Comunicados de ImprensaNoticias

Museu Do Caramulo “Focos De Paixão: Fernando Guerra e Porsche”

O Museu do Caramulo inaugurou, no passado dia 1, a exposição temporária “Focos de Paixão: Fernando Guerra e Porsche”, uma mostra de fotografias de um dos mais reconhecidos e prestigiados fotógrafos de arquitectura do mundo, Fernando Guerra.

A exposição é o resultado do desafio lançado pela Porsche e aceite por Fernando Guerra, de participar na campanha “Courage Change Everything” e reúne as fotografias mais representativas da grande paixão de Fernando Guerra pela Porsche.

“Focos de Paixão: Fernando Guerra e Porsche” estará patente até 3 de Março de 2019 no Museu do Caramulo e conta com o apoio da Câmara Municipal de Tondela, da Porsche, do Jornal dos Clássicos e do Banco BPI.

Fernando Guerra é um dos mais reconhecidos e prestigiados fotógrafos de arquitectura do mundo. A fama não chegou de um dia para o outro, foi alicerçada e construída numa intensa carreira. Mais de dezassete anos de reportagens e encontros com os grandes nomes da arquitectura. Do ocidente a oriente, o seu notável trabalho ultrapassou a barreira do ofício técnico e tornou-se numa marca de excelência, sólida, fiável e criativa, tal como um Porsche, uma das suas grandes paixões.

Nasce no ano de 1970. Finaliza o curso de arquitectura, mas ainda na adolescência descobre a fotografia e um especial interesse nos automóveis, duas paixões que viriam a revelar-se obsessões para a vida.
Fotografar torna-se então uma viagem permanente. As cidades, vilas e aldeias são o seu escritório. O trabalho funde-se com a vida. Entretanto o mundo muda, a fotografia e a arquitectura também. Fernando Guerra faz parte do movimento, revoluciona a forma de olhar, humaniza a arquitectura e conquista definitivamente o seu espaço no meio.

Na vida pessoal, uma marca domina o seu espírito: a Porsche. Tinha 21 anos quando convenceu o pai a comprar o primeiro. Na garagem habitou um 911 Targa de 1973. Fernando Guerra não é um coleccionador mas o supremo entusiasta. A coragem e a determinação que colocou no seu trabalho permitiram-lhe reverter o que era apenas um sonho: “nunca esperei ter um Porsche!”. Mas tem. A relação com a marca é de tal forma visceral que hoje reúne quatro modelos clássicos, entre os quais o tal 911 Targa de 1973, a sua “pequena família”.

Mestre no olhar, Fernando Guerra foi desafiado pela Porsche em 2017 a participar na campanha Courage Change Everything. O seu nome juntou-se a um conjunto de personalidades mundiais que, nas mais distintas profissões, se destacam pela coragem de viverem e levarem os desafios ao limite. Todos diferentes, todos com uma mesma paixão… a Porsche.

Artigo anterior

JAC Volkswagen na China para impulsionar o veículo elétrico!

Artigo seguinte

SEAT Tarraco protege os ciclistas!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.