Noticias

Porsche 911 Speedster a caminho do salão de Nova Iorque?

A Porsche tem marcada uma conferência de imprensa para o salão automóvel de Nova Iorque e o objectivo é apresentar uma versão especial.

Todos estavam à espera que surgisse o novo Porsche Cayenne Coupe. Contudo, houve um membro da Porsche que revelou que o modelo esperado não estaria em exibição no salão de Nova Iorque, em vez disso vai haver outra estreia no dia 17 de Abril (quarta-feira).

A Porsche recusou-se a falar do misterioso modelo, mas a imprensa internacional recebeu uma mensagem de um cliente do Porsche 911 Speedster com um convite enviado ao mesmo de um evento de caridade da Porsche relacionado com o modelo, no dia 18 de Abril.

O modelo será uma espécie de “última lufada de ar fresco” do Porsche 991, uma vez que as especulações afirmam que este será a última versão da actual geração. A marca alemã de Estugarda não revelou muito acerca do novo modelo, mas pode partilhar vários componentes com o Porsche 911 Carrera 4 Cabrio e Porsche 911 GT3.

Alguns destaques incluem pára-brisas mais curto e interior mais luxuoso que homenageia o Porsche 356 1500 Speedster. O modelo também pode ter farolins que se conectam por uma luz LED.

O protótipo do Porsche 911 Speedster tinha um motor de seis cilindros com cerca de 490cv. O protótipo sugere assim que o modelo de produção utilizará uma versão actualizada do motor do Porsche 911 GT3 que debita 493cv e 460Nm de binário. Ainda não se sabe se a receita do Porsche 911 Speedster será ou não melhor que a do Porsche 911 GT3 RS que tem 510cv de potência e 470Nm de binário.

Independentemente dos números finais, a Porsche já confirmou que a produção terá inicio ainda no primeiro semestre deste ano e que será limitada às 1948 unidades.

Artigo anterior

KIA apoia a Orquestra Filarmónica Portuguesa!

Artigo seguinte

Voitures Extravert: O futuro dos clássicos eléctricos?

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.