Comunicados de ImprensaNoticias

Estivemos na apresentação do Novo Toyota RAV4 Híbrido Plug-in!

A familia de veículos elétrificados da Toyota acabou de se tornar ainda maior com aquele que é o Toyota RAV4 mais potente de sempre. O modelo tem 306 cavalos e é um híbrido plug-in.

O novo Toyota RAV4 PHEV apresenta um consumo de combustível anunciado de 1 Litro a cada 100 quilómetros e emissões de CO2 de 22 g/km (WLTP), autonomia de condução 100% elétrica de até 75 km com uma carga completa da bateria.

Este sistema plug-in também beneficia de toda a experiência da Toyota na eletrificação, uma vez que os limites da propulsão puramente elétrica são atingidos e a tração às quatro rodas inteligente é de série.

O novo RAV4 Plug-in assume a posição de topo de gama RAV4 ao mesmo tempo que se posiciona como novo porta-bandeira dos modelos híbridos da Toyota. É um veículo que oferece uma combinação de potência e eficiência ambiental que é ímpar na sua classe.

O seu lançamento fortalece e alarga o apelo do RAV4, o modelo que criou o mercado dos SUV de lazer e que já acumulou mais de 10 milhões de vendas em todo o mundo.

A Toyota aplicou todo o seu know-how em tecnologia híbrida para criar o RAV4 Plug-in, produzindo um veículo que não só é potente como também supera todos os seus rivais em termos de baixas emissões e economia de combustível. Os dados de homologação final deste modelo indicam 22 g/km CO2 e 1,0 l/100km (ciclo WLTP combinado).

O RAV4 funciona como um verdadeiro veículo elétrico já que o modo EV é aquele em que arranca, podendo percorrer até 98 km em condução urbana (ciclo WLTP Cidade) com uma carga completa da bateria, claramente mais do que a média da distância das deslocações diárias na Europa, estando apto a alcançar velocidades de 135 km/h, sem intervenção do sistema de propulsão híbrida.

Quando a potência adicional do motor é necessária, a capacidade do motor Dynamic Force de 2,5 litros garante que a eficiência continua a ser líder na sua classe. O carregamento da bateria é simples e seguro e pode ser realizado em 2,5 horas usando uma ligação de 230 V/32 A. Fazendo parte do equipamento de série, o utilizador pode usar a aplicação MyT para agendar e monitorizar remotamente o carregamento da bateria e também acionar o sistema de ar condicionado para aquecer ou arrefecer o habitáculo antes do início da viagem.

Além da sua sofisticada e eficaz tecnologia do sistema de propulsão, o RAV4 Plug-in mantém todas as qualidades que tornaram a quinta geração do RAV4 tão bem-sucedida desde o seu lançamento no final de 2018. Como é o caso das vantagens dinâmicas que decorrem do seu baixo centro de gravidade e da alta rigidez da carroçaria fruto da utilização da plataforma GA-K da Toyota. De série, também, é a tração integral inteligente AWD-i.

O RAV4 Plug-in é um modelo que complementa o RAV4 Hybrid, consolidando o programa de eletrificação da Toyota.

PRAZER DE CONDUÇÃO
 306cv de potência combinada

Tração AWD-i de série

Sistema híbrido plug-in melhorado

0-100 km/h em 6,0 segundos

Elementos adicionais de isolamento acústico

EFICIÊNCIA
 75 km de autonomia EV combinada

98 km de autonomia EV cidade

22 g/km de emissões de CO2

1,0 l/100km de consumo combinado

135 km/h de velocidade máxima EV

PERFORMANCES E TECNOLOGIA

Com o novo RAV4 Plug-in, a Toyota criou um veículo com um duplo ADN: por um lado com fortes e genuínos atributos de veículo elétrico (EV), mas que também pode mover-se a partir de energia elétrica híbrida altamente eficiente.

A Toyota aproveitou a sua experiência de engenharia de duas gerações do Prius Plug-in e adotou a sua abordagem de melhoria contínua (Kaizen) para aliar um desempenho superior à eficiência da tecnologia plug-in. Assim nasceu o modelo mais potente da gama RAV4 e o que oferece o melhor desempenho no seu segmento em termos de autonomia elétrica, emissões de CO2 e eficiência de combustível.

