EnsaiosNoticias

FIAT 500C Hybrid: Um ícone eletrizante!

O FIAT 500 é um automóvel intemporal, por isso, não podemos negar que se trata de um verdadeiro ícone. Já foi bem mais pequeno, menos potente, nada tecnológico e também já teve uma mecânica bem mais simples que a atual. Com a evolução dos tempos, o FIAT 500 ficou maior, mais moderno, mais tecnológico e está agora a “abraçar” esta mudança de mentalidade do mercado, ao surgir com uma versão eletrificada “Hybrid”.

Antes da chegada do Novo FIAT 500 elétrico, a FIAT decidiu oferecer à atual geração uma eletrificação com 12 Volts, dando o “pontapé de saída” para o futuro eletrificado da indústria automóvel.

O design mantém-se, o FIAT 500C Hybrid é igual a todos os outros. Moderno, elegante, urbano e um sucesso no design revivalista. Continua a “partir corações” e adaptar-se facilmente a cada tipo de pessoa, através de uma quantidade generosa de cores disponíveis e personalizações.

Embora não ocorram grandes alterações ao nível da carroçaria, este FIAT 500C Hybrid recebe algumas “distinções” no exterior desta versão Launch Edition. Falamos de uma nova cor apelidada “Verde Gota de Orvalho”, badges “Hybrid” nos pilares das portas e o lettering “Hybrid” na tampa da bagageira. Esta versão Launch Edition conta ainda com jantes de 16 polegadas, iluminação diurna LED, faróis de Xénon, farolins traseiros LED e faróis de nevoeiro. A capota é preta e tem muita qualidade, contribuindo não só para um visual agradável, mas também para o bem-estar a bordo, com o bom isolamento e insonorização.

A acessibilidade é fantástica para os lugares dianteiros, não podemos dizer o mesmo da acessibilidade para os lugares traseiros, que nunca é a melhor num automóvel de 3 portas. O rebatimento dos assentos dianteiros é simples, mas uma vez sentados, o conforto não é exemplar nos dois assentos traseiros. Na dianteira viajamos à vontade, os assentos proporcionam bom apoio para as pernas, mas um apoio lombar algo “tímido”, nada que nos tire o sono, uma vez que se trata de um automóvel concebido para “atacar” a selva urbana.

O espaço nos lugares traseiros não é uma mais-valia do FIAT 500, uma vez que as pessoas de maior estatura, terão dificuldade em encontrar espaço para pernas e cabeça, mas damos pontos positivos ao Isofix e ao espaço disponível para os ombros, que permitem dois adultos viajarem lado a lado sem grandes constrangimentos. A bagageira tem apenas 185 Litros.

No interior voltamos a encontrar um design que não cansa, que é personalizável e que é bastante tecnológico, tendo em conta que é praticamente o único modelo do segmento a dispor de um painel de instrumentos totalmente digital, uma característica que acompanha o modelo desde o seu lançamento. Nesta versão Launch Edition do FIAT 500C Hybrid temos um volante que parece ter sido herdado de um Abarth, uma vez que para além de ser bastante desportivo, ainda tem o “apontador”. O sistema de navegação e multimédia também recebeu animações alusivas ao tema “híbrido”.

O grande destaque está, sem dúvida, nos materiais utilizados neste interior, que levam “à letra” a ecologia, dando-lhe a devida importância. Nos painéis das portas e assentos encontramos um tecido azulado com um toque extremamente agradável, esse tecido chama-se “Seaqual” e é um Poliester reciclado, feito de plásticos retirados do oceano. As garrafas e os plásticos deteriorados que são recolhidos dos oceanos por pescadores, são levados para a industria transformadora de plástico e são transformados em fios que permitem a fabricação de tecidos. Para além de retirar lixo dos oceanos e contribuir positivamente para a vida marinha, o processo de fabrico deste Poliester também consome 92% menos água e utiliza menos 40% de energia ao longo de todo o processo, quando comparado à produção do Poliester convencional. Este tecido é já fornecido para tecelagens em todo o mundo e também marca uma forte presença no interior deste FIAT 500C Hybrid. Obrigado FIAT!

Equipamento não falta ao FIAT 500C Hybrid. Contamos com ar-condicionado automático, sistema de « multimédia presente num ecrã de 7 polegadas, painel de instrumentos digital, modo de condução “City”, sistema de som premium “Beats”, start%stop, ajuda ao estacionamento traseiro, sistema de ajuda ao arranque em subida, sensores de luminosidade, entre outros.

O sistema de multimédia do FIAT 500C Hybrid é funcional, tem uma qualidade de imagem ao nível do segmento e permite-nos a conexão AndroidAuto e Apple CarPlay, que inviabiliza os constrangimentos relacionados com a falta de navegação ou um investimento de 400€ num sistema de navegação opcional. Este sistema mantém a aplicação eco:Drive, já presente nas versões 100% térmicas.

