ArtigosEnsaios

Lexus LC 500 Hybrid Luxury: Um GT Electrizante!

Estivemos ao volante do coupé “topo de gama” da Lexus, um automóvel que dá nas vistas e tem todo um conforto, tecnologia e performance que não deixa ninguém indiferente, fazendo com que nos consigamos dar ao luxo de dizer que é impossivel não gostar do Lexus LC 500 Hybrid.

O Lexus LC 500 Hybrid é inconfundivelmente o centro das atenções por onde quer que passe. Em qualquer que seja o lugar faz-se um silêncio à sua passagem, onde colecciona olhares desconfiados, fotografias e admiradores. Tudo se torna fácil ao volante do Coupe nipónico que nos oferece mais do que apenas performance. A carroçaria é comprida e larga, com um tamanho realmente respeitável e imponente, talvez essa seja uma das razões pelas quais dá tanto nas vistas.

O capô longo e mergulhante abre-se numa grelha de dimensões generosas com o design típico da Lexus, as ópticas tem um aspecto elaborado e futurista, enquanto os pormenores cromados oferecem um requinte adicional. Ainda na frente damos destaque às entradas de ar colocadas nas extremidades dos pára-choques afim de “sugarem” ar suficiente para arrefecer o sistema de travagem. Nas laterais temos portas compridas e altas, puxadores embutidos, uns retrovisores também com um aspecto futurista e um tejadilho bastante inclinado que desce até à traseira elegante. As saias laterais albergam uma entrada de ar junto à zona da ilharga que serve também para arrefecimento da travagem traseira. Ainda na lateral a Lexus não podia deixar escapar a referência ao facto deste LC 500 Hybrid ser um automóvel ecológico, através da inserção dos badges “Multi Stage Hybrid”. O último pilar dá continuidade aos vidros traseiros laterais escurecidos, dando-nos uma sensação “flutuante” de um pilar “A” que parece estender-se quase até à tampa da bagageira. A traseira é larga e acentua o estilo desportivo e dinâmico do LC 500H, enquanto o “futurismo” é assegurado pelos farolins LED rasgados, de formato elaborado e as duas saídas de escape cromadas embutidas num difusor com o farolim de nevoeiro colocado ao centro estilo “GT”.

Todo este cenário do Lexus LC 500 Hybrid impressiona os transeuntes, não só pela sua imponência e elegância, como também por ser um automóvel diferente. Apesar de ter o aspecto de um supercarro não dá excessivamente nas vistas no que toca a sons de escape e linguagens premium relacionadas com o símbolo no capô. O estado de admiração à passagem a baixa velocidade é algo indescritível, em que não conseguimos perceber se a admiração se deve a todo o cenário provocado pelo design da carroçaria ou apenas pelo motor não emitir qualquer ruído, quando circulamos no modo “EV”.

Outros destaques no exterior incluem faróis e farolins LED, jantes de 20 polegadas envolvidas em pneus 245/45 na dianteira e 275/40 no eixo traseiro, chave mãos-livres, antena embutida e vidros traseiros escurecidos.

No interior destacamos a boa qualidade de materais, a boa qualidade de construção e a insonorização ao nível da excelência. O espaço a bordo para os lugares dianteiros é excelente, já os lugares traseiros dão apenas para crianças, como é habitual neste tipo de automóveis. O espaço da bagageira não é de todo surpreendente, pois temos apenas 130 Litros de capacidade. Apesar do aspecto e conceito desportivo, o Lexus LC 500 Hybrid não é um verdadeiro desportivo no que toca ao conforto. É um automóvel com uma performance que nos satisfaz, sem termos de contratar um osteopata, garantidamente conseguimos realizar uma viagem bastante longa sem sequer termos dores no corpo. Os assentos são ergonómicos, bastante reguláveis e permitem-nos viajar com um conforto quase digno de uma berlina de luxo.

