NoticiasTestes

Mazda CX-5 2.2 SKYACTIV-D 4X2 Evolve AT: Eficiência elegante!

Era difícil não gostar da geração anterior do Mazda CX-5, sempre foi um SUV equilibrado, bonito, robusto e com bastante qualidade. Com esta nova geração do Mazda CX-5, podemos dizer que a marca nipónica acertou na muche, com a renovação do seu best-seller.

O novo Mazda CX-5 adopta praticamente as mesmas linhas do seu antecessor, continua a ter uma linha de cintura alta e robusta, que lhe oferece uma elegância invulgar, com uma simplicidade que se torna absolutamente sublime. As ópticas estão mais pequenas e são Full-LED, na traseira os farolins rasgam a chapa de forma bastante subtil, numa afirmação de jovialidade e traços desportivos. A grelha é agora mais aberta e é toda preta, do seu interior apenas sobressai o logo da marca nipónica que aparece bem centrado, como se tratasse de uma demonstração de orgulho. Por baixo da grelha contamos com um friso cromado que enfatiza o design da dianteira, oferecendo à grelha um estilo adicional. O capo é comprido e a traseira é alta e saliente, contamos com um spoiler discreto e duas saídas de escape que acentuam o estilo desportivo.

Ainda no exterior com esta versão Evolve, contamos com jantes de 17 polegadas, vidros traseiros escurecidos, chaves mãos-livres e sistema de ajuda ao estacionamento traseiro e dianteiro.

No interior contamos com a mesma filosofia do exterior, um design elegante e extremamente prático, com todos os comandos bastante acessíveis e ainda uma qualidade de materiais melhor que a anterior geração, assim como uma qualidade de montagem digna de um segmento premium.

No que toca ao equipamento contamos com: sensores de chuva e luminosidade, head-up display, ar-condicionado automático de dupla zona, cruise-control, alerta de transposição involuntária de faixa, faróis direccionais, botão de ignição, um painel de instrumentos completissimo, sistema de monitorização da pressão dos pneus, saídas da climatização para os lugares traseiros, travão de parque eléctrico, máximos automáticos e câmara de ajuda ao estacionamento traseiro.

O espaço a bordo satisfaz, tanto nos lugares dianteiros como nos lugares traseiros, a bagageira também é generosa contando com 506 Litros de capacidade, que poderão ser aumentados até aos 1620 Litros através do rebatimento dos assentos traseiros.

A nossa critica ao interior fica-se apenas pelo sistema de navegação e multimédia, que tem uma boa imagem, já tem elementos 3D e tem uma facilidade de utilização sem igual. No novo Mazda CX-5 o sistema de navegação e multimédia aparece num ecrã de dimensões algo reduzidas relativamente aos restantes modelos da marca, nada que nos incomode em excesso, mas há quem dê importância ao facto da grande maioria das marcas começar a apostar em ecrãs de dimensões bastante generosas.

A posição de condução é excelente e proporciona-nos uma boa envolvência quando guiamos o Mazda CX-5, o volante tem uma excelente pega, os assentos são confortáveis e tem apoio q.b. O automóvel torna-se uma extensão do condutor, pois tudo foi criado para uma óptima sintonia, que é de fácil percepção. A tarefa da condução passa a ser ainda mais prazerosa.

Não só a posição de condução ajuda, como também o motor 2.2 SKYACTIV-D, encontra-se sempre disponivel a proporcionar andamentos vivos. Tem 150cv de potência e 380Nm de binário, associado à caixa automática de 6 velocidades que é rápida q.b tanto no modo automático como no modo sequencial. Apesar de ser um motor diesel de alta cilindrada e de contar com caixa automática é possivel realizar consumos bastante simpáticos. No nosso ensaio conseguimos consumos mistos de 6,8 Litros a cada 100km, o que não é mau tendo em conta que se trata de um automóvel alto, com um peso de 1555kg.

No que toca à performance, conseguimos uma aceleração dos 0 aos 100km/h em apenas 10,1 segundos, antes de atingirmos uma velocidade máxima de 200km/h.

Não só o motor e a caixa são impressionantes, como também a configuração da suspensão e o chassi proporcionam um comportamento formidável com um conforto digno de registo para todos os passageiros. O comportamento em curva é bom e conseguimos viajar à vontade e com toda a segurança. A direcção é directa q.b, não sendo difícil de efectuar manobras de estacionamento com o novo Mazda CX-5 ou mesmo de manobrar em locais mais apertados.

No fora de estrada, mesmo com esta versão 4×2, conseguimos aventurar-nos por caminhos mais acidentados sem grandes problemas, devido a uma altura ao solo generosa e à eficiente configuração de suspensão que nos permite passar em buracos e calhaus sem raspar no solo e sem termos de contratar o osteopata.

No que toca à segurança, o Mazda CX-5 obteve as 5 estrelas nos testes EuroNCap, atingindo 95% na protecção dos adultos, 80% na protecção das crianças, 78% na protecção dos peões e 58% nas ajudas à condução.

O Mazda CX-5 2.2 SKYACTIV-D 4X2 de caixa automática na versão ensaiada, está disponivel por 44.146,15€, paga de IUC: 252,47€.
Fotos de: José da Palma

Artigo anterior

Lição de condução de Walter Rohrl ao volante do Porsche 911 GT3! (Vídeo)

Artigo seguinte

Procura por automóveis de luxo aumenta 44%!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.