NoticiasComunicados de Imprensa

Mustang Mach-E Pode Ter 119 Quilómetros de Autonomia Adicional em Apenas 10 Minutos

Os testes mais recentes demonstram que o tempo de carregamento do Mustang Mach-E melhorou quase 30% em relação às estimativas iniciais, atingindo-se uma média de 119 km de autonomia em 10 minutos, utilizando o carregamento rápido IONITY e quando equipado com uma bateria de longo alcance e tracção traseira.

A Ford continua a expandir a sua oferta de soluções de carregamento doméstico e público, criando uma experiência tranquila para os condutores dos seus futuros veículos.

Os testes mais recentes, realizados pela Ford, demonstram que o novo Mustang Mach-E, 100% eléctrico, tem potencial para aumentar, em média, a autonomia em 119 km, bastando aproximadamente 10 minutos de carregamento num posto de carregamento IONITY.

Testes realizados em condições reais proporcionaram um incremento estimado em 26 km na autonomia, ou seja, quase mais 30% em comparação com as anteriores estimativas, simuladas por computador e menos optimistas, tendo como padrão o Mustang Mach-E na configuração de bateria de longo alcance e tracção traseira.

“Os clientes do Mustang adoram conduzir em estrada aberta, pelo que menos tempo de carregamento significa mais tempo para desfrutar da condução”, refere Mark Kaufman, Director Global de Veículos Eléctricos. “Demos prioridade ao aumento da rapidez de carregamento do Mustang Mach-E e continuamos a trabalhar com os nossos fornecedores para aumentar o número de pontos de carregamento disponíveis através da FordPass, para facilitar as necessidades de carregamento”.

Estima-se que a versão de tracção integral AWD proporcione um adicional médio de 107 km de carregamento em aproximadamente 10 minutos; nas configurações de tracção integral e tracção traseira, as estimativas apontam para que se atinjam cargas de 10% a 80% em 45 minutos.

Estima-se que uma bateria normal do Mustang Mach-E carregue uma média de 91 km em 10 minutos nas versões de tracção traseira e 85 km nas de tracção integral, com uma carga de 10% a 80% em 38 minutos.

A autonomia de condução 100% eléctrica do Mustang Mach-E, máxima de 600 km, de acordo com a norma WLTP (World Harmonised Light Vehicle Test Procedure) permitirá aumentar a confiança dos clientes no que respeita à realização de viagens mais longas.

Na Europa, os Mustang Mach-E serão apoiados pelo inovador e avançado ecossistema Ford Charging Solutions, que proporcionará um acesso integrado e simples aos carregamentos domésticos.

No início do presente ano, Stuart Rowley, Presidente da Ford Europa, solicitou aos governos, indústrias e instituições que apoiassem o impulso à electrificação através de um rápido aumento da expansão das infra-estruturas públicas de carregamento. Ao mesmo tempo, a marca aumentou o seu empenho e evolução na sua estratégia para a implementação de 1.000 postos de carregamento nas instalações da Ford em toda a Europa, durante os próximos três anos, para tornar os carregamentos mais simples e convenientes a todos os seus funcionários.

O Mustang Mach-E 100% eléctrico encabeça uma gama de veículos electrificados da Ford, em rápida expansão, sendo um dos 18 novos veículos electrificados que a marca está a introduzir na Europa até ao final de 2021.

Artigo anterior

Sistema Over-The-Air Ajudará Mustang Mach-E A Melhorar Com o Tempo – Sem Sair De Casa

Artigo seguinte

Limitador de Velocidade e Care Key são agora de série em todos os novos Volvo

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.