O design no interior está em sintonia com o aspecto exterior, mantemos um desenho futurista e limpo, sem excesso de botões. Ao nível dos materais abundam a pele e a alcantara, assim como os pespontos contrastantes no tablier, portas, consola central e assentos. Não há barulhos parasitas ou ruídos indesejados. Os comandos estão todos acessíveis, embora muitos não sejam propriamente intuitivos.

No equipamento interior temos head-up display, painel de instrumentos totalmente digital, um sistema de navegação e multimédia implementado num ecrã de 10,3 polegadas, ar-condicionado automático de dupla-zona, sistema de som premium Mark Levinson com 13 altifalantes, modos de condução, patilhas da caixa de velocidades de tamanho generoso colocadas atrás do volante, tejadilho panorâmico, volante desportivo em couro com perfuração, regulação eléctrica da coluna de direcção, assentos aquecidos com regulação eléctrica e memória, pedais em alumínio, sensores de chuva e luminosidade, iluminação ambiente, entre outros.

O sistema de navegação e multimédia presente no Lexus LC 500 Hybrid é extremamente completo, contudo, pode ser algo confuso, devido ao manuseio através da plataforma touch colocada junto ao apoio de braço. Esta plataforma requer alguma habituação e quando não estamos habituados, tarefas como inserir uma morada no sistema de navegação, podem ser algo “demoradas”. Este sistema tem não só as funções normais de navegação e multimédia como também tem outras aplicações relacionadas com o sistema híbrido, climatização, loja de aplicações, entre outros.

O painel de instrumentos está bem posicionado, tem boa imagem e muita informação, como um indicador da condução consoante a pressão aplicada no pedal do acelerador, consumo de combustivel, indicador dos modos de condução e ajudas à condução, informações de navegação, multimédia, dados de viagem e ainda definições relacionadas com o automóvel. O painel de instrumentos tem vários temas que se alteram consoante o modo de condução. Nos modos desportivos passamos a ter um conta rotações com um aspecto mais “vivo” que fica totalmente vermelho na hora de “trocar de caixa”.

A posição de condução é formidável. Estamos dentro de um “bunker” onde nos sentimos protegidos e acolhidos, uma junção perfeita entre uma posição desportiva e um conforto de excelência. Se pretendem um automóvel desportivo, imponente e capaz de proporcionar confortáveis longas viagens, este Lexus LC 500 Hybrid tem de constar na lista de opções. Entramos dentro do desportivo japonês e o volante vem na nossa direcção (dependendo da posição de condução anterior), colocamos os cintos, carregamos no botão start e começa uma viagem memorável, ao volante de um automóvel concebido para agradar a toda a gente!

É fácil sentir confiança no Lexus LC 500 Hybrid, não só por ser extremamente acolhedor e o seu habitáculo oferecer confiança, mas por ser extremamente fácil de conduzir. Arriscamos dizer que até os menos experientes conseguem conduzir o Lexus LC 500 Hybrid de forma mais “empenhada” sem sustos ou surpresas. Os comandos estão todos acessíveis e são ergonómicamente perfeitos. Os selectores das ajudas à condução e modos de condução que têm sofrido criticas na imprensa, estão colocados numa óptima posição. Não tiram a visibilidade, são fáceis de operar e não estão situados em locais que nos retiram o foco da estrada. Claro que para os operarmos temos de nos desencostar do assento, nada que nos tire o sono!

A condução do Lexus LC 500 Hybrid é prazerosa, embora seja bastante filtrada. A direcção é directa e o chassi é equilibrado, em parte devido ao peso de mais de 2 toneladas que ajudam a colar o Lexus LC à estrada. O sistema híbrido é excelente tanto no ponto de vista da performance, como da economia de combustível, assim como os motores são disponíveis, a caixa é agradável e os andamentos são vivos e sem grandes surpresas, mesmo quando desligamos o controlo de tracção. Em qualquer situação de curva, o Lexus LC 500 Hybrid comporta-se de forma previsível e exemplar, para quem não está habituado, a entrada do sistema eléctrico em funcionamento ao eixo dianteiro pode representar um breve arrepio na espinha nas curvas mais fechadas.