Há 3 elementos que fazem com que o sistema de som Áudio Beats seja imprescindível: A capota com qualidade, a boa insonorização e as dimensões do FIAT 500, estes elementos fazem do FIAT 500 um automóvel onde sabe bem ouvir música. Para além da qualidade deste sistema de som Premium, as características mencionadas anteriormente fazem com que este sistema de som nos faça atingir o nirvana do prazer auditivo com a capota aberta ou fechada. Quem não gosta de conduzir um FIAT 500C à beira-mar e a ouvir a musica favorita?

O painel de instrumentos é muito completo, tem boa apresentação e apresenta todas as informações de forma bastante percetível. Devido ao facto desta versão ter uma motorização Mild-Hybrid, a FIAT ofereceu ao painel de instrumentos do 500 C Hybrid o fluxo de energia, um gráfico com a utilização e o recarregamento da bateria nas desacelerações e ainda um mostrador que nos diz quantos kWh recuperámos durante a condução.

Por falar em condução, conduzir o FIAT 500 é sempre agradável, ou não estaríamos a falar de um citadino com um bom chassi, uma configuração de suspensão algo firme que aumenta o prazer de condução e faz com que o condutor sinta mais a estrada. A direção é leve, por vezes pouco comunicativa, mas engane-se quem pensa que este FIAT 500 só oferece prazer de condução na cidade, pois numa estrada de serra de cabelos ao vento, também sabe bem conduzir o FIAT 500 de forma mais empenhada. O seu comportamento é muito previsível apesar da carroçaria curta, que facilmente o faria dar uma volta sobre ele próprio. A posição de condução estranha-se, mas depressa se cria o hábito e não nos transtorna.

Debaixo do capô está um motor 1.0 Litros a gasolina de 3 cilindros, assistido por um sistema elétrico ligeiro com 12 volts, que vai prestar um pequeno auxílio ao motor térmico em algumas acelerações e enquanto a bateria tiver carga suficiente. Por ser um sistema de 12 volts, a capacidade é muito reduzida, ou seja, basta uma ultrapassagem ou uma subida, para ficarmos sem carga na bateria. Consequentemente, quando estamos sem carga na bateria, o motor térmico é pouco dinâmico e obriga-nos a recorrer muitas vezes à caixa manual de 5 velocidades para ganhar velocidade ou mesmo para manter velocidade em subidas pouco acentuadas. A boa notícia é que o facto deste sistema ser algo “curto”, também faz com que a bateria volte a ser recarregada ao máximo, muito rapidamente, durante as travagens e desacelerações.

Este motor 1.0 Litros pode ser menos despachado que o motor 1.2 Litros a gasolina, porém, o consumo de combustível é significativamente reduzido, assim como as emissões de CO2, que também não são famosas, embora este veículo seja um citadino com assistência elétrica. No nosso ensaio, chegámos a realizar médias abaixo dos 5,4 litros divulgados pela marca, o que nos deixou satisfeitos, mas quando o tema são as emissões de CO2, o FIAT 500 C Hybrid mantém emissões de 121g/km, que estão ao nível do segmento e até acima de alguns concorrentes, apesar da ligeira eletrificação.

Na segurança, o FIAT 500 tem ESP (Controlo de Estabilidade) e Hill Holder, Limitador de velocidade e alerta de falta de pressão nos pneus. Nos testes Euro NCAP o FIAT 500 obteve 3 estrelas em 2017, já com 8 anos de mercado. O resultado tem como base os 66% na protecção de adultos, 49% na proteção das crianças e 27% nas ajudas à condução.

O FIAT 500C Hybrid está disponível a partir dos 22.110,00€. A unidade ensaiada tem o preço de 23.649,00€, mas contava com a cor Verde Gota de Orvalho (385,00€), Pack City (Sensores de chuva e luminosidade) (350,00€) e o Pack D-Fense (300,00€) que contempla:
– FILTRO DE ALTO DESEMPENHO: Remove material particulado (PM 2.5), inibindo até 99% de alérgenos e reduz a proliferação de fungos e bactérias em cerca de 98%.

– PURIFICADOR DE AR COM FILTRO HEPA: contribui para purificar o ar interior eliminando até 98% das bactérias.

– ESTERILIZADOR UV-C: contribui para remover até 99% das bactérias nas superfícies interiores, como os estofos e volante, com os raios ultravioleta.

Paga de IUC: 103,12€.

Fotos: João Santos

Artigo anterior

Melhor Setembro de sempre para a Volvo em Portugal

Artigo seguinte

Paulo Neto / Vitor Hugo voltam a marcar presença no Campeonato de Portugal de Ralis

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.