NoticiasComunicados de Imprensa

Volvo Cars Safety Center – 20 Anos

O Volvo Cars Safety Centre celebra este ano o seu 20º aniversário.

As instalações foram inaugurados no ano 2000, pelo Rei Carlos XVI Gustavo da Suécia e é desde então um dos centros de colisão mais avançados do Mundo.

Em média, é feito pelo menos um crash test por dia. O Safety Center tem sido fundamental para preservar a posição da Volvo Cars como líder em matéria de segurança automóvel.

O Volvo Cars Safety Centre ajuda os engenheiros da Volvo Cars a aprender com os acidentes de trânsito da vida real, para assim estudarem em profundidade os motivos da sua ocorrência e poderem apresentar inovações tecnológicas que os sejam capaz de evitar ou minimizar.

“O nosso compromisso com a segurança não é apenas para passar testes ou para obter as classificações mínimas exigidas. O nosso compromisso com a segurança passa por descobrir como e por que motivos os acidentes e as lesões ocorrem e, em seguida, desenvolver a tecnologia para ajudar a evitá-los. Esperamos que nosso trabalho pioneiro sirva de inspiração pois temos a ambição de reduzir o número de vítimas no trânsito em todo o mundo.”

Thomas Broberg – Engenheiro de Segurança – Volvo Cars

O Volvo Cars Safety Centre é uma instalação multifuncional que permite aos engenheiros de segurança da Volvo Cars recriar inúmeras situações de tráfego e de acidentes e aí realizar testes que vão além dos requisitos regulamentares.

O Centro contém duas pistas de testes de 108 e 154 metros de comprimento, respetivamente. A pista mais curta é móvel podendo ser posicionada em ângulos entre os 0 e os 90 graus, permitindo os testes de colisão em diferentes ângulos e velocidades. Permite ainda simular uma colisão entre dois automóveis em movimento podendo os mesmos embater em velocidades até 120 km / h.

No exterior, há espaço para a realização de testes de capotamento e cenários fora de estrada com os automóveis a serem lançados em uma vala a alta velocidade. Aqui, a Volvo Cars também oferece oportunidades de estudo para as equipas de resgate como fez recentemente ao lançar novos automóveis de uma altura de 30 metros para simular os danos encontrados em cenários extremos.

Dentro do corredor principal, existe uma enorme barreira de choque que é utilizada para testar vários tipos de impactos frontais, traseiros e laterais. Esta barreira pesa umas impressionantes 850 toneladas, e pode ser movida se necessário com a ajuda de almofadas de ar.

Existem também cerca de duas dezenas de outras barreiras fixas e móveis que são usadas em testes de colisão, incluindo uma estrutura semelhante a um alce para simular colisões envolvendo esses animais.

Durante as colisões físicas (previamente ensaiadas milhares de vezes por computador), o automóvel, os dummies de teste e as barreiras são equipados com sensores que permitem aos engenheiros registrar, com detalhe, toda a cadeia de movimentos. São utilizadas também dezenas de câmaras de ultra-alta definição que filmam os testes de colisão de todos os ângulos imagináveis.

À medida que a Volvo Cars caminha em direção a um futuro totalmente elétrico, o Volvo Cars Safety Centre tem sido equipado e preparado especificamente para executar com segurança testes de colisão de automóveis elétricos.

“Não importa qual seja o cenário, podemos recriá-lo aqui no Volvo Cars Safety Centre e analisá-lo em detalhe. Para mim é muito inspirador perceber que, para cada hora de teste e análise que aplicamos, estamos a aproximarmo-nos cada vez mais da nossa ambição de que ninguém perca a vida ou fique gravemente ferido num novo automóvel Volvo.” – Thomas Broberg.

Artigo anterior

CUPRA junta o ator de Hollywood Daniel Brühl à sua Tribo no lançamento do CUPRA Leon e-HYBRID

Artigo seguinte

Identidade Corporativa: Opel estreia nova imagem

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.