No caso do Prius Plug-in, o foco estava em ampliar a autonomia de condução elétrica usando uma bateria de alta tensão maior e juntando-a ao comprovado motor elétrico de 53 kW do modelo híbrido. Em contrapartida, o RAV4 usa um motor mais potente juntamente com uma bateria e inversor maiores para gerar significativamente mais potência e para poder cobrir distâncias muito maiores e atingir velocidades mais elevadas em modo elétrico.

O rendimento máximo do sistema de propulsão, incluindo o motor a gasolina Dynamic Force de 2,5 litros, é de 306 CV (225 kW) – mais 38% do que o RAV4 Hybrid – permitindo uma aceleração de 0-100 km/h em 6,0 segundos – 2,1 segundos mais rápido do que o híbrido. A agradabilidade da condução é melhorada, por exemplo, com uma potência superior em 50% a uma velocidade de 60 km/h.

No modo EV, o desempenho é comparável a um modelo a gasolina de 2,0 litros, com uma aceleração de 0-100 km/h em 10 segundos.

Motor Dynamic Force de 2,5 litros

O motor híbrido do RAV4 Plug-in RAV4 é uma versão de maior potência da unidade Dynamic Force de 2.5 litros usada no modelo híbrido, beneficiando da maior potência elétrica para gerar mais potência e uma curva de binário melhorada.

O motor de 2487 c.c. (que trabalha em ciclo Atkinson), quatro cilindros e 16 válvulas dispõe de admissão Dual VVT-i Dual inteligente (controlada eletricamente), sincronização da válvula de escape e dupla injeção de combustível direta/indireta D-4S, com injetores com múltiplos orifícios. O longo curso de 103,4 mm e a elevada taxa de compressão de 14,0:1 ajudam a obter maior rendimento e melhor economia de combustível. A potência máxima de 185 CV (136 kW) é fornecida às 6000 rpm, contra os 178 CV (131 kW) às 5700 rpm no RAV4 Hybrid.

O sistema híbrido conta com uma fase de aquecimento automático para ajudar a proteger o motor a gasolina contra o desgaste excessivo que pode ocorrer se for sujeito a frequentes arranques a frio quando o veículo está a rodar a velocidades típicas de autoestrada. A potência começa por estar limitada, aumentando depois de forma gradual. O condutor é alertado sobre o estado de aquecimento por um ícone do motor em azul no monitor de fluxo de energia híbrida.

Novo sistema híbrido

O novo sistema híbrido assegura uma combinação de potência e de eficiência que é a melhor na sua classe. Com uma potência máxima de 306 CV (225 kW), o RAV4 Plug-in é o modelo mais potente da gama RAV4 e o híbrido mais potente da Toyota. Paralelamente, a sua eficiência é notável, com melhorias significativas nos níveis anteriormente alcançados pelo RAV4 Hybrid.

Também é único na sua classe por oferecer um verdadeiro modo de condução elétrica. Na verdade, o modo EV é o modo standard: a motorização híbrida não intervirá, dando ao condutor a liberdade de percorrer cerca de 75 km (ciclo WLTP) e atingir velocidades de até 135 km/h – adequadas à condução em autoestrada – sem qualquer consumo de combustível e também zero emissões de escape. E no ciclo de condução em cidade (City WLTP), a autonomia elétrica pode chegar aos 98 km.

Dependendo do estado de carga da bateria (SOC), o veículo muda automaticamente para o altamente eficiente funcionamento híbrido. Este é um benefício-chave só possível por ter sido utilizada a base técnica da altamente eficiente tecnologia híbrida da Toyota neste sistema plug-in.

TOYOTA RAV4 PLUG-IN

Atualizações de sistema híbrido

A Toyota desenvolveu um sistema híbrido mais potente para o RAV4 Plug-in, usando os componentes compactos e leves da quarta geração da tecnologia híbrida apresentada no RAV4 Hybrid, com muitas alterações para otimizar o desempenho no contexto de um veículo híbrido plug-in.

