Artigos

Este é o novo Honda Civic Type-R a bater o recorde dos tracção dianteira em Spa! (Vídeo)

A Honda lançou um novo vídeo da sua volta mais rápida ao circuito de Spa-Francochamps, em que o novo Hodna Civic Type-R bateu o recorde dos automóveis de produção com tracção dianteira, realizando o tempo de 2 minutos e 53 segundos.

Este vídeo aparece como mais uma meta no “Type R Challenge 2018” da Honda, em que a marca pretende estabelecer cinco novos recordes de volta em circuitos por toda a Europa. A volta mais rápida em Spa-Francochamps segue de um recorde de volta no circuito Magny-Cours.

Sentado ao volante do hot hatch para o recorde em Spa-Francochamps estava o ex-campeão mundial da classe LMP2 e atual piloto do Honda NSX-GT, Bertrand Baguette. Juntamente com os registos de Spa e Magny-Cours, o Honda Civic Type R detém o título para o carro de produção de tração dianteira mais rápido em Nurburgring quando definiu um tempo de 7 minutos e 43,8 segundos em abril de 2017.

As três restantes tentativas de recorde serão em Silverstone, Estoril e Hungaroring. Cada uma destas tentativas será realizada por um piloto diferente, nomeadamente Jenson Button, Tiago Monteiro e Matt Neal.

Olhando para avolta, é impressionante perceber como um tracção dianteira anda tão bem e evoluiu ao longo dos anos. A Eau-Rouge é abordada a pouco menos de 200km/h e ao longo de toda a volta, a velocidade é realmente elevada, não só devido à qualidade do automóvel, mas obviamente também devido às capacidades do piloto.

O Honda Civic Type R, conta com um motor 2.0 Litros Turbo com 320cv de potência e 400Nm de binário que são enviados para as rodas dianteiras através de uma caixa manual de 6 velocidades.

Não se esqueçam de ler aqui o ensaio ao novo Honda Civic Type-R

Artigo anterior

Será o BMW M5 ainda mais eficaz do que a BMW declara?

Artigo seguinte

Este é o novo Volvo S60!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.