ArtigosEnsaios

Honda Jazz 1.3 i-VTEC: O utilitário inteligente!

A procura por um utilitário depende sempre do género, idade, estado civil entre outros. É por isso natural, que um jovem recém encartado procure um utilitário com um aspecto mais vistoso e desportivo, e uma mulher casada e com filhos procure um utilitário mais espaçoso e económico que satisfaça as necessidades do dia-a-dia. Neste ensaio ficarão a saber o porquê do Honda Jazz ser um utilitário inteligente.

O aspecto exterior nunca compromete, é um automóvel engraçado q.b, com um estilo moderno e urbano que agrada a todas as idades. Nesta versão ensaiada “Elegance” ainda contamos com vidros traseiros escurecidos, retrovisores com recolha eléctrica, luzes de nevoeiro, jantes de 16 polegadas, chave mãos-livres e ainda uma antena de barbatana, pouco comum para o segmento.

Apesar do estilo urbano, o Honda Jazz adopta uma postura mais conservadora que lhe permite “agradar” a um maior número de pessoas de várias idades e que procuram um utilitário, com o intuito de os servirem. O Honda Jazz é o automóvel que foi concebido para ser prático e funcional. A acessibilidade ao habitáculo é boa, assim como a acessibilidade à bagageira.

No interior contamos com um aumento na qualidade dos materiais relativamente às anteriores gerações. Nesta versão “Elegance”, “temos direito” a uma parte do tablier e portas forradas a pele, assim como uma série de equipamento: A/C automático, assentos dianteiros aquecidos, duas entradas HDMI, duas entradas USB e uma AUX, Honda CONNECT com Leitor CD (ecrã touchscreen 7″, AM/FM, rádio via Internet, aplicação Aha™ integrada* e navegador de Internet), 6 Altifalantes e comandos do rádio no volante.

O painel de instrumentos é completo, fácil de entender e fornece as informações necessárias. Também conseguimos através das cores verde e azul, saber se estamos num regime económico ou não.

O sistema de navegação e multimédia da Honda é intuitivo, apresenta uma imagem com qualidade no ecrã de 7 polegadas e funciona bastante bem. Está preparado para Android Auto e Apple CarPlay, podemos ainda contar com navegador de internet e com a aplicação “Aha”.

O que é realmente interessante no Honda Jazz para além de tudo o que já foi referido, é mesmo o espaço a bordo, que é dos melhores do segmento, assim como a versatilidade. Com o Honda Jazz, podemos rebater os assentos traseiros, que ficam a “direito” oferecendo 1314 Litros de capacidade. Ou podemos ainda manter a bagageira “normal” e recolher os assentos traseiros, de forma a que consigamos ter um espaço extra para transporte de objectos, para isso, basta abdicar de 2 ou 1 lugar a bordo. É sem duvida o automóvel mais versátil do seu segmento. Viajamos à vontade nos lugares dianteiros e traseiros e a bagageira também dá cartas com os seus 354 Litros de capacidade sem os assentos rebatidos.

No habitáculo existe um conforto e uma comodidade digna de registo. Se procuram um utilitário que ofereça, espaço e versatilidade, equipamento e técnologia, o Honda Jazz é o automóvel ideal.

A posição de condução é agradável e os comandos encontram-se bastante à mão, as pegas do volante e caixa de velocidades são ergonómicas q.b.

O motor 1.3 Litros i-VTEC conta com 102cv de potência às 6000rpm e 123Nm de binário às 5000rpm. O que significa que nas rotações mais baixas, este motor é menos “sensível ao acelerador”, ainda assim é bastante “cumpridor” permitindo que os consumos sejam baixos. Quando queremos aumentar a “passada”, temos “obrigatoriamente” de ouvir o maravilhoso barulho caracteristico do VTEC… Que chatice!

Economia pode ser a palavra de ordem do Honda Jazz que cumpriu um consumo misto de 5,4 Litros a cada 100km no nosso ensaio.

A direcção podia ser mais precisa, mas conseguimos esquecer essa “característica”, com o motor formidável e a caixa manual de 6 velocidades agradável de utilizar. Sabemos que não é um automóvel desportivo, nem tão pouco um carro de corridas, no entanto, é possivel obter prazer de condução ao volante do Honda Jazz, principalmente devido à sua facilidade de condução e manobrabilidade.

O comportamento está longe de ser o melhor do segmento, mas não podemos de todo dizer que seja algo terrivel, pois não o é. As suspensões são condescendentes e transmitem bastante conforto.

A Honda preocupa-se com a segurança dos ocupantes e por isso dotou o Honda Jazz de sistemas de segurança. Alguns deles pouco vulgares no segmento. Contamos com: discos de travão nos eixos dianteiro e traseiro, sistema de ajuda ao arranque em subida, travagem activa em cidade, Distribuição electrónica da travagem, monitorização da pressão dos pneus, reconhecimento de sinais de transito, aviso de transposição involuntária de faixa e ainda câmara de ajuda ao estacionamento traseiro.

O Honda Jazz 1.3 i-VTEC “Elegance” está disponivel por 20.880,00€ e paga de IUC: 133,10€. Conseguiu uma pontuação de 5 estrelas nos testes EuroNCap em 2015 com 93% na segurança nos adultos, 85% na segurança das crianças, 73% para os peões e 73% nos sistemas de segurança.

Artigo anterior

Adeus Dodge Viper: O ultimo já saiu da linha de produção!

Artigo seguinte

Novo BMW M5 revelado antes do tempo!

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *