NoticiasComunicados de Imprensa

Nissan inspira-se nos cavaleiros e herda o escudo para marcar os seus caminhos futuros de design

Os princípios fundamentais dos automóveis permaneceram essencialmente inalterados durante mais de um século. Mas agora, com a adoção em massa dos automóveis elétricos, surgem novas oportunidades de reinventar as formas como construímos e configuramos os automóveis e como os integramos nas nossas vidas.

A revolução dos automóveis elétricos está também a mudar o vocabulário da indústria automóvel. A Nissan fez isso mesmo quando o Ariya Concept subiu ao palco no Salão Automóvel de Tóquio do último ano, com a sua estética moderna, simples mas poderosa, denominada Futurismo Japonês Intemporal e na qual se destaca uma “grelha” dianteira tipo “escudo”.

O Nissan Ariya Concept é o primeiro exemplo de um rumo de design totalmente novo para a empresa. Possui um habitáculo topo de gama espaçoso, com tecnologia avançada e uma carroçaria que transmite a natureza pura e limpa dos automóveis elétricos, que não necessitam de uma grelha aberta tradicional para permitir que o ar arrefeça o motor. Como resultado, os designers puderam fazer experiências com a carcteristica grelha V-motion da Nissan, criando o “escudo” exclusivo deste protótipo.

Os tradicionais escudos utilizados nas batalhas medievais combinaram função e design, utilizando materiais resistentes com designs complexos destinados a comunicar prestígio e força. O escudo do Ariya Concept partilha a mesma afirmação, oferecendo muito mais do que um espaço estético reservado para uma grelha. O visual final e a sua aplicação não apenas são impressionantes, como também permitem que a tecnologia avançada que lhe está associada lide com os elementos de design sem interferências.

«Ao substituir a grelha convencional pelo escudo tecnológico, com textura 3-D inovadora que vai para além da estética, pretendíamos destacar a tecnologia do automóvel que está imediatamente atrás das superfícies», afirmou Alfonso Albaisa, Vice-presidente Sénior de Design Global na Nissan. «Neste caso, a tecnologia avançada que ajuda o Ariya Concept a “ler” a estrada e a visualizar coisas que o condutor não consegue ver, tornando o invisível visível».

Unir a tecnologia avançada ao design japonês intemporal

O Ariya Concept é a derradeira expressão da liberdade de design. A plataforma de automóvel 100% elétrico do protótipo permitiu novas abordagens a componentes existentes, eliminando limitações fundamentais.

As grelhas tradicionais de um automóvel de combustão interna assumiram desde a sua criação todas as formas e formatos, mas era necessário manter um nível de arrefecimento para o sistema de arrefecimento do motor do veículo e que fossem suficientemente fortes para resistir a impactos, de pedras por exemplo. Estes aspetos funcionais limitaram o seu design e aparência.

Uma vez que o Ariya Concept não tem qualquer motor térmico, uma grelha, no sentido convencional, é desnecessária. Os designers decidiram adaptar este espaço para adicionar um novo tipo de painel dianteiro. O escudo é construído como uma peça única com um padrão geométrico tradicional japonês integrado para uma nova expressão de automóvel elétrico, mas que deixa transparecer o J-ADN da Nissan.

«A superfície não tem quaisquer falhas», explicou Giovanny Arroba, Diretor do Programa de Design. «É suave como uma camada de água calma, com o padrão kumiko imediatamente sob a superfície».

Captar esta tranquilidade foi, por si só, um desafio. Arroba e a equipa de design deram início aos trabalhos testando todos os elementos do escudo, da espessura do material à quantidade de camada metálica na tinta que permite realçar o padrão kumiko, reinventado para a era dos automóveis elétricos.

Para proteger o escudo e a tecnologia contra condições meteorológicas adversas e detritos na estrada, os designers utilizaram o mesmo material de policarbonato resistente que protege os faróis do automóvel. Estes pretendiam que o escudo fosse não só suficientemente resistente, mas também tivesse um visual fantástico, proporções aerodinâmicas e incorporasse totalmente a nova linguagem de design de Futurismo Japonês Intemporal da empresa.

«Claro que, com um protótipo, poderíamos ter seguido outras abordagens», declarou Arroba. «Mas quisemos encontrar um equilíbrio autêntico entre a intenção de estilo e os requisitos mecânicos».

Um protótipo enraizado numa realidade de futuro próximo

O Ariya Concept incorpora a visão de Mobilidade Inteligente da Nissan para o transporte pessoal, segundo a qual a eletrificação e inteligência dos automóveis irá proporcionar experiências de viagem simples e adaptativas, sem acidentes ou emissões nocivas. A nova filosofia de design da Nissan apoia diretamente esta visão através da combinação de tecnologia avançada, incluindo segurança, conectividade e interfaces homem-máquina, com uma abordagem minimalista para se adaptar na perfeição ao estilo de vida do cliente.

O escudo do Ariya Concept destaca-se como um dos elementos principais em que os designers se concentraram e que poderia existir no mundo real. O automóvel parece pronto para conquistar as ruas de Tóquio, ou qualquer cidade global. Funcionalidades como o premiado sistema de assistência avançada ao condutor ProPILOT 2.0, e-Pedal e o sistema de controlo de tração integral de motor duplo e-4ORCE já foram testadas.

Os protótipos sempre foram uma ferramenta para ajudar a visualizar o futuro. Mas o Ariya Concept mostra também como será o desempenho real dos futuros automóveis da Nissan.

Artigo anterior

Praia do Beliche, no Algarve, mais limpa após ação liderada por Joana Schenker

Artigo seguinte

Nova Volkswagen Caddy

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.