Noticias

Fomos ao Douro conhecer a 5ª geração do Toyota RAV4!

A Toyota Portugal convidou-nos a ir ao Porto, para conhecer a 5ª geração do Toyota RAV4 que chega a Portugal já este mês com a versão de tracção integral com chegada programada para Março. Os preços começam nos 38.790,00€ para a versão de tracção dianteira e nos 44.590,00€ para a versão de tracção integral.

O aspecto exterior do Toyota RAV4 foi melhorado, temos agora uma grelha mais aberta, um pára-choques dianteiro mais subido e desportivo, capô longo, faróis de nevoeiro colocados nas extremidades do pára-choques e novas ópticas rasgadas. A linha de cintura está mais alta e é agora mais “direita”. Ainda nas laterais surgem as protecções de carroçaria mais vistosas que conferem ao Toyota RAV 4 um aspecto mais robusto. Na traseira alta temos um pára-choques grande com uma protecção plástica generosa que alberga duas saídas de escape. O óculo traseiro é inclinado e oferece ao Toyota RAV4 um estilo mais jovem que se torna ainda mais vincado pela presença do spoiler traseiro. As linhas fluídas e dinâmicas da carroçaria oferecem ao Toyota RAV4 um estilo mais robusto e aventureiro, capaz de agradar a um publico mais jovem.

O design foi concebido não só para agradar a gregos e troianos, como também é responsável pelo aumento da visibilidade. O condutor conta agora com mais espaços envidraçados que o ajudam nas manobras e oferecem mais segurança.

No equipamento exterior consoante a versão podemos contar com ópticas LED, chave mãos-livres, portão traseiro automático, jantes em liga-leve de 17 ou 18 polegadas, duas cores exteriores, barras longitudinais, entre outros.

No interior o aumento na qualidade dos materiais é significativo, assim como o design também está mais apelativo. Temos couro e pesponto nas portas que obtém assim um aspecto mais requintado e premium. O tablier é direito e tem também um revestimento digno de um segmento superior, com frisos que delineiam o desenho das saídas da ventilação. O sistema de navegação e multimédia está agora presente num ecrã flutuante de 8 polegadas com imagem melhorada e temos agora um painel de instrumentos com ecrã TFT de 7 polegadas que apresenta mais informações e altera a cor consoante o modo de condução.

Outras novidades incluem a visualização de câmaras de auxilio no retrovisor interior (SmartView), iluminação ambiente, modos de condução Eco, Normal e Sport, câmara de ajuda ao estacionamento 360º, estofos em pele, carregador sem fios para smartphone, tejadilho panorâmico, 5 entradas USB, sistema de som premium JBL e serviços conectados.

O espaço interior cresceu e é notável nos lugares traseiros onde os passageiros passam a viajar mais à vontade face à versão anterior. Na bagageira também ocorreu um aumento de espaço na ordem dos 79 Litros que lança o novo Toyota RAV4 para os 580 Litros de bagageira, fazendo dele um dos automóveis com a maior bagageira na sua classe.

Para além do maior espaço interior há também maior ergonomia que é logo visível pelo aspecto dos assentos que oferecem aos passageiros dos lugares dianteiros e traseiros um conforto digno de registo. Nos lugares dianteiros o apoio lombar dos assentos está ao nível de alguns desportivos, sem comprometer o conforto.

A posição do condutor está mais baixa. Os comandos têm um melhor posicionamento e estão mais intuitivos.

Ao nível do comportamento dinâmico a nova plataforma TNGA da Toyota veio oferecer ao Toyota RAV4 um pisar mais firme na estrada, um centro de gravidade mais baixo, mais firmeza e baixo peso. Temos uma rigidez que aumentou cerca de 57%, a direcção está mais directa e comunicativa do que nunca, o que torna a condução mais prazerosa e envolvente. A distribuição de peso é agora de 51/49. Na suspensão temos duplos triângulos sobrepostos na traseira o que aumenta o conforto a bordo.

Debaixo do capô está uma motorização híbrida de 2.5 Litros que combina melhor eficiência de combustível, menos emissões de CO2, um funcionamento mais silencioso e melhor resposta. Esta motorização tem 218cv na versão de tracção dianteira e 222cv na versão de tracção integral ambos têm 221Nm de binário. A aceleração dos 0 aos 100km/h cumpre-se em apenas 8,1 segundos. A quarta geração do sistema híbrido da Toyota estreia-se na 5ª geração do RAV4 e chega com novos argumentos. A Unidade de Controle de Potência (PCU) e a bateria de hidretos metálicos de níquel, são mais compactos e leves e o transeixo e a transmissão foram concebidos para reduzir as perdas eléctricas e mecânicas. A nova bateria é 11% mais leve e as perdas de transmissão foram reduzidas em 25% em comparação com o sistema anterior. No que toca ao consumo de combustível no percurso de serra de cerca de 100km que a Toyota Portugal delineou para a imprensa conseguimos médias surpreendentes que rondaram pouco mais do que 5,5 Litros a cada 100km. A transmissão tem agora um diferencial de pré-carga que melhora o arranque, aumenta a eficiência a velocidades mais altas e torna a aceleração mais suave e linear.

O sistema de tracção integral tem agora melhor desempenho em todas as condições, está mais eficiente no todo-o-terreno e oferece mais prazer de condução. A economia de combustivel está assegurada em condução urbana, está mais silencioso em altas velocidades e tem melhor tracção em condições escorregadias. É também mais compacto e leve do que os sistemas de tracção integral mecânicos, o que significa que o consumo de combustível não é comprometido.

A gestão integrada do sistema de tracção integral permite ajustar automaticamente os diferentes sistemas do veículo – direcção assistida, controlo do travão e do acelerador, padrão de passagens de caixa e distribuição do binário – de acordo com o programa de condução seleccionado. No novo RAV4 Hybrid AWD-i, o condutor tem à disposição os modos Normal, Eco ou Sport. Ao escolher o modo Sport, a AIM modifica a assistência da direcção, o mapeamento do controle do acelerador e a distribuição do binário do motor, para obter melhor desempenho em estrada.

Com o modo “Trail” passamos a ter algo semelhante a um autoblocante automático que garante melhor aderência e maior controlo, ajudando significativamente na condução em fora de estrada. Na activação do modo Trail (através de um botão na consola central), a roda que está a girar livremente e sem aderência pode ser travada e o binário direccionado para a roda que tem tracção. O controlo do acelerador e o padrão de passagens de caixa também são adaptados para ajudar o condutor a manter o veículo em movimento.

Na segurança há novos argumentos que são uma mais valia para o condutor e ocupantes, uma vez que reduzem drasticamente o risco de acidente. A segunda geração do Toyota Safety Sense inclui actualizações dos Sistemas de Pré-colisão com detecção de peões, Cruise Control adaptativo inteligente com função stop and go, Aviso de Saída de Faixa de Rodagem com Assistência de Direcção e Luzes de Máximos Automáticas. Além disso temos Assistência à Condução Inteligente, que fornece um apoio mais avançado ao condutor através da conjugação do cruise control adaptativo com a correcção da direcção.

As principais versões são Comfort, Square Collection, Exclusive e a topo de gama Lounge.

Artigo anterior

48 Horas Alfa Romeo - Lizitália começam já no dia 30 de Março!

Artigo seguinte

Abarth 124 rally Começa a Época de 2019 com Vitória na Taça FIA R-GT no Rali de Monte Carlo

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.