Há uma nova bateria de iões de lítio, com capacidade energética aumentada para 18,1 kWh. Contém 96 células e tem uma tensão nominal de 355,2 V, o que quer dizer que a corrente aumentada permite mais potência: o rendimento máximo é, portanto, significativamente mais elevado do que o do RAV4 Hybrid.

A bateria está localizada sob o piso do veículo, o que ajuda a baixar o centro de gravidade e evita a sua intrusão no espaço de carga ou no habitáculo. As células são arrefecidas usando refrigerante do sistema de ar condicionado do veículo, o que também ajuda a manter o desempenho elétrico do carro.

Foi igualmente feita uma alteração específica na unidade de controlo de energia. A inclusão de um conversor de impulso aumentou a corrente para que mais energia possa ser retirada da bateria de alta tensão. O conversor DC-DC é mais pequeno, mais silencioso e mais eficiente, além de ter melhor desempenho de refrigeração. Está posicionado debaixo dos assentos traseiros, ocupando menos espaço no habitáculo.

O motor elétrico dianteiro produz 134 kW (em comparação com os 88 kW no RAV4 Hybrid); a potência do motor traseiro mantém-se inalterada nos 40 kW. Contando com mais apoio do motor elétrico, o motor híbrido consegue ter um bom funcionamento mesmo a baixas rotações, o que contribui para níveis mais baixos de ruído e de vibrações do RAV4 plug-in (mais detalhes abaixo).

Modos de operação de condução

O RAV4 Plug-in tem quatro modos operacionais diferentes no seu sistema híbrido plug-in:

  • Modo EV (veículo elétrico) – o modo de arranque
  • Modo HV (veículo híbrido)
  • Modo auto HV/EV
  • Modo de carregamento
TOYOTA RAV4 PLUG-IN

A sua base de funcionamento é puramente elétrica, modo a que dará sempre prioridade mesmo com uma utilização intensa do pedal do acelerador. Quando o limite da autonomia elétrica é atingido no modo EV, o veículo muda automaticamente para o modo HV.

O condutor tem a flexibilidade de usar o modo HV quando arranca, mudando para a condução EV para maximizar a eficiência quando necessário, por exemplo, ao entrar numa área urbana.

No modo EV/HV automático, o sistema híbrido entrará em ação automaticamente quando for necessária energia extra, por exemplo, sob aceleração brusca e repentina, sendo o modo EV restaurado logo depois.

O modo de carregamento da bateria ajuda a restaurar o nível de carga da mesma quando este estiver demasiado baixo para trabalhar em modo EV, indo buscar energia ao motor a gasolina.

O sistema shiftmatic sequencial permite que o condutor use as patilhas no volante para forçar a ação do travão-motor. Assistência adicional é fornecida pelo Controlo de Assistência à Desaceleração, que aumenta automaticamente o binário de desaceleração do motor quando é detetada travagem numa descida. Assim se criam condições para uma condução mais suave, com menos uso dos travões.

TOYOTA RAV4 PLUG-IN

Desempenho de aceleração

A potência do sistema híbrido plug-in gera uma forte sensação de aceleração na condução em modo HV ou modo EV/HV automático. A capacidade de resposta do motor e a mais elevada potência da bateria de alta tensão resultam em prestações melhoradas, como o demonstra a aceleração de 0 a 100 km/h em apenas seis segundos.

O sistema de controlo determina se o condutor pretende um aumento linear e suave na velocidade ou uma resposta máxima imediata. No modo Sport, as prestações são lineares e dão uma sensação de resposta mais imediata para aumentar o nível de prazer de condução.

Ruído, vibrações e silêncio

Inúmeras medidas foram tomadas para reduzir os níveis de ruído e vibrações sentidos no habitáculo e assim ser possível um funcionamento silencioso do sistema híbrido plug-in.

Exemplo disso foi o redesenho da caixa híbrida para que haja menos ressonância com origem na transmissão, a qual possui superfícies dentadas polidas para um funcionamento mais suave e silencioso. Há um sistema de amortecimento para reduzir os impactos, ruídos no arranque e flutuações do binário na direção a velocidades constantes.

Conforme explicado na secção Performances e Tecnologia, há menos ruído do motor híbrido por este poder funcionar em rotações mais baixas, em comparação com o RAV4 Hybrid. O ruído e as vibrações também são suprimidos pelo isolamento adicional nos revestimentos dos flancos e pilares dianteiros e pela utilização de vidro acústico no para-brisas e janelas laterais dianteiras.

Sistema de ar condicionado com bomba de calor

O sistema de ar condicionado do RAV4 Plug-in opera com eficiência, garantindo o conforto no habitáculo, mesmo quando o veículo está no modo EV.

Utiliza uma bomba que extrai energia térmica do ar no exterior do veículo para aquecer o habitáculo, de forma a que o funcionamento do ar condicionado tenha menos impacto na autonomia EV.

O desenho eficiente do sistema inclui o controlo S-FLOW que direciona o aquecimento e a ventilação apenas para os assentos ocupados – condutor, passageiro da frente e bancos traseiros. O desempenho é ajustado de acordo com a temperatura selecionada, a temperatura ambiente, a temperatura do habitáculo e a quantidade de luz solar. A energia também é economizada com uma definição “off” (desligado) do desumidificador, desabilitando a função em situações em que não teria efeito sobre o embaciamento dos vidros, odores ou conforto do habitáculo.

PRAZER DE CONDUÇÃO

O caráter dinâmico do RAV4 Plug-in baseia-se nos pontos fortes essenciais da sua plataforma GA-K, tirando vantagem de um centro de gravidade ainda mais baixo.

Esta plataforma já se destaca por assegurar um baixo centro de gravidade no RAV4 Hybrid, mas graças à configuração da motorização e, em particular, à localização da bateria de alta tensão sob o piso do carro, o centro de gravidade pôde ser ainda mais rebaixado. E isso permite melhorar o comportamento e a estabilidade do veículo e acrescenta uma nota de diversão à condução.

A plataforma GA-K também alia vantagens relacionadas com o baixo peso e a elevada rigidez da carroçaria, sendo a base da condução “confiante e natural” do RAV4. Transpõe com facilidade quaisquer superfícies irregulares, sempre com enorme estabilidade e respondendo com fluidez às instruções do condutor.

O RAV4 Plug-in usa a mesma suspensão traseira com triângulos sobrepostos do modelo híbrido, afinada para proporcionar uma condução confortável. Devido ao baixo centro de gravidade e à elevada rigidez da carroçaria, a suspensão não precisa de ser mais dura para que seja alcançado o desempenho dinâmico desejado.

Tração às quatro rodas elétrica inteligente

Todas as versões do plug-in RAV4 são equipadas com AWD-i, o sistema de tração integral elétrica inteligente da Toyota, apresentado no RAV4 Hybrid. Compacto e leve, o AWD-i usa um motor elétrico de 40 kW no eixo traseiro, conferindo a este modelo o desempenho de tração às quatro rodas esperado num SUV, mas com eficiência de combustível superior em comparação com um sistema mecânico. Funciona igualmente quando o veículo rola no modo de base EV ou com apoio, se necessário, do motor híbrido quando em modo HV.

A distribuição de binário entre a dianteira e a traseira é otimizada automaticamente de acordo com as condições de condução, proporcionando um melhor comportamento e estabilidade em pisos escorregadios e em condução off-road, mantendo-se este modelo híbrido plug-in fiel à aptidão essencial do RAV4 de poder ser “conduzido em qualquer estrada”.

Modo Trail

O RAV4 Plug-in reforça o seu desempenho na tração às quatro rodas com o modo Trail, um sistema de bloqueio automático para o diferencial autoblocante que o condutor pode ativar através de um controlo no painel de bordo. Dessa forma fica garantida a mais elevada aderência possível em superfícies escorregadias e soltas, para ajudar o condutor a enfrentar condições mais desafiantes em todo-o-terreno. Se, por exemplo, uma roda perder o contato com o solo, o Modo Trail trava a roda que está a girar livremente e direciona o binário para a roda em contacto com o solo para ganhar tração, enquanto ajusta automaticamente a resposta do acelerador e o padrão das passagens de caixa de velocidades.

Modos de condução

O condutor pode alternar entre os modos de condução NORMAL, ECO e SPORT, ajustando a resposta do acelerador de acordo com a sua preferência ou as condições da condução (o modo SPORT adapta-se tanto à aceleração quanto à desaceleração do carro). Esta seleção pode ser feita em qualquer um dos quatro modos híbridos, conforme detalhado no capítulo Performances e Tecnologia.

TOYOTA RAV4 PLUG-IN

DESIGN E CONCEITO GERAL DO VEÍCULO

A Toyota conseguiu que o novo sistema híbrido fosse instalado no RAV4 sem comprometer o conforto, espaço e utilidade no habitáculo e no compartimento da bagagem.

O novo modelo partilha as dimensões externas com o RAV4 Hybrid e o seu sistema de propulsão foi projetado de forma a não interferir no espaço do habitáculo. Há apenas uma pequena diminuição na capacidade de carga, uma vez que o piso da bagageira foi elevado em 35 mm. Com 520 litros, o volume do porta-bagagens continua a ser competitivo face aos demais modelos do segmento.

O piso da bagageira é plano e tem um espaço de armazenamento adicional para o cabo de carga, por debaixo do piso. A superfície de carga continua a ser plana quando as costas dos bancos traseiros (divididos em 60:40) são rebatidas e uma junta nivelada com a placa de acabamento traseira facilita o deslizamento de itens pesados.

Sem intrusões estranhas na zona lateral da área de carga, torna-se prático transportar objetos grandes. Há espaço para quatro sacos de golfe ou duas malas de 77 litros. A capacidade máxima de reboque é de 1,5 toneladas (com reboque travado) e não há redução no tamanho do depósito de gasolina (o que significa que a sua capacidade de 55 litros confere ao veículo uma autonomia muito alargada).

Design exterior

No exterior apenas alguns pequenos detalhes distinguem o RAV4 Plug-in do seu “irmão” híbrido, mas que contribuem para realçar o seu caráter de “desportivo refinado”. Há um acabamento com aparência de metal na moldura inferior dianteira e por cima da placa traseira, inserções em cromo escuro nos grupos óticos e um acabamento em chapeamento escuro na grelha dianteira. A placa de proteção traseira é pintada em negro e a tomada para carregamento está oculta sob uma portinhola no flanco traseiro direito.

O plug-in RAV4 pode ser equipado com jantes maiores, de 19 polegadas, e pneus maiores. De série no nível de equipamento Style, têm um desenho de cinco raios duplos com um contraste usinado brilhante e acabamento negro. As jantes de 18 polegadas, do nível de equipamento intermédio, apresentam igualmente cinco raios, mas com um acabamento usinado/cinza escuro.

Com a chegada desta versão plug-in, a gama RAV4 passa a contar com uma nova cor de carroçaria: Emotional Red.

Design interior

O espaçoso habitáculo conta com bancos desportivos, revestidos em tecido cinza escuro com costuras contrastantes em vermelho, no nível de equipamento intermédio. A versão Style apresenta, de série, uma impressionante combinação de tecido e couro sintético em dois tons (vermelho e cinza escuro), com a opção de couro genuíno com acolchoado vermelho horizontal nas costas dos bancos e uma contrastante faixa vermelha vertical na zona dos ombros.

Os bancos dianteiros dispõem de aquecimento integrado, regulação elétrica e de apoio lombar no banco do condutor, de série. Os bancos traseiros são igualmente aquecidos e a refrigeração e regulação elétrica do banco do passageiro dianteiro são de série no nível Style+.

Na instrumentação diante do condutor, o indicador de temperatura da água foi substituído por um mostrador do nível da bateria. E outros conteúdos específicos de modelo híbrido plug-in foram também acrescentados ao monitor multi-informação.

