ArtigosEnsaios

Hyundai i30 1.6 CRDi DCT 7: Concebida com propósito!

Já tínhamos testado e lançado os ensaios aos Hyundai i30 berlina a gasolina e diesel. Chegou a vez de testarmos a novissima Hyundai i30 SW, uma carrinha concebida com o propósito de preencher os requisitos de quem procura uma carrinha de segmento “C”.

A Hyundai adaptou bem o design do Hyundai i30 Berlina à versão carrinha que adopta uma postura elegante e robusta, com elementos de design simples, mas funcionais, que oferecem à Hyundai i30 SW um aspecto agradável à vista.

Mantém a linha de cintura alta da versão berlina, a frente mergulhante e a grelha em “cascata”, tem luzes de iluminação diurna em LED e também conta com jantes de 17 polegadas. Os vidros traseiros são escurecidos e ainda conta com luzes que iluminam os puxadores das portas.

É na traseira que encontramos as principais diferenças relativamente à versão berlina que testámos anteriormente. Notamos que é uma carrinha comprida e bem acabada, sem o ar “marreco” que aparece em algumas carrinhas deste segmento. Preenche os “requisitos” ao nível do design que será capaz de agradar aos mais novos e às pessoas com mais idade.

No interior a Hyundai 30 rompe com as tendências do segmento, não falamos em termos de design, mas sim no que toca ao espaço a bordo, que tem sido sacrificado em alguns modelos novos de segmento “C” que prescindiram do espaço em prol do design.

A Hyundai foi inteligente na concepção da Hyundai i30 SW, uma vez que esta preenche as necessidades de alguém que procura este tipo de automóvel. O espaço a bordo e de arrumação satisfaz bastante e a bagageira é das maiores do segmento, contando com 602 Litros de capacidade, que poderão ser aumentados para os 1650 Litros com o rebatimento dos assentos traseiros.

No que toca ao design interior, não é surpreendente e torna-se algo “conservador”. No entanto, é prático e funcional. O sistema de navegação e multimédia é simples de utilizar e arriscamos dizer que é dos melhores do mercado, tem boa apresentação num ecrã de 8 polegadas e está preparado para Android Auto e Apple CarPlay. A este equipamento juntamos o ar-condicionado automático de dupla zona, chave-mãos livres, Sistema de Som com 6 Altifalantes, patilhas no volante para troca de caixa, Carregador de Smartphone sem Fios, assento do condutor com regulação lombar eléctrica, entre outros.

Na segurança a Hyundai coloca à nossa disposição alguns sistemas de ajuda à condução como: alerta de transposição involuntária de faixa com correcção, aviso de ângulo morto, Travagem Autónoma de Emergência, Sistema de Alerta de Colisão Dianteira, Câmara de ajuda ao estacionamento traseiro com aviso sonoro, Iluminação em Curva, Sistema de monitorização da pressão dos pneus, Sistema de Alerta de Fadiga do Condutor e ainda luzes de máximos automáticas. O Hyundai i30 obteve as 5 estrelas nos testes EuroNCap com a nota de 88% na protecção dos adultos, 84% na protecção das crianças, 64% nos pedestres e 68% nas assistências à condução. O que comprova que para além do espaço a bordo e de bagageira, a Hyundai i30 é capaz de fornecer viagens em segurança.

A versão ensaiada contava com o motor 1.6 CRDi de 136cv e 300Nm de binário associado à caixa automática de 7 velocidades. A combinação é boa, uma vez que o motor oferece prestações satisfatórias e a caixa é também ela bastante rápida e agradável de utilizar. Com esta “receita” conseguimos uma aceleração dos 0 aos 100km/h em cerca de 11 segundos e uma velocidade máxima de 198km/h.

No que toca aos consumos, estando longe de serem os melhores, também não são assustadores para um 1.6 diesel de caixa automática. No nosso ensaio o consumo médio rondou os 6,8 Litros a cada 100km, em percursos mistos.

A nossa opinião relativamente ao comportamento dinâmico da Hyundai i30 SW, é igual à que temos relativamente à versão berlina. Embora exista um aumento no peso, a Hyundai i30 SW mostrou ter o mesmo chassi equilibrado da versão berlina e uma boa direcção.

Nesta versão ensaiada contávamos com 3 modos de condução: ECO, Normal e Sport. Estes modos adaptavam a resposta do acelerador consoante as nossas necessidades. Como os próprios nomes indicam, para privilegiar os consumos, temos o modo “ECO” que reduz a resposta do acelerador. Para andar mais depressa, a performance saia privilegiada no modo “SPORT”, que tornava o acelerador mais sensível. Já o modo “normal” oferecia-nos o melhor dos dois mundos!

A Nova Hyundai i30 SW reúne os vários factores que fazem uma familia feliz, um automóvel elegante, espaçoso, fiável, com um bom comportamento dinâmico, equipamento e segurança.

A versão ensaiada está disponivel por 31.600,00€. A Hyundai oferece 5 anos de garantia e manutenção e o IUC são 143,17€.

Artigo anterior

Estradas de cinzas: Após o incêndio de Pedrogão Grande!

Artigo seguinte

Abarth 595 Competizione: O regresso do "Tenore" italiano!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *