NoticiasComunicados de Imprensa

Novo Mercedes-Benz EQA

EQA é o nome do novo modelo de entrada na gama de modelos totalmente elétricos da marca Mercedes-EQ. A aparência elétrica do seu design é um indicador do Luxo Progressivo da marca Mercedes-EQ. Os assistentes inteligentes apoiam o condutor em vários domínios, por exemplo, no que diz respeito à prevenção de acidentes, à estratégia de funcionamento preditiva e à navegação com função a Electric Intelligence. Adicionalmente, o modelo inclui vários equipamentos de grande qualidade da Mercedes-Benz, como o sistema ENERGIZING Comfort e o MBUX (Mercedes-Benz User Experience). O EQA é um membro da bem-sucedida família de modelos compactos da Mercedes-Benz. Com uma estreita relação com o GLA, fornece todas as características emocionantes daquele modelo, combinadas neste caso com uma eficiente cadeia cinemática elétrica. O novo EQA é fabricado em Rastatt (Alemanha) e em Beijing (China). Os sistemas de bateria do EQA são fornecidos pela Accumotive sedeada na localidade de Kamenz, uma subsidiária da Mercedes-Benz. A fábrica de baterias em Jawor na Polónia também está a preparar-se para produzir sistemas de bateria para os modelos compactos da Mercedes-EQ. A partir da primavera de 2021, o SUV elétrico estará disponível nos concessionários Europeus.

A versão de lançamento do modelo é o EQA 250 com uma potência de 190 cv (140kW) e uma autonomia de até 426 quilómetros de acordo com o ciclo de teste WLTP. A bateria de iões de lítio de duplo deck, que se encontra instalada num elemento estrutural na secção inferior do chassis do veículo, tem uma capacidade de armazenamento de energia de 66.5 kWh. De modo a cumprir os exigentes padrões de qualidade de conforto no que diz respeito a ruído e vibração, características amplamente reconhecidas da marca, foram adotadas medidas complexas para isolar a cadeia cinemática do chassis e da carroçaria. Várias medidas de isolamento reforçam este efeito.

A aparência elétrica do design é um indicador do Luxo Progressivo

O EQA está equipado com a grelha do radiador “painel preto” com estrela central, que é uma referência da marca Mercedes-EQ. Outro elemento de design distintivo do mundo dos modelos elétricos da Mercedes-EQ é a contínua faixa de luz nas secções dianteira e traseira. Uma faixa horizontal de fibra ótica liga as luzes diurnas dos faróis full-LED, assegurando um elevado nível de perceção quer durante o dia, quer durante a noite. A qualidade, o detalhe e a precisão do acabamento do interior dos faróis é de elevada qualidade. Os destaques na cor azul nos faróis reforçam a aparência da assinatura Mercedes-EQ. Os farolins traseiros LED estão continuamente unidos através de uma faixa de luz LED, reforçando desta forma a impressão de largura da secção traseira do EQA. A placa de matrícula também foi deslocada para o para-choques. As jantes de liga leve de duas ou três cores são exclusivas neste modelo, estando disponíveis com dimensões de até 20 polegadas, em algumas versões com revestimento na cor ouro rosado ou azul.

Em função da linha de design e de equipamento, uma indicação do carácter elétrico no interior do EQA é o novo elemento de revestimento retroliluminado e o revestimento na cor ouro rosado nas saídas de ventilação, nos bancos e na chave do veículo. O modelo de edição especial Edition 1 inclui adicionalmente bancos em pele perfurada, através da qual pode ser observado um tecido azul. O painel de instrumentos, com os seus ecrãs específicos de um modelo elétrico, apresenta o mesmo esquema de cores com destaques na cor ouro rosado e azul.

A posição dos bancos é elevada e vertical, como é habitual num modelo SUV, e desta forma permite não só um maior conforto durante a entrada e a saída do modelo como também uma boa visibilidade geral para o exterior do veículo. A utilidade prática foi uma das características que mereceu maior destaque durante o desenvolvimento. O encosto do banco traseiro pode ser rebatido na proporção de 40:20:40.

A eficiência é um fator fundamental, desde a aerodinâmica até à navegação com função Electric Intelligence

Com um coeficiente aerodinâmico Cd de 0.28, o EQA atinge um excelente resultado. A secção frontal A é de 2.47 m2. Entre as medidas aerodinâmicas mais importantes destacam-se o sistema de controlo do ar de arrefecimento totalmente fechado na secção superior, os para-choques dianteiro e traseiro aerodinamicamente eficientes, uma secção inferior do chassis extremamente regular e praticamente fechada, as jantes Aero especialmente otimizadas e os guarda-lamas das rodas dianteiras e traseiras especificamente adaptados.

