Artigos

Mclaren poderá participar na classe rainha de Le Mans!

O Le Mans series parece estar a passar uma fase complicada, já saiu a Audi e a Porsche, pelo que a Toyota é o único fabricante na classe rainha. De acordo com Zak Brown, o responsável pela Mclaren, é possivel que a marca Britânica volte a Le Mans para a classe rainha. Infelizmente o investimento na classe LMP1 é semelhante do da Formula 1.

A Mclaren gostaria de voltar às míticas provas de resistência, contudo, seria necessário que o WEC alterasse as regras, de forma a que as equipas de fábrica e particulares pudessem ambas lutar pela vitória.

A classe LMP2 é bem mais acessível. Estima-se que sejam necessários cerca de 5 milhões de Euros para uma temporada completa na Classe LMP2, enquanto que a temporada completa na LMP1 custa cerca de 20 vezes mais.

Zak Brown revela que se o investimento num automóvel para a classe LMP1 fosse apenas de 20 milhões de Euros, poderia considerar a hipótese de participar no WEC com um sport protótipo com técnologia híbrida.

O responsável da Mclaren acrescenta que a tecnologia dos automóveis de corrida pode ser transferida para os automóveis de estrada, contudo existe outra “mais valia” que faz com que as marcas queiram participar e investir no desporto automóvel, o Marketing! Se o investimento no desporto automóvel é maior do que o retorno, deixa de fazer sentido para as marcas participarem neste tipo de campeonatos milionários.

Facilmente associamos a Mclaren à Formula 1, onde quase sempre esteve presente a realizar investimento. No entanto, ultimamente temos visto vários Mclaren na Can-Am e Indy 500, campeonatos de GT3 e ainda nos lembramos do Mclaren F1 GTR que ganhou tudo o que havia para ganhar em Le Mans na sua classe!

O retorno da Mclaren às 24h de Le Mans seria sem duvida alguma uma mais valia, assim como uma atenção por parte da WEC aos conselhos de Zak Brown.

Artigo anterior

Este é o BMW Isetta do futuro!

Artigo seguinte

Esta é a história mais recente.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *