NoticiasComunicados de Imprensa

Novo EQS: paixão pela mobilidade elétrica

O EQS é o novo modelo totalmente elétrico da gama Classe S com lançamento previsto na Europa para o verão de 2021. A par deste novo modelo, a limousine EQE e as variantes SUV do EQS e do EQE, seguir-se-ão outros modelos com base nesta nova arquitetura.

Irá permitir que os clientes do segmento de luxo beneficiem de todas as vantagens de uma arquitetura totalmente elétrica no que diz respeito a espaço e ao design. Com autonomias de até 770 km (de acordo com a norma WLTP), o EQS também cumpre os requisitos de uma limousine no segmento do Classe S a este respeito. O novo recorde mundial a nível de aerodinâmica em modelos produzidos em série com um coeficiente aerodinâmico (cd) de 0.20 contribui significativamente para este facto.

A nova geração de veículos elétricos do segmento de luxo executivo tem por base uma arquitetura especifica, que é escalável em todas as vertentes e pode ser utilizada em vários modelos. A distância entre eixos, a largura dos eixos, bem como todos os restantes componentes do sistema, especialmente as baterias, variam graças ao design modular. Desta forma, o conceito do veículo é otimizado para cumprir todos os requisitos de uma família de modelos elétricos que se pretende expandir no futuro.

EQS

Cadeia cinemática elétrica

Com uma autonomia de até 770 kms (WLTP) e uma potência de até 385 kW, a cadeia cinemática do EQS cumpre todas as expetativas de uma limousine do segmento do Classe S. Todas as versões do EQS estão equipadas com cadeia cinemática elétrica (eATS) no eixo traseiro, enquanto as versões com sistema de tração integral 4MATIC integram a cadeia cinemática elétrica no eixo dianteiro.

As baterias

O EQS marca o lançamento de uma nova geração de baterias com uma densidade de energia significativamente superior. A maior das duas baterias tem uma capacidade de armazenamento de energia útil de 107.8 kWh. Isto representa um acréscimo de cerca de 26% em relação ao EQC. O inovador software de gestão da bateria, desenvolvido internamente, permite atualizações através das redes de comunicações móveis. O sistema de gestão de energia do EQS é, portanto, mantido atualizado ao longo do seu ciclo de vida. Foi alcançado um importante avanço de sustentabilidade no que diz respeito à constituição química das células: a proporção de cobalto foi reduzida em dez%, e o material ativo otimizado é constituído por níquel, cobalto e manganês numa proporção de 8:1:1.

Navegação inteligente

No que diz respeito à navegação com Electric Intelligence, o nome diz tudo. Com base em diversos fatores, o sistema planeia o percurso mais rápido e confortável, incluindo paragens para carregamento, e por exemplo, reage dinamicamente aos congestionamentos de trânsito ou a uma mudança no estilo de condução. No EQS, a navegação com Electric Intelligence é ainda mais inteligente do que no passado:

  • Visualização se o nível de carga disponível da bateria é suficiente para regressar ao ponto inicial sem carregar;
  • Durante o cálculo do percurso, é dada preferência aos postos de carregamento manualmente adicionados ao percurso;
  • Os postos de carregamento sugeridos podem ser excluídos;
  • Cálculo dos custos de carregamento expectáveis por cada paragem de carregamento
  • Nota de informação da “Monitorização ativa da autonomia” para ativar as funções de condução ECO se existir um risco de o veículo não chegar ao destino ou ao posto de carregamento com as definições selecionadas;
EQS

Tecnologia de carregamento

O EQS pode ser carregado em postos de carregamento rápidos com uma potência de corrente contínua de até 200 kW. Na wallbox ou em postos de carregamento públicos, o EQS pode ser carregado comodamente com uma potência AC de até 22 kW utilizando o carregador de bordo. Adicionalmente, existem vários programas de carregamento inteligentes que podem ser ativados automaticamente em função do local e das funções, como o carregamento particularmente preservador da bateria.

Mercedes me Charge: Plug & Pay

Conduza até ao posto de carregamento, abra a tampa da tomada de carregamento e insira a ficha, posteriormente a energia começa a circular: é desta forma tão simples que o carregamento é realizado no EQS, graças à funcionalidade Plug & Charge. O novo método de carregamento é oferecido pelo serviço Mercedes me Charge. Outros destaques incluem a maior rede de pontos de carregamento, com mais de 500,000 postos em 31 países e carregamento verde. O carregamento verde reduz a pegada de carbono na fase de utilização.

Aerodinâmica: apenas o vento conhece a resposta

Com um coeficiente aerodinâmico (cd) de 0.20, o EQS revela a melhor aerodinâmica de qualquer modelo produzido em série. A autonomia beneficia particularmente desta característica. Classifica-se também entre os melhores no que diz respeito aos baixos níveis de ruído. Por detrás dos elevados desempenhos aerodinâmico e aeroacústico está uma grande atenção ao detalhe.

Sustentabilidade: pensando hoje no amanhã

No âmbito da sua iniciativa “Ambition 2039”, a Mercedes-Benz trabalha no sentido de oferecer um portfolio de novos modelos de veículos neutros em emissões de carbono em menos de 20 anos. Já em 2030, a empresa pretende que mais de 50 % dos veículos ligeiros de passageiros vendidos sejam modelos equipados com cadeias cinemáticas elétricas – incluindo veículos totalmente elétricos e híbridos plug-in. Em muitos domínios, a Mercedes-Benz já pensa no futuro e projetou o EQS tendo em consideração a sustentabilidade ambiental. A produção dos veículos é neutra em emissões de CO2, enquanto os materiais utilizados, como os tapetes do piso fabricados em fio reciclado, permitem poupar os recursos naturais do planeta.

Artigo anterior

Vespa comemora 75º aniversário com série especial

Artigo seguinte

Citroën apresenta o C5 X, o seu novo topo de gama

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.