A bomba de calor equipada de série, está integrada no sofisticado sistema de gestão térmica. Com os seus inúmeros detalhes inovadores, como a reutilização do calor residual da cadeia cinemática elétrica, o sistema está configurado para uma excelente eficiência e para a máxima autonomia. É também possível programar o controlo da pré-climatização do interior do EQA antes do início de cada viagem. Esta função é controlada diretamente a partir do sistema de informação e de entretenimento MBUX ou através da Mercedes me App.

A contribuir para a facilidade geral de utilização do EQA no dia-a-dia está a navegação com função Electric Intelligence (um equipamento de série). O sistema calcula o percurso mais rápido até ao destino. Com base em simulações contínuas da distância, o sistema considera quaisquer paragens para carregamento bem como vários outros fatores, como a topografia do percurso e a meteorologia. O sistema também pode reagir dinamicamente às mudanças como, por exemplo, das condições do trânsito ou do estilo de condução do condutor.

Com o Mercedes me Charge, os clientes têm acesso à maior rede de postos de carregamento do mundo: esta é constituída atualmente por mais de 450,000 postos de carregamento AC e DC em 31 países. O Mercedes me Charge permite que os clientes da Mercedes-EQ utilizem comodamente os postos de carregamento dos vários operadores e beneficiem de uma função integrada de pagamento com simples processos de faturação. O Mercedes me charge está integrado na rede nacional MOBI.E.

Através de certificados de origem de elevada qualidade, a Mercedes-Benz garante que a corrente de carregamento fornecida pelo Mercedes me Charge é obtida através de energia de fontes renováveis. O Mercedes me Charge permite que os clientes carreguem os seus veículos em mais de 175,000 postos de carregamento públicos na Europa; a Mercedes-Benz assegura uma subsequente compensação com a energia de fontes renováveis.

Dados técnicos[1]:

  EQA 250
Transmissão Dianteira
Motor elétrico no eixo dianteiroModeloMotor assíncrono
Potência máximaCv (kW)190 (140)
Binário máximoNm375
Aceleração 0-100 km/hs8,9
Velocidade máxima[2]km/h160
Capacidade útil da bateriakWh66,5
Consumo elétrico em ciclo combinado (WLTP)[3]kWh/100 km19,1 – 17,7
Tempo de carregamento[4] na wallbox ou em postos de carregamento públicos (carregamento AC)h5:45
Tempo de carregamento[5] num posto de carregamento rápido (DC)min30

Sistemas inteligentes de assistência à condução com apoio cooperativo do condutor, com excecional proteção contra colisões:

De série estão incluídos o assistente ativo de faixa de rodagem e o Assistente ativo de travagem. Em várias situações, a finalidade deste último consiste em prevenir uma colisão através da travagem autónoma, ou em atenuar as consequências de uma colisão. O sistema também poderá travar perante veículos parados ou pedestres a atravessar a estrada, a uma velocidade normal de condução em cidade. As funções aperfeiçoadas do Pack de Assistência à Condução incluem, por exemplo, a função de manobra de desvio, a função de corredor de emergência, a função de aviso de saída que alerta o condutor sobre ciclistas ou veículos em aproximação e ainda um aviso quando são detetados pedestres na proximidade de passadeiras.

O EQA também é um autêntico Mercedes no que diz respeito a segurança passiva. Tendo por base a robusta estrutura do GLA, a carroçaria do EQA foi adaptada para cumprir os requisitos particulares de um modelo elétrico. A bateria está instalada numa estrutura construída através de um processo de extrusão. Esta assume uma função estrutural que até agora era desempenhada pelas travessas na secção inferior do piso. Uma proteção da bateria na secção dianteira da mesma consegue evitar que a unidade de armazenamento da bateria seja perfurada por objetos estranhos. Naturalmente, o EQA também teve de ser sujeito ao habitual e extenso programa de testes de colisão da marca. Os exigentes requisitos relativamente à bateria e a todos os componentes portadores de corrente elétrica também se aplicam.

Elevado nível de equipamento, painel de instrumentos com ecrãs específicos da marca Mercedes-EQ

O sistema de informação e de entretenimento de operação intuitiva MBUX (Mercedes-Benz User Experience) é um equipamento de série. O MBUX pode ser configurado individualmente com a ajuda de várias opções. O poderoso processador, os ecrãs e os gráficos brilhantes, a apresentação personalizável, o display head-up a cores (equipamento opcional), o sistema de navegação com realidade aumentada (equipamento opcional), o software de aprendizagem e o controlo por voz ativado com a instrução” Olá Mercedes” são os principais destaques do sistema.

Em Portugal, como equipamento de série adicional o EQA, conta com a versão Advanced. Esta verão inclui, os dois displays de grandes dimensões com 10.25” cada, o Pack Parking com câmara de marcha-atrás, o Pack espelhos e ainda o Assistente de angulo morto.

O mosaico Mercedes-EQ no display multimédia pode ser utilizado para aceder a menus relacionados com as opções de carregamento, consumo de energia elétrica e fluxo de energia elétrica. O display direito no painel de instrumentos integra um medidor de energia ao invés de um conta-rotações. A secção superior indica a percentagem de energia consumida, enquanto a secção inferior apresenta a energia recuperada. O display esquerdo pode ser utilizado para indicar se o modelo tem energia suficiente para chegar ao destino sem uma paragem intermédia para o carregamento da bateria. As cores variam em função da situação de condução: durante um processo de fornecimento de potência auxiliar, por exemplo, a cor do display muda para branco. Em função do estado anímico ou para corresponder ao interior, o utilizador pode escolher entre uma seleção de quatro diferentes estilos. A opção Progressive inclui um esquema de cores especial da Mercedes-EQ

A abrangente especificação de série do EQA inclui equipamentos como os faróis LED High Performance com Adaptive Highbeam Assist, a porta do compartimento de bagagens EASY-PACK com abertura e fecho operados eletricamente, jantes de liga leve de 18 polegadas, iluminação ambiente com 64 cores, um suporte para duas bebidas, bancos desportivos com regulação do apoio lombar de quatro vias, uma câmara de marcha-atrás para uma maior comodidade e uma melhor visibilidade durante as manobras, e ainda um volante multifunções revestido em pele. O novo modelo pode ser personalizado com duas linhas de design e de equipamento, designadamente a Electric Art e a AMG Line, bem como com o pack Night.

Gancho de reboque com desbloqueio rápido e fácil

Como equipamento opcional para o EQA, está disponível um gancho de reboque com função ESP® estabilização do reboque. Uma funcionalidade particularmente cómoda é o sistema de desbloqueio elétrico do gancho de reboque. O interruptor de desbloqueio e a luz indicadora estão localizados na porta do compartimento de bagagens. Logo após o desbloqueio do gancho de reboque, este pode ser articulado para fora ou, quando não estiver a ser utilizado, pode ser articulado e ocultado atrás do revestimento do para-choques. A capacidade de reboque (reboque sem travões / com travões) do EQA 250 é de 750 kg, enquanto o peso admissível exercido pela barra do reboque é de 80 kg. O gancho de reboque está aprovado para ser utilizado com um suporte de bicicletas. Os modelos de tração integral irão oferecer uma capacidade de reboque ainda superior.

[1] Os dados do ciclo WLTP para os modelos indicados aplicam-se ao mercado Alemão e podem ser consultados nas páginas de internet da Mercedes-Benz nos mercados relevantes.
[2] Limitada eletronicamente
[3] Método da medição WLTP. O consumo de energia elétrica e a autonomia dependem da configuração do veículo. A informação adicional sobre os valores oficiais do consumo de combustível e das emissões específicas de CO2 dos novos veículos ligeiros de passageiros poderá ser consultada no “Guia de consumo de combustível, emissões de CO2 e consumo de energia elétrica de novos veículos ligeiros de passageiros”, que está disponível gratuitamente em todos os pontos de venda e a partir da Deutsche Automobil Treuhand GmbH no endereço www.dat.de.
[4] Os tempos de carregamento indicados correspondem a um processo de carregamento desde um nível de carga de 10 até 100 %, numa wallbox ou num posto de carregamento público (corrente AC com uma potência de pelo menos 11 kW, com intensidade de corrente de 16 A por fase)
[5] Os tempos de carregamento indicados correspondem a um processo de carregamento desde um nível de carga de 10 até 80 %, num posto de carregamento rápido de corrente DC com uma tensão de rede de 400 V e uma intensidade de corrente de pelo menos 300 A.
Artigo anterior

Hyundai Motor revela o design do seu novo SUV crossover Hyundai Bayon

Artigo seguinte

Polestar 2 – Car of the Year na Suiça

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.