Noticias

Hyundai investe mil milhões no hidrogénio!

A Hyundai vai investir cerca de mil milhões em duas instalações de produção de células de hidrogénio na Coreia. O intuito da marca é acelerar o desenvolvimento e implementação desta tecnologia.

O grupo coreano revelou este investimento durante a cerimónia de inauguração em Incheon, onde as fábricas serão criadas. As linhas de produção começam a trabalhar já em 2023 e quando estiverem 100% operacionais, a Hyundai espera que produzam cerca de 100.000 células de combustível por ano.

Estas novas fábricas juntar-se-ão à de Chungju que já produz células de hidrogénio desde 2018. Apesar disso, esta última fábrica só tem capacidade para produzir cerca de 23.000 células por ano.

Hyundai investe mil milhões no hidrogénio! 14

“Apesar das incertezas criadas pela pandemia da COVID-19, decidimos avançar com este investimento para assegurar a liderança e a competitividade no mercado da produção de células de hidrogénio”. Disse Sung Hwan Cho, CEO da Hyundai Mobis. “Vamos continuar a investir em mais infraestruturas e na capacidade de desenvolvimento para que consigamos expandir a industria do hidrogénio e o seu ecossistema.”

Com estas novas fábricas a Hyundai espera conseguir expandir a produção e o negócio do hidrogénio. A marca atualmente produz sistemas de hidrogénio para veículos, mas pretende crescer para outros mercados como máquinas de construção e equipamento de logística.

A marca coreana já produziu células de hidrogénio para empilhadores e está agora a desenvolver uma escavadora a hidrogénio. Para o futuro, a marca já pensa em desenvolver maiores células de combustível para veículos de mobilidades curtas e aéreas.

aqui o nosso ensaio ao Hyundai i30 N!

Artigo anterior

Ford está a trabalhar com neurocientistas (video)

Artigo seguinte

O Renault Morphoz recebeu o prémio Creativ’Award do Festival Internacional do Automóvel

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.