EnsaiosNoticias

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido!

Estivemos ao volante do Citroen C5 Aircross Híbrido Plug-In, um automóvel verdadeiramente versátil e ecológico. Este modelo da Citroen, é o primeiro híbrido plug-in da marca, portanto, não está limitado em termos de economia e muito menos ao nível da habitabilidade. Se a ideia é ter um automóvel familiar à prova do futuro esta é uma opção inteligente, mesmo quando comparada a outras alternativas do Grupo PSA / Stellantis.

O Citroen C5 Aircross é um SUV simpático logo à primeira vista, na sua carroçaria há cor para dar e vender com apontamentos coloridos no pára-choques dianteiro e nas proteções laterais das embaladeiras. Escusado será dizer que estas “molduras” podem ser personalizadas a gosto do cliente: azul, vermelho, entre outros. Como se não bastasse, a sua carroçaria é quase desprovida de arestas, com um design arredondado que lhe concede este aspeto simpático e familiar.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 26

Falando em família, o espaço e a habitabilidade são uma preocupação para quem tem filhos… Logo no exterior, este modelo também se apresenta dimensões generosas com 4,50m de comprimento, 1,96m de largura e uma distância entre eixos de 2,70m, o que nos proporciona desde logo uma sensação de espaço.

Ainda no exterior, o Citroen C5 Aircross tem uma linha de cintura elevada, pintura bi-tom, proteções de carroçaria na dianteira, traseira e nas laterais, assim como ilhargas e guarda-lamas mais pronunciados que contribuem para o estilo aventureiro já típico dos crossovers. Ao nível do equipamento temos faróis FULL-LED na dianteira e traseira, barras de tejadilho longitudinais, vidros traseiros escurecidos, jantes de 19 polegadas envolvidas em pneus 205/55, chave mãos-livres e portão traseiro automático.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 27

O tejadilho praticamente direito garante uma acessibilidade sem grandes esforços, tanto nos lugares dianteiros como nos lugares traseiros. O acesso à bagageira é bastante simples, principalmente quando a unidade em questão está equipada com o portão traseiro automático. Uma vez aberto temos largura suficiente para fazer passar objectos mais volumosos e não damos conta das costas uma vez que a traseira não é muito alta. O plano de carga com os bancos traseiros rebatidos é praticamente direito.

A habitabilidade e os espaços de arrumação são uma das grandes mais-valias deste modelo onde todos os ocupantes viajam bastante à vontade, mesmo que tenham 1,90m de altura. Nos lugares dianteiros temos duas “poltronas” largas e com apoio lateral q.b, ao centro, contamos com um apoio de braço generoso que faz com que o passageiro e o condutor não andem numa constante “luta de cotovelos”. Espaço para as pernas não falta, mesmo com o bom apoio proporcionado às mesmas. Nos lugares traseiros o Citroen C5 Aircross oferece 3 verdadeiros bancos independentes, com regulação horizontal independente até 150 mm, reclináveis em 5 posições diferentes, que proporcionam uma largura confortável até para um bodybuilder, espaço de joelhos para dar e vender e muito espaço para a cabeça.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 28

O Citroen C5 Aircross Hybrid tem suspensões com sistema de Batentes Hidráulicos Progressivos, que permitem filtrar e absorver todos os obstáculos e irregularidades da estrada, para além disso, os ocupantes dispõem de bancos com esponja de alta densidade no interior e esponja texturada com 15 mm na superfície.

Uma família significa transportar muitas coisas para além das pessoas, neste caso, quem adquire um Citroen C5 Aircross não terá quaisquer problemas. Embora a bagageira perca 120 Litros face à versão térmica, sobram 460 Litros de capacidade que se estendem aos 1510 Litros. No habitáculo também temos onde armazenar a tralha toda nomeadamente nas generosas bolsas das portas dianteiras, generoso apoio de braço central dianteiro, bolsas das costas dos bancos dianteiros, no porta-luvas bastante fundo e ainda nas bolsas das portas traseiras, nas quais conseguimos colocar garrafas de 1 Litro.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 29

O design interior pode não ser o mais vistoso do grupo PSA, principalmente quando o comparamos com a “irmã” Peugeot. Apesar disso, ninguém pode negar que este interior é pratico e ergonómico. A qualidade dos materiais também não é má, embora apareçam plásticos duros nas portas dianteiras e traseiras, que só têm direito a medalhões forrados a couro. O tablier também é rígido na área superior, porém, a faixa que percorre o tablier recebe tecidos e pespontos que adicionam algum requinte, para além de contar com materiais mais qualitativos. As saídas da climatização, volante, puxadores das portas e punho da caixa de velocidades “vestem” detalhes a preto brilhante que acentuam que nem uma luva ao interior do Citroen C5 Aircross.
´
Das linhas direitas e saídas da climatização arredondadas sobressaem os ecrãs generosos! Um painel de instrumentos totalmente digital com 12,3 polegadas e um sistema de navegação e multimédia presente num ecrã generoso de 8 polegadas.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 30

Para além do design interessante e de todo o espaço a bordo o conforto também está garantido graças a uma boa qualidade de construção e ausência de ruídos relacionados com a deslocação do ar ou causados por uma batalha entre plásticos.