Os modos de condução ajudam-nos a adequar o Lexus LC 500 Hybrid ao nosso estado de espírito. Cada modo irá interferir com a disponibilidade do motor relativamente ao acelerador, direcção, suspensões, simulação das relações da caixa CVT, simulação do ruído do motor e fundo do painel de instrumentos. Sabemos que no modo confort a direcção fica mais leve e a resposta ao acelerador não fica excessivamente sensível, nem muito progressiva, a suspensão torna-se mais condescendente para oferecer uma viagem ainda mais confortável. Já o modo “Eco” como o próprio nome indica, ajusta o Lexus LC 500 Hybrid para parâmetros mais económicos, fazendo com que a resposta ao acelerador seja mais progressiva que nos restantes modos. Já os modos Sport S e Sport S+ como os nomes indicam prevêem um aumento da rigidez da suspensão, direcção “mais pesada” e resposta ao pedal do acelerador melhorada.

O sistema Híbrido do Lexus LC 500 Hybrid atrai por não ser necessário andarmos com “cabos” atrás. É um sistema que adopta um motor eléctrico com cerca de 30 cavalos e uma bateria de iões de lítio com 84 Volts. Este motor auxilia o motor a gasolina em tarefas como a resistência aerodinâmica, recuperações, arranques, entre outras situações em que a performance e a economia de combustível seriam menos satisfatórias com a ausência do motor eléctrico. A bateria é carregada durante a desaceleração e travagem através do sistema de travagem regenerativa. Chegámos não só a arrancar e andar alguns quilómetros no modo totalmente eléctrico a velocidades baixas, como também demos por nós com o motor a combustão desligado a velocidades pouco acima dos 80km/h. Na altura de olhar para os consumos verificamos que temos um automóvel com cerca de 360cv a realizar médias de 10 Litros a cada 100km. (Sem abusar do pedal do lado direito)

Debaixo do capô do Lexus LC 500 Hybrid está um motor eléctrico com 30cv como já tínhamos referido e está um motor a gasolina com 3.5 Litros de cilindrada, 6 cilindros em “V” capaz de debitar os restantes 300cv de potência e restante binário. A junção dos dois motores resulta numa potência de 360cv e cerca de 600 Nm de binário. Em termos de performance traduz-se numa velocidade máxima de 250km/h e numa aceleração dos 0 aos 100km/h que acontece em apenas 4,9 segundos.

Esta potência é enviada para as rodas traseiras através de uma caixa automática de variação contínua que tem 10 relações. Esta caixa simula uma sequencial de forma perfeita, sendo rápida e transmitindo um prazer de condução adicional que não seria expectável de uma caixa automática de variação contínua convencional. O motor eléctrico está montado sob o eixo dianteiro, oferecendo a potência e binário extra às rodas dianteiras.

No aspecto da segurança, o Lexus LC 500 Hybrid oferece-nos tudo o que seria expectável de um automóvel desta gama e com estas características. Temos aviso de transposição involuntária de faixa com correcção de volante, aviso de ângulo morto, luzes de máximos automáticas, monitorização da pressão dos pneus, retrovisor interior com escurecimento automático, travagem autónoma de emergência, cruise control adaptativo, entre outros.

No que toca a valores, o Lexus LC 500 Hybrid está disponivel na versão ensaiada “Luxury” a partir dos 120.140,00€. Apesar de ser híbrido e emitir apenas 145g/km de CO2 a sua cilindrada fá-lo pagar de imposto único de circulação 558,62€.

Fotos: José da Palma

Artigo anterior

Este Ford GT Heritage Edition com as cores da Gulf vai a leilão!

Artigo seguinte

Yvan Muller assina com a Lynk & Co!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.