Nos restantes aspetos, a qualidade e conveniência da quinta geração do RAV4 foram preservadas, incluindo a excelente visibilidade geral a partir do banco do condutor. A plataforma GA-K permite um ponto baixo do quadril no assento do condutor, contribuindo para a sensação de ligação ao veículo e para uma experiência de condução mais envolvente. A ampla gama de regulações de banco e do volante faz com que cada condutor consiga encontrar facilmente a posição que mais lhe convém.

O acesso aos bancos traseiros é facilitado pela ampla abertura das portas traseiras e pela distância reduzida entre o ponto do quadril e a soleira da porta. Os espaçosos vãos para os pés e as saídas de ventilação aumentam o conforto.

TOYOTA RAV4 PLUG-IN

Elementos do equipamento

O RAV4 Plug-in tem ao seu dispor novos recursos e opções de equipamentos que vão ao encontro do que procuram os atuais clientes em termos de conectividade, conforto e conveniência mais avançados.

A tomada de alimentação de 230 V/150 W é fornecida de série, podendo ser usada para alimentar dispositivos móveis, evitando qualquer impacto no desempenho da bateria (será útil, por exemplo, para usar altifalantes numa festa ao ar livre). Os eletrodomésticos até 150 W também podem ser ligados, numa emergência durante uma falha de energia doméstica. Existem também tomadas de 12V no habitáculo e no porta-bagagens e tomadas Aux/ USB para ligar smartphones e reprodutores de música.

Outros recursos, igualmente de série, são o mais recente sistema de multimédia Toyota, com integração de smartphone por Apple CarPlay ou Android Auto, e interruptores iluminados dos vidros elétricos nos painéis das portas. O comando de abertura à distância inclui um controlo remoto para o sistema de ar condicionado do veículo, operado por meio do aplicativo MyT (Informação completa no capítulo Um Carro Conectado, já a seguir).

O nível de equipamento Style do RAV4 Plug-in inclui um sistema áudio com ecrã de nove polegadas montado de forma proeminente na consola central (opcional no nível intermédio de equipamento) e jantes de liga leve de 19 polegadas. E existe um head-up display colorido disponível para qualquer das duas versões. 

Toyota Safety Sense

De série, o novo plug-in RAV4 beneficia dos sistemas de segurança ativa e de assistência ao condutor Toyota Safety Sense da última geração. Projetados para reduzir o risco de alguns dos acidentes mais comuns, alertam o condutor sobre eventuais perigos e, se necessário, fornecem apoio na travagem e na direção para ajudar a evitar um impacto ou reduzir a gravidade do mesmo, se a colisão for inevitável.

Além de detetar veículos na estrada à sua frente, o Sistema de Segurança Pré-Colisão (PCS) tem a capacidade de reconhecer peões durante a condução diurna e noturna e ciclistas durante o dia. O Cruise Control com Radar Dinâmico (DRCC) é também mais sofisticado na sua atuação, trabalhando com o Reconhecimento de Sinais de Trânsito (RSA) para alterar automaticamente a velocidade do veículo de acordo com as mudanças nos limites de velocidade ao longo da viagem.

A combinação de Alerta de Saída de Faixa e Assistência de Condução Inteligente ajuda a manter o RAV4 centralizado na sua faixa de rodagem, emitindo um alerta sonoro ou uma vibração no volante se detetar algum desvio na trajetória sem que os indicadores de mudança de direção tenham sido ativados. Podendo depois, se necessário, aplicar assistência na direção para ajudar a devolver o veículo à sua trajetória correta. A capacidade de reconhecimento e de controlo foi melhorada para que a assistência possa ser prestada de igual modo em curvas suaves e em troços retos de vias rápidas. O sistema de Alerta de Saída de Faixa consegue reconhecer tanto as marcações da faixa de rodagem como as próprias margens da estrada.

OPÇÕES DE CARREGAMENTO SEGURO E EFICIENTE

A facilidade de carregamento é uma questão fundamental em qualquer veículo elétrico. O Toyota RAV4 Plug-in dispõe de opções seguras e eficientes que permitem uma recarga completa da bateria em apenas duas horas e meia.

