Noticias

Novo Lotus Elan terá plataforma “polivalente”!

A Lotus está empenhada em oferecer uma lufada de ar fresco à sua gama, com o surgimento de novos modelos.

De acordo com a imprensa internacional, o novo Lotus Elan vai chegar para enfrentar o Porsche 718 Boxster.

Pouco se sabe acerca desta nova aposta da Lotus, mas diz-se que será colocado numa gama acima do Lotus Elise. Devido à ambição da marca deste ser um concorrente do Porsche Boxster, pode muito bem chegar mais confortável e espaçoso do que o seu “irmão” Elise.

Apesar de surgir mais confortável, a Lotus planeia que este automóvel tenha a melhor relação peso/potência da sua classe, ambicionando também uma experiência de condução que coloca a concorrência “a um canto”.

Ainda teremos que esperar alguns anos até à apresentação deste modelo, que vai ter como base uma plataforma totalmente nova, que se encontra em desenvolvimento. A conclusão do desenvolvimento desta plataforma está prevista para daqui a 2 anos e dizem que será muito leve, altamente polivalente e muito rápida de produzir.

Para além de servir como base para o Lotus Elan, esta plataforma pode servir também o Lotus Evora, Lotus Espirit, Lotus Europa e o novo SUV.

Os modelos mencionados são ainda em fase de estudos e testes. Por isso, o próximo modelo da marca terá como base a plataforma do Lotus Evora. O modelo tem chegada prevista para o final do próximo ano e será um automóvel focado no prazer de condução, embora tenha uma ergonomia melhorada.

Ainda pouco ou nada se sabe acerca do futuro da marca, mas o mais certo é que deixe de utilizar motores da Toyota, uma vez que a Volvo e a Geely anunciaram as suas intenções de partilhar motores e tecnologias, que se devem chegar às restantes marcas do grupo.

Artigo anterior

Motor Skyactiv-X chega a Portugal nos Mazda CX-30 e Mazda3!

Artigo seguinte

Leiria Festival Rallye: Um Rali concebido para o público!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.