NoticiasRúbricas

Comprámos um carro por 400 euros no OLX e fomos correr com ele!

Foi no início do ano que decidimos pesquisar automóveis até 400 euros no OLX, para irmos participar no troféu slalom de Mafra. Conseguimo-lo! Comprámos um Mitsubishi Colt 1.3 GLX de 1997, instalámos um filtro de ar cónico do chinês, 4 pneus semi-slick usados, trocámos óleos e filtros, retirámos peso e fomos correr com ele!

A ideia de competir ferve o sangue a qualquer amante de automóveis. Contudo, não é fácil realizar esse sonho, uma vez que as licenças são caras, as homologações são difíceis de cumprir sem gastar muito dinheiro e as condições são difíceis de criar. Mas há alternativas…

Os karts de aluguer são uma excelente opção, há troféus para todos os gostos e feitios, que são uma excelente base para quem quer aprender a conduzir ou aperfeiçoar a técnica, isto, para quem gosta de guiar em pista. Há quem prefira os Ralis, há quem prefira rampas e há quem prefira o despique com o cronómetro, em vez do despique directo num circuito, mas já lá vamos.

A segunda alternativa são os track day, eventos cujo preço de inscrição é algo “reduzido”, mas que nós não aconselhamos a realizar com travagem de série, uma vez que a exigência aplicada ao nível da travagem, está longe de ser a mesma que se aplica na estrada. Se queres ir fazer um track day, tenta não o fazer com o teu carro do dia-a-dia, uma vez que a exigência para a mecânica também é elevada e há sempre quem possa despistar-se contra ti.

A terceira opção “barata” que nós encontrámos foi o Troféu Slalom de Mafra, no qual conseguimos participar com o nosso Mitsubishi Colt praticamente de origem. Para quem não sabe, há uma senhora chamada Telma, que corre em slalom há muitos anos com um Renault Clio 1.0 da primeira geração, totalmente de série. O troféu de Mafra é isso mesmo, puro amor aos automóveis, encontrámos custos de inscrição reduzidos e provas com aval da FPAK. Ainda melhor do que os custos reduzidos e a segurança, é o facto de todos os participantes se darem bem e haver um espírito de entreajuda realmente formidável.

Após a aquisição do nosso Mitsubishi Colt, tivemos obrigatoriamente que lhe trocar os discos de travão, pastilhas, óleo de travões, filtro de óleo, óleo e velas, algo que nos custou cerca de 50 euros. Por brincadeira, colocámos um filtro de ar cónico do chinês… Porque um automóvel de corridas tem de fazer barulho! Antes de tudo isto, tivemos de retirar as dezenas de beatas que estavam espalhadas por baixo dos assentos, tablier, cinzeiro, etc.

Não podíamos ir correr no troféu slalom de Mafra com pneus nos arames, com 13 anos e com um parafuso de tamanho respeitável a habitar o pneu da frente esquerdo. Por isso, fomos a uma equipa do campeonato nacional de velocidade comprar um jogo de pneus Toyo R888R já usados, por cerca de 200 euros. O investimento no nosso Mitsubishi Colt, a contar com o valor de aquisição, encontrava-se ainda nos 650 euros. Escusado será dizer que o automóvel adquirido por 400 euros no OLX, já estava em muito melhor estado, do que aquele em que foi adquirido.

Chegou o dia da primeira prova, que foi o Slalom de Santo Estevão das Galés, um troço de cerca de 1 quilómetro, que subimos aproximadamente 15 vezes, numa luta constante contra o cronómetro. Os tempos surgiam online e eram actualizados quase ao segundo! O custo da inscrição nesta prova foi de 80 euros, um valor que baixa para os inscritos no troféu e para os pilotos com licença desportiva. A obrigatoriedade é o capacete e o fato de piloto, que não têm de estar homologados, devido ao facto da velocidade atingida durante uma prova ser “comedida”. Se acham que é aborrecido, nós garantimos que não o é, uma vez que a vontade de melhorar cada vez mais o nosso tempo é tanta, que passamos uma boa parte dos dois dias do fim-de-semana em busca da forma mais rápida de abordar o percurso.

Resultado? Uma prova divertida, com um ambiente fantástico, pouco desgaste do carro, um gasto de cerca de 40€ de combustível e pneus que ainda duram para mais duas provas.

No início do mês passado participámos no slalom da Carapinheira, com o nosso Mitsubishi Colt já “desmantelado” no interior, para poupar peso. Outra inscrição acessível, diversão garantida, pouco desgaste do automóvel e ansiedade pela próxima prova.

Esta experiência com o automóvel de 400 euros soube pela vida, não só pelo facto de corrermos, mas também pelos bons momentos passados a tentar perceber como se faz uma revisão a um automóvel, como se desmontam e montam componentes, pelos amigos que se fazem nas corridas e pelas pessoas fantásticas que se conhecem. No fim de contas, o amor aos automóveis, as amizades e os bons momentos, são o que nos faz voltar ao Troféu Slalom de Mafra e ambicionar “outras andanças”.

O nosso Mitsubishi Colt esteve hoje na CarvalhosCar, em Pêro Pinheiro, a retirar todo o alcatrão do interior, depósito de combustível e mais ou menos 35kg de peso. No início da próxima semana, o Sr. Jorge Vicente vai dar início à construção de um rollbar, ficando a faltar a montagem das duas baquets, o extintor de 2kg e voltar a colocar o tablier e a consola central, que vão passar por algumas transformações, de forma a receberem componentes de navegação e painel de controlo com ignição por botão e corta-corrente.

No próximo ano, a CarZoom pretende realizar o troféu slalom de Mafra na integra, realizando alguns Ralis organizados pelo Clube de Desportos Motorizados de Leiria (NDML) e quem sabe o RallySprint na Lisnave. Até lá, temos muito que fazer!

Aproveitamos este artigo para agradecer à GoFix e CarvalhosCar, que nos têm ajudado nesta “caminhada”, não deixando de agradecer também a quem nos apoia, a YesKart Racing Team, industria transformadora de plástico Plasoeste, a óptica Olhar do Futuro e o stand de automóveis usados Transmicar.

Fotos: Luis Comocho, João Santos, PhotOeste Motorsport, FotoSprint, José Cardoso Guerreiro e Catarina Rodrigues.

Artigo anterior

Nova V60 Cross Country já em Portugal A partir de 57.937€

Artigo seguinte

Ricardo Teodósio e José Teixeira sagram-se Campeões Nacionais de Ralis!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.