Comunicados de ImprensaNoticias

A Ford Inspira-Se No Gaming Para Mudar A Forma Como Concebe, Desenha E Testa Veículos (vídeo)

Os engenheiros da Ford criaram um pequeno videojogo de estacionamento para testar os tempos de reação e a experiência do utilizador.

A Ford sempre desempenhou um papel fundamental nos vídeojogos, tentando garantir que os veículos do mundo real são reproduzidos o mais fielmente possível em consolas e ecrãs de televisão. De facto, de acordo com a Internet Game Cars Databaseapareceram mais veículos Ford em jogos de vídeo do que de qualquer outro construtor.

Agora, a Ford está a aplicar nos seus próprios processos tudo o que aprendeu com os vídeojogos. Estas técnicas ajudam a superar os obstáculos que podem surgir no teletrabalho e permitem uma colaboração eficaz, independentemente da distância física.

Os engenheiros constroem simulações que lhes permitem aferir o nível de utilidade que os clientes encontram nas novas tecnologias, enquanto os desenhadores utilizam animações para criar protótipos virtuais. Nesse sentido, a Ford, inclusivamente, concebeu um veículo em colaboração com a comunidade gaming.

Clínicas de clientes virtuais

A Ford está agora a testar sistemas e funcionalidades com clientes através de clínicas virtuais. Na primeira clínica, o objetivo dos engenheiros da Ford era saber se os participantes preferiam premir o botão de estacionamento automático e mantê-lo premido ou simplesmente premi-lo uma vez – e, para isso, criaram um pequeno videojogo, disponível online, onde os participantes executavam várias manobras de estacionamento. De todos os participantes, 88 por cento preferiram premir uma única vez o botão, o que poderá levar a alterações na funcionalidade Active Park Assist da Ford.

O videojogo apresentava também uma vaca a passar à frente do veículo, de forma a testar a rapidez com que os participantes reagiriam e parariam o veículo. Tempos de reação mais longos poderiam resultar em alterações à funcionalidade de estacionamento automático, com o veículo configurado para se deslocar a uma velocidade mais lenta, ou adaptar a funcionalidade a condutores específicos.

Com mais participantes de diferentes mercados e demografias, e com uma maior variedade de situações possíveis, os testes virtuais resultam em dados melhores e mais fiáveis. Permite à Ford ficar a saber mais sobre o que os clientes desejam, e implementar estas preferências no desenvolvimento do veículo.

A Ford prevê agora expandir a oferta e organizar mais clínicas de clientes virtuais construídas com base em motores de gaming.

No Estúdio de Design, os designers da Ford utilizam motores de gaming para construir animações que visualizam o aspeto e o funcionamento dos futuros veículos em ambientes do mundo real. A principal vantagem é a interação: criar novas funcionalidades, implementar o feedback dos clientes, e perceber a forma como os futuros veículos interagem com o nosso dia a dia. O que anteriormente era realizado com protótipos, passa agora a um ambiente de gaming.

A Ford Inspira-Se No Gaming Para Mudar A Forma Como Concebe, Desenha E Testa Veículos (vídeo) 14

Ecrãs gigantes e trabalho em equipa

Trabalhar em diferentes locais pode ser um desafio para a colaboração entre os designers, especialmente se não conseguirem aceder aos veículos ou aos componentes em que estão a colaborar. A Ford instalou ecrãs gigantes LED nos seus estúdios de design em Dunton, no Reino Unido, e em Colónia, na Alemanha.

Com quase dois metros de altura e cinco metros de largura, os ecrãs gigantes (Powerwalls) apresentam desenhos de veículos à escala de 1:1. As equipas de design podem analisar linhas, formas, sombras e reflexos em sessões colaborativas, semelhantes à forma como uma equipa de esports joga em conjunto, trabalhando para um objetivo comum.

Recorrendo à videoconferência e à realidade virtual, a equipa é apresentada numa secção do Powerwall, sendo que todos podem dar feedback e fazer alterações ao veículo em tempo real.

Team Fordzilla P1

Para adoptar uma nova abordagem do design e antecipar tendências futuras, a Ford co-criou um carro de competição virtual com a colaboração de gamers. Cerca de 250 mil entusiastas de esports participaram em sondagens online para ajudar a determinar a aparência da equipa radical Team Fordzilla P1, apresentado no IAA Mobility em Munique, Alemanha, entre 6 e 12 de setembro.

O interior do veículo concentra-se no essencial do gaming, incluindo velocidade, posição na corrida e tempo de volta. A Ford procura agora aplicar este método minimalista aos veículos, no âmbito de uma abordagem do design centrada no ser humano, onde o que é instalado nos automóveis é aquilo que os clientes mais desejam.

O poder da co-criação, tal como demonstrado pelo carro de competição P1, também contribuiu para a finalização do Puma ST Gold Edition. Os fãs votaram cerca de 275.000 vezes em combinações de cores dos elementos, incluindo a pintura do modelo, decalques e pinças dos travões, bem como na decisão do nome.

Na sequência do sucesso do projecto P1, o Team Fordzilla procura agora trabalhar com os gamers e os designers da Ford para criar um novo Supervan (“Superfurgão”). O novo Supervan Vision Concept será uma projeção de como poderão ser as versões de elevado desempenho das futuras geraçõesTransit, transportando o conceito Supervan para uma nova dimensão.

Citações

“A forma como estamos a transformar a forma como concebemos os nossos produtos e serviços é realmente excitante, com o gaming a desempenhar um papel integral na progressão da nossa criatividade e pensamento, tentando chegar a novos patamares. Isto integra também os nossos Experience Labs in Design (Laboratórios de Experiência em Design), recentemente implementados, onde a integração dos conceitos associados ao gaming é um fator-chave para a criação, no futuro, de experiências excecionais para os nossos clientes”.

Amko Leenarts, Diretor de Design, Ford Europa

“O advento da pandemia de coronavírus teve impacto nas clínicas de clientes, que deixaram de ser possíveis, ou apenas permitiam um número limitado de participantes. Esta foi uma grande oportunidade para acelerarmos os testes virtuais, para criarmos cenários de teste que os participantes podem completar a partir de um computador, em qualquer parte do mundo. A tecnologia do gaming tornou isso possível e tornou estas clínicas mais divertidas”.

Mario Meichelboeck, Engenheiro Digital, Ferramentas, Estratégia e UX, Ford Europa

Artigo anterior

Novo 500X Dolcevita: sensações a "céu aberto" em toda a gama

Artigo seguinte

MAZDA MX-30 e-Skyactiv Excellence Plus: Um elétrico para quem gosta de conduzir!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.