No que toca ao equipamento temos ar-condicionado automático de dupla-zona, modos de condução, entradas USB, 12 Volts e Aux, travão de estacionamento eléctrico, volante multi-funções, sensores de chuva e luminosidade, controlo por voz, portão traseiro com abertura eléctrica, botão start da ignição, patilhas da caixa de velocidades no volante, bancos dianteiros aquecidos e com regulação elétrica, câmara de ajuda ao estacionamento traseiro, regulador e limitador de velocidade, carregamento de smartphone sem-fios, entre outros.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 31

O sistema de navegação e multimédia do Citroen C5 Aircross é completo, tem boa imagem e é muito intuitivo. Apresenta-nos funções não só de navegação e multimédia, como também telefone, climatização, Android Auto, Apple CarPlay, leitura de sms e aplicações conectadas. Tem serviços de navegação em tempo real e é ainda possível utilizar a internet do smartphone para aceder a algumas dessas aplicações ou ter um hotspot de wi-fi. Para o sistema híbrido temos aplicações específicas que nos indicam o fluxo de energia, histórico de consumos, programação do recarregamento, marcação dos postos de recarregamento, zona de cobertura que tem em conta a autonomia do veículo no modo elétrico e ainda a pré-climatização do habitáculo.

Quando saímos do Citroen C5 Aircross Hybrid continuamos conectados com a aplicação My Citroen. Esta aplicação permite agendar o recarregamento, programar a climatização, verificar o nível da carga da bateria, a autonomia disponível, o tempo de carregamento e o tempo de carregamento restante. Tudo isto através do smartphone.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 32

O painel de instrumentos de 12,3 polegadas tem uma imagem de excelência e fornece muita informação. Há visualização da navegação em 3D, informações dos sistemas de segurança, multimédia, dados de viagens e consumo, rotações e velocidade, modos de condução, entre outros. Tal como acontecia no sistema de navegação e multimédia, não podiam faltar as informações específicas do sistema híbrido citamos: medidor de energia, medidores de eletricidade e gasolina, autonomia e diagrama dos fluxos de energia. As informações são muito personalizáveis, podemos “deslocá-las” para a área do ecrã que pretendemos, para que estejam adequadas aos nossos gostos.

De facto, o Citroen C5 Aircross é um local agradável para se estar, até no lugar do condutor! O conforto é elevado, os comandos estão todos acessíveis e a pega do volante é perfeita! Ao contrário do que acontece com a “marca irmã” Peugeot, conseguimos sempre visualizar corretamente o painel de instrumentos, independentemente da nossa posição de condução. A visibilidade para a estrada é simpática q.b para a dianteira, menos simpática para a traseira devido a um pilar “C” generoso e a uma traseira alta, como é já hábito nos SUV.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 33

Ao nível dinâmico, o Citroen C5 Aircross é um automóvel estável, seguro e previsível no que toca às reações na estrada. Não há adornares excessivos da carroçaria, mesmo quando decidimos adotar uma condução mais despachada. A direção é direta q.b, o chassi é extremamente equilibrado e eficaz! O melhor de tudo continua a ser o conforto, que não se deixa comprometer pelo excelente comportamento dinâmico.

Debaixo do capot encontramos um motor 1.6 Litros de 4 cilindros Puretech com 180cv de potência e um motor elétrico. Em conjunto, debitam 225cv de potência às rodas dianteiras por meio de uma caixa de velocidades automática EAT8. A bateria de tração tem 13,2 kWh de potência.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 34

Apesar de ser um automóvel muito potente é possível adequar o seu comportamento. O modo Hybrid vai adequar a utilização do motor elétrico e térmico para melhorar consumos de combustível, ajustando a locomoção a cada tipo de situação. O modo Electric permite-nos circular até aos 135km/h no modo 100% elétrico, este modo pode ser ideal para as cidades e para locais onde possam ocorrer retrições à circulação. O modo “Sport” é aquele que nos permite extrair os 225cv de potência do Citroen C5 Aircross, através de uma resposta ao acelerador optimizada e uma assistência à direcção reduzida para melhor feedback ao condutor.

A performance está garantida, uma vez que 225cv chegam e sobram para oferecer andamentos vivos a este Citroen C5 “envenenado” pela eletrificação. Falamos de 235km/h de velocidade máxima e 5,9 segundos dos 0 aos 100km/h. Para colocar em perspectiva, este Citroen C5 Aircross Hybrid é 0,5 segundos mais rápido dos 0 aos 100km/h do que um Peugeot 208 GTi e também consegue dar mais 5km/h!

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 35

As vantagens dos híbridos plug-in surgem quando falamos de economia de combustível, neste caso, o Citroen C5 Aircross consegue (com a bateria de tração recarregada), realizar uma média de 1,8 Litros a cada 100km/h. Se quisermos circular no modo 100% elétrico podemos fazê-lo até aos 135km/km e durante cerca de 52 quilómetros numa condução suave como o teste realizado no nosso ensaio.

Consumir 1,8 Litros a cada 100 quilómetros com um automóvel de 225cv, só mesmo com recurso à tecnologia híbrida Plug-in, que também tem a vantagem de reduzir ainda mais os custos quando decidimos circular sempre no modo elétrico. Relembramos que existe quem não realize 50 quilómetros nas suas deslocações diárias e que há quem consiga recarregar o veículo a meio do dia no seu local de trabalho, por exemplo.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 36

Se gastarmos cerca de 20 cêntimos por kW para recarregar a bateria e a bateria tem 13,2 kWh, quer dizer que gastamos cerca de 2,64€ para percorrer 50 quilómetros. No entanto, damos uma boa noticia! A bateria nunca fica totalmente descarregada, por isso, na pior das hipóteses gastamos cerca de 2,20€ para percorrer os 50 quilómetros. Num automóvel a diesel que gaste 4 Litros a cada 100 quilómetros gastamos cerca de 3,00€ tendo em conta que o diesel está a cerca de 1,50€ por Litro.

O Citroen C5 AirCross pode vir equipado com um carregador interno que suporta recarregamentos até 7 kW em corrente monofásica, que é aquela que equipa a grande maioria das casas. Este carregador interno mais potente faz com que o veículo suporte uma velocidade de recarregamento maior, por isso, com uma Wallbox monofásica 7,4kW conseguimos recarregar a bateria do C5 AirCross Híbrido Plug-In em apenas 1 hora e 37 minutos. Por outro lado, se não quisermos optar pela Wallbox, temos sempre a possibilidade de recarregar nos postos públicos cujo preço da eletricidade e aluguer do posto ou estacionamento pode variar bastante de local para local. Optar pelo carregador interno mais potente é sempre uma mais-valia, no entanto, o carregador que equipa de série o Citroen C5 Aircross suporta recarregamentos até 3,7kWh, o que significa que o nosso Citroen recarrega em 3 horas e 17 minutos.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 37

Contas feitas, chega a altura que abordarmos a segurança. O Citroen C5 AirCross está equipado com uma série de sistemas de ajuda à segurança: Sistema de manutenção na via com correção de volante, alerta de ângulo morto, sistema de ajuda ao arranque em subida, retrovisor interior com escurecimento automático, controlo de estabilidade do atrelado, cruise control adaptativo com função stop&go, alerta de colisão frontal, reconhecimento de sinais de trânsito, travagem ativa de emergência, alerta de fadiga do condutor, luzes de máximos automáticas, entre outros.

Nos testes Euro NCAP o Citroen C5 Aircross obteve as 5 estrelas na versão mais equipada com 89% na segurança dos adultos, 86% na segurança das crianças, 67% na protecção dos peões e 82% nas ajudas à condução. Já as versões menos equipadas obteve 4 estrelas com 87% na protecção dos adultos, 86% na protecção das crianças, 58% na protecção dos peões e 75% nas ajudas à condução.

Citroën C5 Aircross Plug-in Hybrid: Um Grande Híbrido! 38

O Citroen C5 Aircross Hybrid está disponível a partir dos 39.017,00€. A unidade ensaiada com o nível de equipamento Shine custa cerca de 45.146,00€, devido a: Pintura Metalizada Branco Nacarado (750,00€), Personalização pintura exterior dois tons (300,00€), Jantes Art Full Black (125,00€), Bancos Advenced Comfort (350,00€), carregador interno 7kW (300,00€) e Pack Drive Assist com sistema de ajuda à condução em autoestrada e trânsito (300,00€).

Ensaio Peugeot 3008 GT Hybrid 4 aqui!

Fotos: João Santos

Artigo anterior

Digressão Europeia Da “Gaming Transit” Do Team Fordzilla Apoia Instituições De Caridade

Artigo seguinte

Gil Antunes em bom plano no Rali de Castelo Branco

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.