan Qashqai e-POWER**
O novo Qashqai representa a primeira implementação na Europa do inovador sistema de transmissão e-POWER da Nissan. Exclusivo da marca e um componente fundamental na estratégia de Mobilidade Inteligente da empresa, o sistema e-POWER é uma abordagem única à eletrificação, tornando a condução diária empolgante.

O novo sistema e-POWER do Qashqai é uma evolução do já comercializado no Japão. Composto por uma bateria de elevado rendimento e um grupo motopropulsor elétrico de 140kW – com tamanho e potência similares aos de automóveis elétricos da Nissan – está integrado com um motor a gasolina de 157CV com taxa de compressão variável, um gerador de energia e um inversor. É uma solução única que combina aceleração linear simples e agradável, característica de um automóvel elétrico, mas sem a necessidade de carregamento exterior.

Para responder às exigências típicas dos consumidores europeus e respetiva condução diária, o e-POWER do novo Qashqai foi significativamente melhorado. Enquanto a sua aplicação no Nissan Note – o automóvel mais vendido no Japão nos últimos anos – é com um motor a gasolina de 1.2 litros que carrega a unidade da bateria e uma potência final de 108CV, para a Europa é utilizado um motor a gasolina de 1.5 litros, com uma potência final de 140kW (190CV).

O elemento único do e-Power é o facto de o motor a gasolina ser utilizado apenas para gerar eletricidade, enquanto as rodas são exclusivamente acionadas pelo motor elétrico. Tal permite que o motor a gasolina funcione sempre com autonomia ideal, resultando em eficiência de combustível superior e emissões de CO2 mais baixas em comparação com um motor de combustão interna tradicional.

«O sistema e-POWER oferece a melhor tecnologia de transição entre motores de combustão interna e automóveis elétricos, permitindo que os utilizadores desfrutem das entusiasmantes sensações de condução de um automóvel elétrico e de eficiência impressionante, a um preço acessível. Aguardamos com expectativa que os clientes possam sentir a emoção do desempenho de condução elétrica superior do novo Qashqai, a expressão perfeita da Mobilidade Inteligente da Nissan», disse David Moss, Vice-presidente Sénior de Investigação e Desenvolvimento da Região de África, Médio Oriente, Índia, Europa e Oceânia (AMIEO).

Graças à pura condução através do motor elétrico, não existe qualquer atraso na resposta, ao contrário do que acontece com um motor de combustão interna ou híbrido tradicional. A resposta instantânea de um automóvel elétrico proporciona uma entusiasmante sensação de binário elevado e o melhor nível de aceleração a diferentes velocidades, para tornar as ultrapassagens e as manobras mais fáceis e mais seguras.

A motorização e-POWER do novo Qashqai possui três modos de condução: Standard, Sport e Eco. No modo Standard, o automóvel produz aceleração excelente e a regeneração é melhorada para simular a travagem do motor de um automóvel a gasolina convencional. No modo Sport, o automóvel melhora ainda mais a resposta de aceleração com tempos de desativação do motor reduzidos, principalmente em cenários de condução desportiva. Em Eco, o automóvel entra em modo de poupança de combustível otimizando a gestão da bateria e permitindo que o condutor selecione um modelo de velocidade de cruzeiro para condução económica em autoestrada. Em todos os modos, é possível selecionar um modo B adicional que aumenta a recuperação de energia na travagem, permitindo abrandar o automóvel de forma mais eficiente sem utilizar o pedal do travão.

O novo Qashqai com e-POWER não só acelera mais rapidamente do que os rivais híbridos, como também o faz com menor rotação do motor. O sistema funciona de forma muito silenciosa, tal como um automóvel totalmente elétrico, e está aperfeiçoado para o melhor nível de silêncio e uma sensação de ligação à estrada ao acelerar, graças a uma maior concentração na manutenção da relação entre a rotação do motor e a velocidade.

À semelhança do Nissan LEAF, o novo Qashqai e-POWER beneficia de uma experiência de condução com apenas “um pedal”, o conhecido modo e-Pedal do pioneiro dos automóveis elétricos. Os condutores podem arrancar, acelerar e desacelerar apenas com o pedal do acelerador, suportando até 90% dos cenários de condução.

Em condições de condução urbana pára-arranca, o modo e-Pedal reduz significativamente a necessidade de deslocar o pé de um pedal para o outro, proporcionando até 0,2G de desaceleração ao soltar o acelerador, tornando a condução mais simples e mais relaxante. De modo a otimizar o e-Pedal para manobras de estacionamento, foi adicionado uma função de “embraiagem” e o pedal do travão tem de ser utilizado para parar o automóvel. Em estradas sinuosas, o e-Pedal proporciona uma condução mais cativante e, ao mesmo tempo, reduz a necessidade de pressionar o travão nas curvas.

Os condutores podem monitorizar o fluxo de energia do e-POWER no visor TFT de 12 polegadas para verificar o estado do sistema.

O sistema e-POWER da Nissan foi introduzido nos modelos Note e Serena no Japão. Um sucesso imediato em termos de popularidade junto dos clientes, com mais de 70% das vendas do Note e quase metade das vendas do Serena no país a serem versões e-POWER. De facto, o SUV compacto Nissan Kicks equipado com e-POWER, recentemente lançado, acaba de receber o prémio de Tecnologia do Ano 2021 atribuído pela Associação de Investigadores e Jornalistas Automóveis do Japão.

«Desde 2007, quando inventou o segmento, o novo Qashqai sempre foi o padrão no segmento dos crossovers. Com o Qashqai de terceira geração, os clientes atuais e novos vão adorar as inovadoras opções de grupo motopropulsor ao seu dispor. A nossa oferta é simples e inovadora, sendo ambas as opções de grupo motopropulsor eficientes, mas mantendo a condução divertida. A nossa abordagem ao novo Qashqai eletrificado não admite cedências e isso é claramente evidente no 1.3 a gasolina, com tecnologia mild-hybrid e na exclusiva opção e-Power», afirmou Matthew Wright, Vice-presidente de Design e Desenvolvimento de Grupos Motopropulsores no Nissan Technical Centre Europe.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS*

1.3 a gasolina (HR13)
12V ALiS Mild Hybrid

e-POWER
(1.5 a gasolina MR15)

6MT

6MT

CVT

140 CV 2WD

160 CV 2WD

160 CV
2WD/4WD

e-POWER

Potência

CV (kW)

140 (103)

160 (117)

190 (140)

Binário

Nm

240

260

270

330

Tração

2WD

2WD

2WD/4WD

2WD

Comprimento total

mm

4425

4425

NOTAS PARA OS EDITORES
*   Estimativa, aguarda valores homologados finais.
** As vendas do novo Nissan Qashqai equipado com motorização e-POWER terão início em 2022.

Artigo anterior

O treino embaciou o vidro do carro?

Artigo seguinte

A “Nouvelle Vague” da Renault

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.