ArtigosEnsaios

Nissan Pulsar 1.2 DIG-T: Espaço e serenidade!

O Nissan Pulsar é o automóvel capaz de agradar a “gregos e a troianos” através de uma posição bastante “neutra” relativamente ao segmento C. É o automóvel do qual não conseguimos falar as maiores maravilhas, mas também não conseguimos de todo falar mal!

O design exterior é agradável. Embora não seja tão imponente como o de alguns concorrentes, não parece mau de todo. Afinal somos o pais dos Volkswagen Golf, que também não é um automóvel bonito, nem feio. Mas os portugueses gostam! Questiono… Porque não gostar também do Nissan Pulsar?

Pulsar era o nome do “nosso” Nissan Almera no Japão… Claro que o Nissan Pulsar doutrora na terra do Sol Nascente, contava com volante à direita e com mais uns cavalos do que os Almeras “SR” Portugueses com motores 1.4 TwinCam de 87cv. O que é certo é que esses Nissan Almera jamais seriam maus automóveis ou se iria ouvir alguém falar mal.

Parece que o novo Nissan Pulsar acabou por “ressuscitar” um pouco o conceito do antigo Almera N15… Um automóvel discreto, fiável, com qualidade e capaz de agradar a todos sem fazer grande “diferença”. O Nissan Pulsar é um carro com um aspecto agradável, embora não coleccione olhares. Tem Pormenores interessantes como uma frente desportiva e atraente, linhas muito fluídas, uma grelha dianteira aberta e “trabalhada” ao nível do design, jantes de 17 polegadas , um spoiler traseiro discreto e um pára-choques volumoso com um pequeno “difusor”.

No interior o Nissan Pulsar “peca” no design, que acaba por ser um pouco conservador. Os plásticos são rijos mas a montagem é boa, o aspecto é que não acrescenta nada de novo. O Nissan Pulsar está livre de um interior de bradar aos céus, mas oferece tudo o que é necessário ao conforto, principalmente ESPAÇO!

O Nissan Pulsar deve ser dos automóveis do segmento “C” onde existe mais espaço no habitáculo para as pernas e cabeça. Viajamos plenamente à vontade mesmo com pessoas de estatura mais alta nos lugares dianteiros. A bagageira conta com 385 Litros de capacidade.

No que toca aos comandos, estão todos eles bastante acessíveis. O painel de instrumentos é completo q.b e aparece num ecrã LCD de 5 polegadas, onde conseguimos ver as informações na perfeição. A Nissan apelida o seu painel de instrumentos de “Nissan Drive Assist”. O sistema de navegação e multimédia é completo, aparece num ecrã de 5,8 polegadas anti-reflexo e oferece: Aplicações via smartphone, Tecnologia GoogleTM Send-to-Car e Sistema de navegação em 3D.

A este equipamento podemos acrescentar sensores de chuva e luminosidade, alerta de colisão frontal, 6 colunas de som, chave mãos-livres, Conectividade iPod® e Bluetooth®, ar-condicionado automático dupla zona, apoio de braço dianteiro e traseiro, assentos do condutor e passageiros com regulação em altura e regulação do apoio lombar e ainda volante multi-funções.

No que toca à condução o Nissan Pulsar privilegia o conforto, deixa de lado o conceito “desportivo” em prol das viagens calmas e confortáveis. A posição de condução é agradável, assim como a pega do volante e da maneta da caixa de velocidades.

O chassi é bom e oferece um bom comportamento em curva. Já a direcção não é demasiado directa, mas é comunicativa q.b.

O motor 1.2 Litros DIG-T a gasolina de 4 cilindros debita 115cv de potência e 190Nm de binário, o suficiente para levar o Nissan Pulsar aos 190km/h e para atingir os 100km/h em 10,7 segundos. Com esta motorização o Nissan Pulsar fez médias de 6 Litros a cada 100km, claro que para conseguir este valor não pudemos exagerar no pé direito. Ainda assim é um motor com uma utilização agradável, associado a uma caixa de 6 velocidades ligeiramente mais longa que privilegia os consumos de combustivel.

O Nissan Pulsar 1.2 DIG-T está disponível a partir de 21.670,00€ para a versão mais baixa “Visia” com campanhas e retoma poderá ficar na ordem dos 16.650,00€. A versão ensaiada “N-CONNECTA” fica nos 24.420,00€ ou nos 18.400,00€ na campanha com financiamento RCI Banque e Retoma. O Nissan Pulsar 1.2 Dig-T paga de IUC: 100,08€.

Dados técnicos:

Modelo: Pulsar
Motor: 1.2 DIG-T 115
Potência: 115cv às 4500 rpm.
Velocidade Máxima: 190 km/h
Aceleração 0 – 100 km/h: 10.7 sec
Capacidade depósito de combustível: 46 Litros
Lugares: 5
Espaço de Bagageira: 385 Litros
Posição do motor: Colocado na dianteira transversalmente
Cilindrada: 1197cc (4 cilindros em linha)
Binário: 190 Nm às 2000 rpm.
Tracção: Dianteira
Tipo de Caixa: Manual 6 velocidades
Travagem: Discos ventilados na dianteira / Discos traseiros
Direcção: Hidraulica
Emissões de C02: 1117 g/km
Peso: 1750kg
Pneus: 205/50 R17
Jantes: 17 polegadas

Artigo anterior

Ferrari 458 da Máfia ao serviço das autoridades!

Artigo seguinte

A Sōzō é o novo Importador da Honda em Portugal!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *