NoticiasTestes

Nissan Qashqai 1.3 DIG-T 140 N-Connecta: O best-seller recebe novos argumentos.

A actual geração do Nissan Qashqai tem já alguns anos. Contudo, continua a ser o automóvel mais vendido da sua classe. Este SUV que continua a “partir corações” recebe um novíssimo motor a gasolina 1.3 DIG-T com 140cv, algumas alterações no sistema de navegação e multimédia, assim como novas ajudas à condução.

O aspecto exterior do Nissan Qashqai mantém-se actual e com um formato que tem convencido os portugueses desde o lançamento da primeira geração em 2007.

O aspecto dinâmico e “atrevido”, foi recentemente vincado com alterações na dianteira ao nível da grelha, que é agora preta brilhante com uma aplicação cromada. Os pára-choques são mais musculados e têm a parte inferior plástica para protecção da pintura. As ópticas são finas e fornecem um aspecto dinâmico, enquanto o capô é vincado e desportivo dando continuidade às linhas que começam na aplicação cromada da grelha dianteira. Nas laterais temos portas altas, moldura cromada nos vidros e ilharga musculada. Na traseira temos um spoiler, curvatura acentuada na tampa da bagageira, farolins escurecidos e um pára-choques traseiro saliente e musculado que alberga uma protecção plástica, com protecções de côr contrastante.

Ainda no exterior, esta versão N-Connecta tem ópticas Full-Led, faróis de nevoeiro, farolins traseiros em LED, vidros traseiros escurecidos, chave mãos-livres, barras de tejadilho longitudinais, retrovisores com recolha eléctrica e jantes de 18 polegadas com dois tons envolvidas em pneus 215/55R18.

No interior encontramos um design algo “antiquado”, melhorado pelo volante em “D” mais desportivo e pelo pesponto contrastante no tablier, volante, punho da caixa e túnel da consola central. Outros materiais são o couro, alumínio escovado e cromados. A qualidade de construção do Nissan Qashqai está ao nível da concorrência apesar dos 5 anos que tem esta geração. A qualidade dos materiais não é premium, mas está também ao nível do segmento.

A acessibilidade ao interior é boa, tanto aos lugares dianteiros como aos lugares traseiros. Em ambas as filas de assentos é possível viajar à vontade e com conforto. Os assentos têm bom apoio lombar e fornecem um bom suporte das costas e pernas. A bagageira tem 430 Litros de capacidade que se estendem aos 1598 Litros com o rebatimento dos assentos traseiros.

Na lista de equipamento há botão start da ignição, ar-condicionado automático de dupla zona, tejadilho panorâmico (opção), sistema de navegação e multimédia em ecrã de 7 polegadas, computador de bordo em ecrã TFT de 5 polegadas, sensores de chuva e luminosidade, volante multi-funções, travão de parque eléctrico, câmara de ajuda ao estacionamento 360º, entre ouros.

O sistema de navegação e multimédia está mais evoluído desde o último ensaio a esta nova geração Nissan Qashqai. Há actualizações “Over The Air”, Android Auto e Apple CarPlay, Reconhecimento de voz e navegação 3D. Contudo, a qualidade da imagem deixa um pouco a desejar e ficou menos intuitivo, principalmente na área da navegação e opções de visualização da mesma. As aplicações TripAdvisor, Twitter e Eurosport mantém-se.

O painel de instrumentos apresenta informação de forma clara, embora esteja algo desactualizado e tenha um computador de bordo com imagem de fraca qualidade. No computador de bordo visualizamos indicações pormenorizadas (navegação), monitorização da pressão dos pneus, comandos de bluetooth, velocidade, consumo de combustível e autonomia, consumo médio e instantâneo com gráficos pormenorizados, bússola, informação do estado do automóvel e informação de auxílios à condução.

A posição de condução é agradável, uma vez que se assemelha bastante à de um automóvel mais baixo. Com a regulação da altura do assento é possível adoptar a posição mais elevada legitima de um SUV. A visibilidade no lugar do condutor satisfaz, tanto para a dianteira, como para as laterais. Os pilares são finos e não incomodam a visão. Já a visibilidade para a traseira vê-se prejudicada, pela tampa da bagageira mais subida típica dos SUV, nada que nos incomode, até porque o Nissan Qashqai N-Connecta tem a câmara de marcha atrás e vista 360º.

Na estrada o Nissan Qashqai continua a ter um comportamento que satisfaz tanto a dinâmica como o conforto a bordo. A direcção é directa q.b, as suspensões têm uma boa configuração e apesar das jantes de 18 polegadas não se sente firmeza excessiva ou desconforto a bordo. Quando imprimimos um ritmo mais despachado, as reacções do Qashqai são previsíveis.

Debaixo do capô está o novo motor 1.3 Litros a gasolina de 4 cilindros turbo com 140cv de potência às 5000rpm e 240Nm de binário às 1600rpm. Esta nova motorização é um equilíbrio perfeito entre performance, consumos e agradabilidade na condução. Apesar de ser um motor de baixa cilindrada e sobrealimentado é bastante “redondo” e progressivo na entrega de potência. Esta motorização oferece andamentos vivos ao Nissan Qashqai, sem que para isso tenhamos que criar um acordo com uma gasolineira. Com o pé direito em modo “económico” são possíveis consumos abaixo dos 7 Litros a cada 100km. No nosso ensaio os consumos rondaram os 7,2 Litros a cada 100km com percursos mistos com e sem trânsito. A caixa manual de 6 velocidades é agradável de utilizar.

Em termos de performance, temos uma aceleração dos 0 aos 100km/h em 10,5 segundos e uma velocidade máxima de 193km/h.

Na segurança o Nissan Qashqai é já uma referência no seu segmento, devido aos sistemas ProPilot de condução autónoma disponíveis como opção. Quando equipado com estes sistemas o Nissan Qashqai assume controlo parcial da direcção, associado à função cruise control com stop&go. No caso da versão ensaiada tínhamos aviso de transposição involuntária de faixa, aviso de ângulo morto, monitorização da pressão dos pneus, retrovisor interior com escurecimento automático, sistema de ajuda ao arranque em subida, luzes de máximos automáticas, entre outros.

Nos testes Euro NCAP em 2014 o Nissan Qashqai obteve as 5 estrelas com 88% na protecção dos adultos, 83% na protecção das crianças, 69% na protecção dos peões e 79% nas ajudas às condução.

No que toca a valores o Nissan Qashqai começa nos 23.600,00€ para a versão Acenta com retoma e campanha em vigor. Já a versão ensaiada N-Conecta com jantes de 18 polegadas começa nos 26.458,00€ preço com campanha e valorização de retoma. Tejadilho panorâmico acresce ao valor mais 808,00€.

A Nissan oferece ainda 5 anos ou 100.000km de garantia. O Nissan Qashqai com o motor 1.3 a gasolina de 140cv paga de IUC: 136,72€

Artigo anterior

Novo Ford Focus: Carrinha recebe versão ST!

Artigo seguinte

Mazda revela que 76% dos Mazda MX-5 ND Soft-Top vendidos têm caixa Manual!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.