O veículo está equipado com um carregador rápido de bordo que pode suportar até 6,6 kW sem comprometer a longevidade da bateria. De série, é fornecido com cabo Tipo 2 Modo 2 de 7,5 metros para ligação a fonte de alimentação doméstica de 10 A, que permite uma recarga em 7,5 horas.

A tomada de carregamento do veículo encontra-se no flanco traseiro direito, atrás de uma portinhola que bloqueia e desbloqueia automaticamente com as portas do veículo. Tem proteção contra calor e uma luz indicadora para mostrar quando o carregamento está a ser feito e quando o mesmo foi concluído.

Para se dispor de uma velocidade ideal de recarga e segurança, a Toyota recomenda a combinação de um cabo Tipo 2 Modo 3 32 A com uma wallbox. Com esta solução compacta e integrada, a recarga pode ser realizada em cerca de 2,5 horas, sem impacto no fornecimento de energia doméstica do cliente.

A Toyota também disponibilizará um sistema de wallbox “conectado” que poderá ser usado por clientes com carros diferentes, identificados pelo reconhecimento de cartão RFiD. A conectividade da unidade também permite uma ligação a serviços como faturação e histórico de carregamentos e permitirá atualizações remotas de software por meio da aplicação MyT.

Estes produtos Toyota foram projetados a pensar no futuro, tratando-se de unidades de 22 kW compatíveis com veículos que usem carregadores de bordo mais potentes.

UM CARRO CONECTADO

O RAV4 Plug-in é o primeiro Toyota a permitir que o condutor possa controlar remotamente várias funções do veículo, incluindo o sistema de ar condicionado, por meio da aplicação de cliente MyT.

Os estudos feitos pela Toyota confirmam que os clientes que optam por comprar veículos elétricos híbridos plug-in esperam ter acesso aos mesmos através de alguma aplicação. E por isso as funções remotas para gestão da bateria, de carregamento e de conforto a bordo fazem parte do equipamento de série do RAV4 Plug-in.

Controlo remoto de carregamento

O proprietário do veículo pode programar a hora de carregamento do mesmo optando, por exemplo, por definir o horário de início que permita aproveitar as tarifas de energia mais económicas (fora do pico).

A aplicação MyT também permite que se verifique o estado da bateria do veículo, a autonomia no momento e o tempo restante para a carga completa, informações que são particularmente úteis quando o veículo está ligado a um ponto de carregamento público. Podem ser recebidos alertas para avisar sobre um nível baixo de carga da bateria ou qualquer problema no processo de carregamento.

Controlo do conforto

O novo sistema permite igualmente que o proprietário do veículo ligue o seu aquecimento ou ventilação antes de se sentar ao volante. A configuração de degelo pode limpar os vidros e aquecer o carro, de forma a que não seja perdido tempo antes de iniciar o trajeto; da mesma forma, o habitáculo pode ser arrefecido, deixando-o pronto para receber os ocupantes antes do início de viagem num dia quente.

O sistema funciona durante e até 20 minutos, pelo que a operação pode ser sincronizada com a hora em que o proprietário deseja iniciar a viagem.

Essas funções acrescem aos serviços da aplicação MyT estabelecidos, como o envio de destinos de navegação para o veículo, indicações de navegação “do carro até à porta” para a última fase de uma viagem, localização “encontre o meu carro”; e dados de análise de condução. A Toyota irá lançar mais serviços no futuro, para aumentar a qualidade da conectividade dos seus veículos, fiel à sua ambição de ajudar a fornecer mobilidade para todos.

Novo RAV4 Plug-in 2021 Equipamentos

Novo RAV4 Plug-in 2021 Especificações

Novo RAV4 Plug-in 2021 Gama Disponível Rede

Artigo anterior

Gil Antunes presente no Rali Vieira do Minho

Artigo seguinte

Mercedes-EQ apresenta a primeira limousine de luxo totalmente elétrica EQS (video)

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.